Explicando as parábolas de Jesus: O bom Samaritano

Postado por em: Explicando as parábolas de Jesus

Série explicando as parábolas de Jesus

parábola, explicando as parábolas, Jesus Cristo, bom samaritanoO bom Samaritano (Lucas 10. 30-35)

Resumo da parábola

Essa parábola originou-se da pergunta de um intérprete da lei (um advogado e também religioso), que buscava testar Jesus: “Ele, porém, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: Quem é o meu próximo?” (Lc 10. 29).

Buscando responder a essa pergunta, Jesus conta uma história: O cenário dessa parábola é o caminho entre Jerusalém e Jericó. Um homem, viajando por esse caminho, veio a ser interceptado por bandidos que, depois de o roubarem, ainda o deixaram gravemente ferido. Três personagens são inseridos por Jesus na história: Um sacerdote, um levita e um samaritano. O sacerdote e o levita eram religiosos. Esperava-se deles que fossem praticantes da palavra de Deus, pois a conheciam. Eles sabiam o que tinham de fazer. Já o samaritano era considerado pelos judeus uma pessoa de segunda qualidade, indigna, pois eram inimigos. O detalhe da história é que o sacerdote e o levita nem ligam para o homem que acabara de ser assaltado e agredido, mas o samaritano faz de tudo para salvar esse homem.

Qual você quer? Escolha e clique:
Teologia Sem Mensalidades - Curso Para Pregadores - Memorização da Bíblia - Ver Outros

Para melhor compreensão, leia também os artigos:
O que significa sacerdote?
O que significa levita?
O que significa samaritanos?

Ensino

Jesus critica aqui a falsa religiosidade. A falsa religiosidade é o ato de apenas ter uma religião, praticar rituais ou aparentar ser um crente. É a hipocrisia, a falsidade. O sacerdote e o levita deveriam exercitar seu amor por alguém que precisava, já que tinham o conhecimento da vontade de Deus. Provavelmente, já que ninguém estava olhando, ignoraram o problema e desviaram o seu caminho, deixando aquele homem ali sofrendo. Mostraram com isso o quão distantes estavam de um relacionamento sério com Deus e com o próximo.

A inserção do samaritano nessa história mostra que o “status” não vale nada. Os samaritanos tinham o “status” de odiados e de indignos e o sacerdote e levita de “santos”. No entanto, a atitude de bondade desse samaritano, mostra que é isso que realmente agrada a Deus. O samaritano doou-se completamente ao homem que necessitava, empregando cuidado, tempo e até dinheiro. Essa é a atitude que Jesus quer ver. Em outras palavras, Jesus quer ver obras decorrentes da fé e não uma fé vazia de boas obras.

Compartilhe a Bênção:

Seja Bacharel em TEOLOGIA - Curso completo e sem mensalidades! Veja aqui

Escolhidos Para Você

Tem 33 anos, ama escrever e estudar a Bíblia Sagrada. Escreve artigos aqui no Blog Esboçando Ideias há mais de 7 anos. É membro da Igreja Presbiteriana Bela Jerusalém, onde atua como presbítero, líder do louvor e professor da Escola Dominical. É o autor do Método Como Ler a Bíblia e Entendê-la Mais Facilmente e do Manual Bíblico das questões difíceis da Bíblia. O presbítero André Já escreveu mais de 1200 artigos neste blog. Contato: andre@esbocandoideias.com

Comente usando seu Facebook ou use o sistema de comentários normal no fim da página

80 comentários

  • Carlos Mucuta Santos disse:

    O bom samaritano relembra-nos o uso obrigatório da miserccórdia. O homem assaltadodescia para Jericó. Descer é o contrário de subir. Ao invez de subir no monte de orações, interseções e súplicas a Deus, o infeliz judeu (cristão) estava descendo para a luxura do mundo (Jericó). O cristão que abandona Jeruzalem para descer a Jericó não chega para lá em paz. Subamos para o monte, nunca desçamos para o mundo.

    Responder
    • pedro henrique disse:

      graças a deus!!!!

