5 coisas que você NÃO deve fazer quando for visitar uma pessoa doente

Postado por em: Reflexões Quer receber os estudos bíblicos do Presbítero André gratuitamente em seu e-mail? Vagas limitadas, não deixe para amanhã, Cadastre-se grátis (em 30 segundos) clicando aqui

Visitar uma pessoa doente e levar conforto é algo que deve fazer parte da vida do cristão. Jesus valorizou muito esse trabalho importante que devemos fazer (Mateus 25:36). Mas sabemos que esse não é um trabalho simples. Visitar uma pessoa enferma, ainda mais quando a enfermidade é mais grave ou mesmo quando a pessoa está extremamente debilitada, é algo que requer certos cuidados.

A maioria das pessoas fica se perguntando: o que devo dizer ao enfermo? Como devo tratá-lo? Como devo me portar diante dele? Quando tempo devo permanecer visitando? O que não devo dizer de forma nenhuma? E foi exatamente para ajudar a todos que desejam ser visitadores e abençoadores de pessoas enfermas que quero deixar alguma dicas preciosas abaixo:

5 coisas que você NÃO deve fazer quando for visitar uma pessoa enferma

O que NÃO fazer quando for visitar uma pessoa doente?

(1) Não chegue sem avisar

A enfermidade muda a vida e a rotina da pessoa enferma e da família. Por isso, se você desejar visitar um enfermo que esteja em casa, faça contato antes para combinar o horário da visita. É importante também informar o tempo da sua visita. Como visitas para pessoas enfermas não devem ser longas, já informe ou a pessoa ou um parente de que irá fazer uma visita rápida. Isso deixa todos mais tranquilos para receber a sua visita. Se a visita for em um hospital também é importante comunicar a família e verificar a rotina de visitas e o tempo de visitação. Os hospitais costumam limitar a entrada de pessoas dependendo do tipo de internação em que a pessoa está. Nas visitas em hospitais também não seja longo em sua visita a menos que a família peça para você permanecer mais tempo. Lembre-se que o horário de visitação tem como objetivo principal atender a família e amigos próximos do enfermo.

(2) Não faça pregações e orações longas

Nós que somos crentes gostamos de deixar um texto bíblico ou mesmo uma oração quando visitamos um enfermo. Se você optar por deixar uma mensagem bíblica e orar pelo doente, seja objetivo. O leito da doença não é o local propício para deixar uma meditação de 50 minutos e nem uma oração gigante mais de meia hora. Quando visitamos uma pessoa enferma nunca sabemos como vamos realmente encontrá-la, se bem ou se mal. Por isso, é sempre importante se preparar antes. Já faça uma pequena pré-seleção de alguns textos bíblicos que você pode usar e que sejam de fácil entendimento, a fim de trazer conforto através da palavra do Senhor. Pense também no que vai dizer em sua oração para que não faça uma oração que desanime ainda mais a pessoa.

Veja também:
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui)
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui)
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui)
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui)
- Outros Materiais (Comece aqui)

(3) Evite tocar em assuntos negativos

Conheci uma pessoa que um dia estava visitando uma pessoa com câncer. Tal foi a minha surpresa que ela começou a comentar com a doente que visitávamos que havia acabado de falecer um amigo com a mesma doença dela, da mesma forma que ela estava agora. Não preciso nem dizer que foi um grande mal-estar. Essa pessoa trouxe ainda mais ansiedade para a doente. Evite ao máximo falar de coisas negativas. A pessoa já sabe que está doente. Leve sempre uma palavra positiva, de incentivo, de ânimo.

(4) Não faça “profecias” de cura

Uma amiga minha certa vez ficou gravemente doente. Saiu do hospital e estava fazendo o tratamento em casa. De repente, sem um aviso prévio, aparece um pastor de uma determinada igreja, enviado por uma pessoa que não pediu a autorização nem da família nem da enferma, chegou ungindo-a e “profetizando” a cura e a melhora dela. Não faça isso! Nenhum de nós tem poder para prometer cura. Prometa orar pela pessoa, jejuar pela vida dela, mas nunca prometa o que só Deus pode fazer. Isso trará ainda mais dor a pessoa se ela piorar. Essa minha amiga infelizmente piorou muito e veio a falecer semanas mais tarde.

