O que significa evangelho?

Postado por em: O que significa isso?

o que é evangelho, Jesus, boa notícia, boa novaEvangelho é uma palavra apaixonante. O seu significado talvez seja o mais sublime dos significados. É a palavra mais esperançosa que o nosso vocabulário já pode produzir. Sem ela e o que ela significa, o que seria de nós? Sem ela o que restaria seriam apenas más notícias. A palavra Evangelho é uma palavra de origem grega que significa “boa notícia”.

Essa boa notícia é a mensagem de salvação e esperança trazida por Jesus Cristo ao mundo e depois proclamada pelos apóstolos e outros discípulos, e após eles, proclamada por centenas de gerações até o dia de hoje.

Jesus falou das boas notícias e as mostrou para as pessoas: “E percorria Jesus todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades.” (Mt 9:35),

“O Senhor me deu o seu Espírito. Ele me escolheu para levar boas notícias aos pobres e me enviou para anunciar a liberdade aos presos, dar vista aos cegos, libertar os que estão sendo oprimidos e anunciar que chegou o tempo em que o Senhor salvará o seu povo. ” (Lc 4:18-19 – NTLH)

Os apóstolos e outros discípulos de Jesus deram sequência na anunciação das boas notícias: “E, tendo anunciado o evangelho naquela cidade e feito muitos discípulos, voltaram para Listra, e Icônio, e Antioquia…” (At 14:21)

Jesus Cristo é a própria boa notícia. Ele é o Evangelho. A vinda Dele é a notícia de que há esperança, de que Deus trouxe a Sua salvação ao mundo, de que o mal pode ser destruído e o bem pode triunfar, de que através da fé podemos ter nossos pecados perdoados e nos reconciliarmos com Deus…

Os ensinos deixados por Jesus que foram registradas nos livros de Mateus, Marcos, Lucas e João também recebem o nome de Evangelho. A partir dessa palavra surgiu outra de igual teor: evangelização. Evangelização é o ato de mostrar o evangelho as pessoas. Jesus ordenou aos seus discípulos que passassem a “boa notícia” para as outras pessoas e assim elas pusessem conhecê-Lo. “E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.” (Marcos 16:15)

A mensagem de que a salvação existe e nos foi dada por Deus através de Jesus é a melhor das boas notícias e deve ser espalhada por todos nós das formas mais variadas que pudermos encontrar.

6 comentários

  • Maria de Lourdes Santos disse:

    ontem pela primeira vez uma pessoa entrou no meu face, emim perguntou como eu estava e eu repondir levando a vida na medida do possivel e ele mim pediu que eu falasse o que estava acontendo comigo pois ele era uma pessoa que que gosta de ajudar as pessoas e aí eu contei meu caso e disse pra ele que eu era evangélica, e ele mim perguntou o que era a igreja evangelica, pois ele era muito católico e que a igreja que Deus deixou foi a católica e que é muito perseguida pelas outras igrejas, eu comecei a falar sobre a idolatria, mas ele sempre batendo na mesma tecla que, os evangelicos eram os falsos profetas e eu mostrei alguns versiculos da biblia e depois pedir disculpa e disse pra ele que iria orar e dormir, pois ja era muito tarde e ele disse que depois iriamos falar mais sobre religião. O senhor acha que eu devo continuar esse assunto sobre religião? Eu falei pra ele que plca de denominação não salva ninguém.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Maria, não tem problema nenhum continuar o assunto, mas busque falar mais de Jesus e da palavra de Deus e menos de religião. Se a pessoa te der abertura, continue sim, com todo respeito.

      Na paz de Cristo!

      Responder
  • RIBAMAR disse:

    Eu também acho que o dialogo deve continuar, mas com muita prudência, precisa ser clara, firme e concreta em todas as palavras, quem prega o Evangélho, precisa transmitir confiança, e que realmente domina a matéria. uma única palavra errada que não condiz com as escrituras, se descoberta, causa decepções muitas vezes irreparáveis. portanto: se este for o caso, é melhor falar apenas que JESUS Salva, cura, batisa com o Espirito Santo e leva para os CÉUS. pois estas palavras são as maiores verdades que nenhum CRENTE pode negar;

    A paz do Senhor Jesus
    SHALOM

    Responder
  • Fogo para Missões disse:

    Se me permite e se ainda for em tempo, gostaria de compartilhar algumas palavras.

    Primeiro Maria, não entendi o porque você compartilhou com um estranho que estava “levando a vida na medida do possível”? É possível que na igreja que você congrega não tenha ninguém que possa lhe ouvir, dividir o fardo?

    Querida irmã, nós cristãos não somos super-heróis e temos momentos onde a cruz nos pode parecer um pouco mais pesada e nestas horar precisamos de irmãos chegados, da comunhão de amigos leais e verdadeiros, as Escrituras nos ensina: “melhor é serem dois do que um, porque têm melhor paga do seu trabalho. Porque se um cair, o outro levanta o seu companheiro; mas ai do que estiver só; pois, caindo, não haverá outro que o levante.” – Eclesiastes 4:9 e 10.