      Responder
    • Cleber/Gaúcho disse:

      Muito pelo contrário Sr. Carlos Mucuta Santos, quem descia eram o Sacerdote e o Levita, pois em momento algum Jesus fala em primeiro lugar quem era o Homem,até pq ele foi deixado nú, com o rosto desfigurado e desacordado e em segundo lugar que ele descia ou subia, falou apenas que pelo caminho foi assaltado… E pelo que o Sr. fala descer para Jericó seria descer para um mundo de luxuria, porém quem ajudou, cuidou e teve Misericórdia do homem assaltado??? Um Samaritano… Interprete as entre-linhas…

      Responder
    • Lineia disse:

      Esta parábola nos ensina a evitar o perigo do legalismo, tradicionalismo e o formalismo e por outro lado aponta para perigo do viver um evangelho que oferece uma “graça barata”. que não tira ninguém do inferno ,nem leva para o Céu. O sacerdote e o levita significam a Lei e o Samaritano significa a Graça. obeserve que a lei manda ir até um ponto, já a graça vai além, como por exemplo o dízimo que pela lei era só 10% da renda ,portanto a graça me pede TUDO,e não apenas os míseros 10%; são as ofertas alçadas, nossos cultos ,nosso tempo nossas vidas etc. O samaritano teve compaixão, do ferido, cuidou,, carregou nos ombros e ainda pagou o preço. Este é o verdadeiro papel da igreja; isso é missões!

      Responder
      • Noé Lacerda disse:

        Querida Lineia você foi bem até voltar pra lei, quando você cita o dizimo e ofertas alsadas você então volta pra lei. O fim da lei é Cristo ou seja a (A graça).

        Responder
    • Monteiro disse:

      Carlos, Paz.
      Apesar de seu esforço e, creio, boa vontade, pergunto-lhe: É isto que o texto diz? Que devemos subir e não descer? Ou é a sua interpretação e, creio, boa vontade? Sabe, irmão, ao longo do tempo temos ouvido e visto as interpretações mais fora do contexto. Assim, o povo fica sem referência, sem o ensino correto. A Bíblia interpreta-se a si mesma. Uma parábola não tem propósito doutrinário e sim aplicação. O foco da parábola é o relacionamento, o próximo, o cuidado que Jesus ensina que devemos ter. Qualquer coisa que formos além disso dá azo para outras interpretações. Continuo a crer que tiveste boa intenção, mas isto não basta. A Palavra deve a ser o que transmite, não o que queremos. Assim, evitamos que cada um faça sua interpretação e, em consequência, sua aplicação deturpada. Estimulo-te a continuar a escrever, mas lembre-se que “O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.”.Mt 24:35

      Responder
      • Roberto disse:

        Penso que a parábola fala justamente do que ela está falando: amor ao próximo- posso entender com clareza que aconteceu ali um ato real de injustiça com aquele pobre homem que caiu nas mãos dos asaltantes. Aconteceu com o levita e o sacerdote o que acontece conosco hoje em dia, não damos a mínima para a injustiça. Somos individualistas,egoístas e não estamos nem aí com o sofrimento alheio. Essa é uma realidade.

        Responder
        • alberi gomes disse:

          Paz. A parábola é linda e ao mesmo tempo triste triste porque vemos dois tipo de amor o amor na teoria e o amor na prática quem deveria fazer ou praticar não fez e o que deveria acabar de matar aquele homem terminou dano vida amados eu aprendo com o samaritano que o inimigo de hoje será nosso amigo amanhã que possamos amar não só de palavras mais de fato

          Responder
    • Nelson disse:

      Mandamento nr 1_Amar a Deus com toda a nossa força e o nr 2 Amar o proximo como a nós mesmo! Faltou nos 2 religiosos e no rejeitado sobrou amor! Subir no monte ou esquentar banco de igreja nao torna a gente melhor! A cidade de Dallas nos EUA é pela estatistica a que tem mais cristaos e como somos sal e luz, ai nessa cidade deveria ser uma maravilha para viver mas a realidade é a pior em termos de qualidade de vida. Foi perguntado a diversos lideres religiosos, a solucao e a resposta de todos unanimes, nao temos nada com isso, somos lideres espirituais (só cuidamos da nossa igreja) mas em deutoronomio, Moises ensina como dirigir uma nacao em todos os sentidos, aplicou tudo no bem da sociedade e etc. Nos EUA somente 25% dos evangelicos votam e ai cadê o cuidado com a sociedade em geral, todas as profissoes quando exercidas bem tem ai o dom e talento dado por Deus, por isso que tem muito membros q passa vida toda sentado no banco esperando o chamado para ser pastor mas o chamado jah foi feito, Reino de Deus abrange o universo todo, aqui na terra, nao cai uma folha seca sem a permissao do NOSSO DEUS!!!!!!!!!!!!!