(5) Quando visitar alguém do sexo oposto tome alguns cuidados

Se você é homem e vai visitar uma mulher ou se é mulher e vai visitar um homem enfermo é sempre algo muito positivo que você verifique se terá mais alguém junto ali na visita, a fim de não causar constrangimento ao enfermo. Sabemos que em hospitais, às vezes, é necessário ficar com roupas especiais que podem causar constrangimento. Ou mesmo a pessoa mais a vontade em casa pode se sentir desconfortável em ficar sozinho ou sozinha com alguém do sexo oposto. Se não tiver ali mais alguém da família, que possa acompanhar a visita, tente levar mais alguém com você a fim de que esse tipo de constrangimento não ocorra. Se possível uma pessoa do mesmo sexo do enfermo.

(6) DICA BÔNUS: Prepare-se com seriedade

Se você ama esse ministério de visitar pessoas doentes ou outros tipos de pessoas que sofrem, é sempre importante se preparar de forma mais profunda, a fim de buscar fazer um trabalho com maior qualidade. E para isso te convido a conhecer nosso material para te preparar melhor para visitar e consolar pessoas Acesse aqui mais detalhes sobre o material de capelania que tem impactado dezenas de pessoas no bom desempenho desse lindo ministério. Se você pudesse escolher, de quem gostaria de receber uma visita, de quem vai te visitar de qualquer jeito ou de quem se prepara com muito amor para te levar uma visita positiva que te abençoe em sua recuperação? Faça visitas abençoadas! Quer se aprimorar mais nessa área? Clique aqui e veja mais detalhes.

Mais Estudos Bíblicos (clique para ver):

Compartilhe a Bênção:


> Curso Livre Bacharel em Teologia - Sem mensalidades e 100% online (vagas abertas - clique)

Recomendado Pra Você

Tem 33 anos, ama escrever e estudar a Bíblia Sagrada. Escreve artigos aqui no Blog Esboçando Ideias há mais de 7 anos. É membro da Igreja Presbiteriana Bela Jerusalém, onde atua como presbítero, líder do louvor e professor da Escola Dominical. É o autor do Método Como Ler a Bíblia e Entendê-la Mais Facilmente e do Manual Bíblico das questões difíceis da Bíblia. O presbítero André Já escreveu mais de 1200 artigos neste blog. Contato: andre@esbocandoideias.com

Comente usando seu Facebook ou use o sistema de comentários normal no fim da página

6 comentários

  • Reinaldo Moura Filho disse:

    Graça e Paz Presbítero André Sanchez, muito bom seu trabalho nesta obra escolhida e abençoada por Deus. Seu trabalho vem nos orientar e dar mais conhecimento e entendimento nas sagradas escrituras. Deus o abençoe sempre neste proposito de divulgação da palavra.

    Responder
  • Conceicao disse:

    Estou gostando muito dos estudos. Tenho aprendido, e principalmente esclarecido dúvidas que eu tinha
    Deus abençoe seu ministério.

    Responder
  • André Soledade disse:

    Boa matéria, só não concordo quando fala que não devemos profetizar! Creio no que a biblia diz:

    Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar.
    Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.
    Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação.
    O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.
    1 Coríntios 14:1-4

    Responder
    • Presbítero André Sanchez disse:

      André. Profetizar no meu texto significa fazer promessas de cura que Deus não mandou prometer. Devemos profetizar levando a palavra de Deus a pessoa. Isso é profetizar corretamente.

      Responder
  • Graça Ferreira disse:

    Muito bom este ensinamento Presbítero André, que Deus continue abençoando plenamente a sua vida.

    Responder
  • Fernando disse:

    Um familiar adoeceu. Pedi oração a várias pessoas. Veio uma enxurrada de profecias de cura. Até uma visão dela entrando na igreja e dando o testemunho de cura. Então ela entrou em coma e veio a falecer. Fato que as profecias caíram no descredito e afastaram alguns familiares da igreja. Os “profetas” sumiram e deixaram o problema nas minhas mãos. Hoje sei que os projetos de Deus eram outros, ou seja, Deus não falou nada e não mandou ninguém falar nada. Tem que haver muito zelo e amor pelas pessoas doentes em seus familiares. Só falar se tiver certeza que é a voz de Deus.

    Responder

Seu comentário é muito importante! Comente! Regra 1 - Seja respeitoso - Regra 2 - Não aprovamos comentários de anônimos - Regra 3 - Não publicaremos mais comentários que não tenham a ver com o tema do artigo - Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.