    Por outro lado, pessoas desconhecidas podem não estar preparadas para nos ajudar, por mais bem intencionados que estejam. Por fim, não é estranho que a irmã, afirmando estar “levando a vida na medida do possível” queira entrar em uma discussão com um estranho sobre religião? Tal discussão é realmente frutífera para o Reino?

    Neste caso eu ficaria com o conselho de Tito 3:09 e 10 que diz “Mas evita questões tolas, genealogias, contendas e debates acerca da lei; porque são coisas inúteis e vãs. Ao homem faccioso, depois da primeira e segunda admoestação, evita-o.”.

    Querida irmã Maria de Lourdes, não a conheço e não sei qual a sua experiência na fé, mas quero lhe convidar a refletir por um momento sobre a vida de Timóteo, discípulo do Apóstolo Paulo, este jovem permaneceu por algum tempo apenas aprendendo para então passar a servir. Isso nos ensina que existe um tempo de preparo mesmo para o serviço ao SENHOR. Os conselhos de Paulo para Timóteo era para que o jovem se dedicasse a leitura e meditação das Escrituras, bom testemunho, santidade para que o crescimento se tornasse naturalmente manifesto a todos – I Timóteo 4.

    Procure em sua igreja uma irmã madura na fé que possa lhe acompanhar, diga que deseja ser sua discípula e que gostaria de crescer ainda mais no conhecimento de Deus para o servir, eu tenho feito isso, aliás este ano de 2013 esta é a palavra que temos como direção – Oséias 6:03 – “conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR…”.

    Você não vai mais “levar a vida na medida do possível” mas consolada, renovada e o testemunhar Cristo será natural e o fluir do Espírito lhe será como respirar.

    Em Cristo, o Amado de nossas almas, graça e paz.

    OBSERVAÇÃO – Ao anunciar o evangelho, devemos expor o PLANO DE SALVAÇÃO do homem não pelas obras mas através da GRAÇA de Deus mediante fé em JESUS CRISTO. Questões como idolatria e doutrinas são saradas na medida que a pessoa vai tendo acesso á Verdade, é mais provável um católico se converter e posteriormente deixar seus ídolos do que ser convencido a deixar os ídolos primeiro.

    Devemos lembrar também que nosso papel é o de ANUNCIAR as boas novas – evangelho – e não o de convencimento, esta é uma atribuição do amado ESPÍRITO SANTO, da mesma forma como operou e tem operado em nós correções e convencimentos diários, então deixemos que Ele trate com o coração de nossos ouvintes.

    Edinelson F. Lopes
    http://www.fogoparamissoes.com

    Responder
  • FRE disse:

    TENHO 43 ANOS E ADORO ANDAR COM O ESPIRITO SANTO DO SENHOR DEUS, PENSA BEM TENHO QUE OBEDECER HOMENS OU A DEUS! SEGUE TEU CAMINHO QUE O MEU TENHO QUEM ME ENSINE A SEGUI-LO! SOU DISCIPULO DE CRISTO E FREQUENTO ALGUMA RELIGIÃO QUE SEGUE AS ESCRITURAS SAGRADAS, NÃO SOU DISCIPULO DE IGREJA E FREQUENTO CRISTO. FALTA AQUI É RESPEITO DA TUA PARTE PARA COM ALGUEM QUE TU NEM CONHEÇE E PAREÇE QUE NÃO VAI CONHEÇER, COM O SENHOR DEUS NÃO SE BRINCA, NÃO SE ZOMBA E NEM SE FAZ POUCO CASO, JÁ QUE LEITOR DA BIBLIA LÊ O ULTIMO VERSICULO TEOFILO!

    Responder
  • Rubens disse:

    Rubens: Valparaiso SP 23/08/2013. 21;57

    muitos católicos dizem que a igreja católica é mais antiga.Contudo, a história deixa bem claro que ela nasceu por questões políticas,com a universalizaçõa do cristianismo promovida por Constantino, a partir do concílio de nicéia 325 d.C. Isso se deu em decorrência à invasão dos bárbaros no império romano do Ocidente. Ela ganhou este nome somente em 381 com o imperador Teodósio. Conclusão: a Igreja católica não é a mais antiga. A Bíblia sagrada registra o início cristã trezentos anos antes em Jerusalém, e não em Roma(1°Co 16-19; At 2.37-47). A Igreja Católica,portanto, consiste de uma paganização do cristinismo puro das escritura para fins políticos.

    Responder

Seu comentário é muito importante! Comente! Regra 1 - Seja respeitoso. Regra 2- Não aprovamos comentários de anônimos. Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.