      Responder
      • André disse:

        Pois vemos como os pastores ainda são como os escribas e fariseus.
        nos somos chamados não para esquentar os bancos mais para sermos servos.
        Quanto a votar fazem errados pois tá escrito que ao eleger governantes que elegemos dentre nos para que a justiça e misericórdia venha haver. Para que depois não venha a reclamar a Deus o porque daqui está a acontecer.

        Responder
    • Magno disse:

      “E, ocasionalmente descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e, vendo-o, passou de largo.” (Lucas 10:31)

      Mas por que o sacerdote descia pelo mesmo caminho de luxúria do mundo (Jericó) que o infeliz judeu (cristão), considerando que Jesus não se referiu a ele como cristão?

      Responder
  • Valdireny roberta disse:

    Linda licao..q podemos rever nossas falhas cm esse estudo.

    Responder
  • matias fernando disse:

    Ir Siro, falsa religiosidade é um problema atual da igreja ou só existiu no tempo dos apostolos?

    Responder
    • marilene disse:

      Precisa responder?

      Responder
    • Nelson disse:

      A Africa jah foi evangelizada em 80%, de acordo c/a missionaria Landa Cope deveria ser no momento uma pujança em toda area da sociedade, a realidade é que está pior que quando começou a evangelizacao, veja os nrs de doenças, atrocidades, fome, criaças morrendo de inanição, sabe porque isso????? Os lideres espirituais soh querem cuidar da sua igreja e a sociedade nao tem nada haver com eles, Moises dá um exemplo de gestao de uma naçao em todas as areas, nao ficou cuidando somente da area espiritual, inclusive isso foi delegado a seu irmao arao chefe da tribo levita, nomeu 12 chefes das outras tribos para ajuda-lo na gestao da naçao de Israel e etc. Os cristaos tem deveres numa sociedade sim e nao soh ficando ouvindo o pastor pq esse soh quer cuidar da area espiritual, mas outras profissoes tambem recebem chamados e dom de Deus e como mostramos ao nosso Deus q o amamos, primeiro devemos amar nosso proximo!

      Responder
  • diná disse:

    linda linção.. relmente vejo um mundo cheio de corupçao aonde as pessoas decem ao em vezde subir ! uns por nao conhecer a verdade outros por desobediencia.

    Responder
    • Pedro Rogerio disse:

      O difícil para nós gentios nos dias de hj é ser um israelita espiritual,servimos a Deus proclamamos q somos Israel espiritual mais nossas práticas são de gentio e vivemos a nossa cultura,desde q colocamos cultura como uma desculpa aí ja eliminamos a espiritualidade,pq de fato as nossas culturas (de todos os gentios )ñ tem fundamento bíblico!

      Responder
  • Carlos Augusto disse:

