Como as filhas de Ló eram virgens se Ló tinha genros?

Postado por Presbítero André Sanchez, em #VocêPergunta | Imprimir Imprimir
Nós temos feito aqui muitos estudos bíblicos diários e torço de coração para que você esteja gostando. Mas você sabia que pode agora mesmo estudar a Bíblia de capa a capa (Gênesis a Apocalipse) em vídeo-aulas diretamente comigo, ai de seu celular, tablet ou computador no horário que você quiser? E ainda tirar dúvidas diretamente comigo sobre tudo que tiver dificuldades de entender? Pois é, quero te convidar a ver mais detalhes sobre isso... Clique para saber mais...

Você Pergunta: Em Gênesis, quando temos a narrativa da destruição da cidades de Sodoma e Gomorra, observamos que é citado ali que Ló tinha filhas virgens, no entanto, também é citado que Ló tinha genros. Como ele poderia ter genros e as filhas ainda ser virgens? Poderia me ajudar a entender essa aparente contradição no texto bíblico?

Caro leitor, com uma análise de como as coisas funcionavam na cultura dessas pessoas mencionadas nessa parte de Gênesis, bem como do texto e contexto, nos ajudará a eliminar essa dúvida, essa aparente contradição de forma certeira. Vamos lá?

Como as filhas de Ló eram virgens se é mencionado que ele tinha genros?

As filhas de Ló eram virgens mesmo tendo marido?

(1) A primeira coisa a avaliar é que realmente as filhas de Ló são mencionadas como sendo virgens, na ocasião em que ocorre o ataque dos homens de Sodoma, que queriam aqueles visitantes (os dois anjos) para abusar deles. Ló naquela ocasião oferece suas filhas a eles: “tenho duas filhas, virgens, eu vo-las trarei; tratai-as como vos parecer, porém nada façais a estes homens, porquanto se acham sob a proteção de meu teto” (Gênesis 19:8). Mais à frente, após a intervenção dos anjos e a pressa para que todos saíssem dali, entram na história os genros de Ló, que não quiserem sair da cidade com ele: “Então, saiu Ló e falou a seus genros, aos que estavam para casar com suas filhas e disse: Levantai-vos, saí deste lugar, porque o SENHOR há de destruir a cidade. Acharam, porém, que ele gracejava com eles” (Gênesis 19:14). Vamos então às explicações para compreendermos como era possível que tivesse genros mesmo com as filhas virgens:

(2) Nessa cultura as moças deveriam casar virgens, essa era uma regra geral. Mas não existia o namoro como temos hoje em dia em nossos tempos. As moças eram prometidas a rapazes pelas famílias, através de acordos entre elas. Geralmente essas promessas de casamento eram feitas quando o rapaz e a moça ainda eram bem jovens e o casamento era marcado para o futuro. Nesse meio tempo, entre a promessa de casamento e a data do casamento em si, os dois estavam comprometidos um com o outro, porém, não podiam ter relações sexuais. Era uma promessa de casamento.

(3) Para a família e para a sociedade, porém, esse casal que estava à espera do casamento futuro, prometidos um ao outro, eram considerados como que “casados”, mas não ainda oficialmente. Não viviam juntos, apenas existia o conhecimento de que um estava prometido ao outro. Podemos lembrar aqui o caso de Maria, que estava “desposada” com José (Mateus 1:18), ou seja, tinham um tipo de contrato, um acordo de casamento, mas o casamento ainda não havia ocorrido. Observe que mesmo sem o casamento ainda ter acontecido José é chamado de esposo de Maria, mesmo não havendo ainda o casamento oficial entre eles: “Mas José, seu esposo, sendo justo e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente” (Mateus 1:19). Isso mostra o profundo e sério nível desse acordo de casamento diante de todos.

(4) Ditas todas essas coisas, então, conseguimos entender de forma clara porque os genros de Ló são chamados de genros, mesmo as filhas ainda sendo virgens, ou seja, ainda não eram casados oficialmente, mas estavam prometidos, por isso, eram já considerados como se fossem já da família, como sendo esposos delas. Eram genros de Ló, mas as filhas (virgens) e eles aguardavam ainda o dia futuro do casamento, a partir do qual poderiam ter relações sexuais como marido e mulher.

Mais conhecimento da Bíblia em menos tempo?

Não sei se você é uma dessas pessoas que tem dificuldades de entender a Bíblia. Eu já fui e sofri muito! Mas não me dei por vencido, não me deixei ser derrotado pelos inimigos. E você, como anda sua leitura da Bíblia? Seu entendimento? Que tal melhorar nessa área da sua vida espiritual, aprendendo a entender assuntos da Bíblia de forma simples e rápida, ajudado por quem já superou as mesmas dificuldades que você enfrenta? Clique aqui agora e pegue seu Manual de estudos exclusivo

COMPARTILHE ESTE ESTUDO:

Mais Estudos Bíblicos (clique para ver):

*

Materiais para seu crescimento

Formação de Professores Para o Ministério InfantilFormação de Professores Para o Ministério InfantilO curso é direcionado para “Formação” do professor evangelista de criança, cada módulo apresenta de modo geral uma diretriz básica na formação do educador Saiba mais
Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (de Gênesis a Apocalipse)Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (de Gênesis a Apocalipse)Aprenda a entender a Bíblia de Gênesis a Apocalipse, no conforto de seu lar, em seu computador, tablet ou celular e com um professor à sua disposição Saiba mais
Kit – Curso Pregador Completo! Aprenda como preparar sermõesKit – Curso Pregador Completo! Aprenda como preparar sermõesConheça as ferramentas e técnicas para preparar sermões e se tornar um exímio pregador da palavra de Deus. Curso completo mais ferramentas Saiba mais
Curso de Memorização da Bíblia – Memo Bible 3000Curso de Memorização da Bíblia – Memo Bible 3000Você já tentou lembrar de um versículo ou fatos da Bíblia e não conseguiu? Este método vai te ajudar a memorizar tudo da Bíblia e com simplicidade! Saiba mais
Curso Livre Formação em TeologiaCurso Livre Formação em TeologiaVocê não tem muitos recursos financeiros e nem pode fazer um curso de teologia presencial? Conheça este curso! O melhor e mais acessível da atualidade Saiba mais
Clique aqui e veja mais materiais para seu crescimento cristão