    Prezado André Sanchez, sua interpretação sobre essa parábola é bastante aceitável, e nos serve como lição de que como devemos tratar o nosso próximo. Porém, o ensino desta parábola no meu ver é muito mais amplo, Ela nos revela o amor de Cristo, o homem na condição de pecador, a investida do diabo, o Espirito Santo, a igreja, o preço que foi pago lá na cruz pelos nossos pecados. e a volta do nosso Senhor jesus. Com todo respeito segue uma breve explanação do que Deus me revelou nessa parábola:1º- O homem que descia (um pecador que se distanciava de Deus) 2º- O caminho pelo o qual o homem descia – O mundo no seu declínio moral e espiritual. 3º- Jerusalém – O céu, cidade acima do nível do mar. 4º- Jericó – O inferno, cidade abaixo do nível do mar. 5º- Os salteadores – Uma casta de demônios (e espreita procurando a quem possa tragar) 6º- Os religiosos – Oficiais da casa de Deus (sem compromisso com a Sua vontade) 7º- O Samaritano – O Senhor Jesus de passagem por esse mundo (que desceu do céu para socorrer os feridos de alma) 8º- Atou-lhe as feridas – Tirou o homem do lamaçal do pecado, sarando suas feridas, perdoando-lhe. 9º- O azeite – O Espirito Santo que convence o homem acerca do pecado, da justiça e do juízo. 10º- O vinho – O seu sangue que nos purifica, no qual somos lavados para remissão dos nossos pecados 11º- A calvagadura – A sua autoridade que nos traz de volta a presença de Deus, nos tornando como Ele, um filho de Deus. 12º A estalagem – Nada mais do que a igreja pronta e preparada para receber, acolher e cuidar daqueles que Jesus nos apresenta. 13º- Sua partida – deixou essa terra foi para o céu nos preparar um lugar. 14º Os dois dinheiros – O preço de quem cuida e é cuidado (Sua sangue derramado na cruz) 15º- Sua Volta – O arrebatamento da igreja. 16º Seu pagamento – Nosso galardão, a recompensa diante de tudo que fizemos para o Reino de Deus aqui na terra.

    Responder
    • Maria José Vieira disse:

      Carlos Augusto, sua interpretação preencheu todas as dúvidas e interrogações, deixando-me feliz pela clareza e objetividade de suas sábias palavras. Parabéns!!!

      Responder
      • marilene disse:

        GOSTEI BASTANTE POIS FAZ UM FIO CONDUTOR NO PLANO DA SALVAÇÃO.

        Responder
        • Carlos Augusto disse:

          Prezada Marilene, que a paz do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo seja sempre sobre a sua vida! Feliz fico eu com as suas boas palavras. A bíblia é um livro fantástico que no revela as profundezas de Deus, por isso, devemos buscar através do Espírito Santo a inspiração para que possamos entender os mistérios divinos que o Pai nos quer revelar. Sempre tenha essa vontade se saciar a sua sede nas fontes inesgotáveis de conhecimentos das sagradas escrituras. Deus te abençoe sempre.

          Responder
          • Pedro Rogerio disse:

            Meu caro irmão Carlos Augusto infelizmente algumas parábolas não se concretiza mais em nosso meio,pq na verdade nós só amamos aquele q nos agrada e aquele q não nos agrada só amamos de palavra é dizemos aquele velho ditado “eu te amo em Cristo e oro por vc”na verdade só amamos de palavras,essa virtude do bom samaritano só fazemos por algum interesse.a desigualdade é muito grande nos dias de hj é os ciúmes tem impedido essa ação no meio da igreja,só damos a paz do Senhor e perguntamos se está tudo bem e mais nada.É por isso q eu dou valor ao meu nordeste,q pelo menos se aproxima da espiritualidade nas ações.

        • mateus disse:

          Isso e a verdade

          Responder
    • Lineia disse:

      Boa interpertação!

      Responder
    • Monteiro disse:

      Caro Carlos, o papel aceita tudo que se escreve. Até nossas mais bem ‘intencionadas’ ideias que aos nossos olhos são tão lindas. Deus é perfeito como perfeita é a Sua Palavra. Quando lemos alguém escrever, alegando “uma breve explanação do que Deus me revelou nessa parábola”, fica no ar que a revelação em Cristo não foi suficiente, sendo necessário ‘outras revelações’. Sim, temos este hábito de querermos ser o canal de revelações quando Jesus diz claramente: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. João 14:6”. E ainda podemos ler: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade. João 1:14”. Assim, vamos pensar um pouco: é muita pretensão acharmos que Jesus, que é Deus, precisa de nossa ajuda. Estamos aqui para ajudar-nos uns aos outros. Só Jesus é a Verdade. Assim, com muita humildade, estimulo-te a continuar a escrever, mas peça ajuda para compreender mais a Palavra. A Bíblia é tão rica, tão maravilhosa, tão sagrada e tão acima do nosso entendimento que todas as vezes que você ouvir que alguém ‘ teve uma revelação da parte de Deus’ fique muito atento, porque Jesus já fez tudo. Nós temos apenas que obedecer. Sabe, Satanás também crê na Palavra, MAS não obedece. Pense nisto.

      Responder
    • dhiego disse:

      Verdade cara,o Próximo é Jesus

      Responder
    • JOANA D’ARC F. SILVA disse:

      É à luz da bíblia a palavra de Deus sobre quando questionaram o por qual motivo jesus falava em parábolas de acordo com as escrituras o próprio jesus disse que sua finalidade era de que ele revelaria da sua parte àqueles que eram seus ou seja “os pequeninos” e as ocultaria aos sábios!infelizmente existe muitos que interpretam por si as mesmas não levando em conta que a palavra da Deus por si fala;pois ela vem de Deus e se estivermos dispostos a ouvir com o coração puro e com sede de aprender e com o amor D’ele o senhor nos revelará coisas grandes e ocultas que não sabemos!todos comentários foram de grande proveito,para todo efeito o comentário de Carlos augusto foi de uma forma perfeita no que diz à essa parábola do bom samaritano e da maneira que ele explanou colhendo o máximo dos detalhes nos levando a crer mais uma vez que devemos em gratidão ao sacrifício da cruz termos um coração semelhante ao de Jesus independente do que as pessoas nos julgam sermos e de uma forma incondicional “AMAR O PRÓXIMO COMO DEUS NOS AMOU!!!! enviando jesus para nos salvar do nosso estado de condenação!Ele deixou de estar lá na sua gloria para e vir aqui só para nos demonstrar que nos ama!! e o amor esse que ele nos deu e dá todos os dias incondicionalmente é dom excelente e só quem tem esse amor pode amar o próximo!!!!!Deus abençoe a todos e que esse amor nunca falte em nós!!

      Responder
    • mara disse:

      carlos augusto, obrigada pela clareza!! vc poderia dizer sobre sua clareza em relação ao apocalipse?

      Responder
    • Lucas Martins correa disse:

      A paz do Senhor irmão Carlos augusto foi forte consegui tirar a dúvida do vinho e do dois dinheiros

      Responder
    • Rayza disse:

      Carlos Augusto a interpretação de José Sanchez faz mais sentido. A mensagem da parábola é bem simples, e fácil de entender. Acho que não existe nenhum simbolismo por traz dessa parábola. Pode até existir algum simbolismo, porém você não citou referências que comprovem, e sua interpretação pareceu um tanto fantasiosa. Jesus critica nitidamente a falta de religiosidade das pessoas. Vemos que Jesus queria aproximar as pessoas e não dividi-las. Jesus deixou claro que não importa a pessoa ter uma religião, mas qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo pode fazer o bem e respeitar as leis. Jesus não era contra as leis da época, ele mesmo dizia que era para dar e César o que é de César. É uma lição para quem frequenta uma religião e acha que as pessoas que não frequentam, não vão herdar a vida eterna. Eu acredito em Deus e nos ensinamentos de Jesus, e depois quando eu entendi o significado dessa parábola acho que religião não importa mais para mim. Mesmo assim pessoas ainda me julgam dizendo que para eu ser salva, preciso frequentar uma igreja. Voçês, religiosos revejam essa parábola e aprendam a respeitar e a amar o próximo e não julguem os outros. Religião é só um rótulo e não diz o que a pessoa é por dentro. Ao invés disso procuram simbologias na Bíblia e significados que não elevam a pessoa em nada. Jesus morreu e ressuscitou, mas a pergunta é, você está seguindo o que ele ensinou? Se quer se aprofundar na Bíblia aconselho você estudar história e procurar referências verdadeiras a respeito da historia de Jesus e não ficar na base do achismo porque alguem (“guiado pelo espirito santo”) lhe disse essa interpretação.

      Responder
  • Pr.Marcos Paulo disse:

    Concordo com todos os comentarios, mas o que o Senhor quer mesmo é a prática do Amor que vem Dele, pois repare que o Doutor da lei conhecia tudo isso por Moisés, mas Jesus disse AMAI-VOS COMO EU VOS AMEI .

    Responder
  • andrerosa disse:

    com todo respeito ao comentario do irmao carlos o comentario e explanacao do irmao andre sanches e o tipo de mensagem clara objtiva e que o povo que nao conhece,a objetividade e claresa do sermao e que faz com que pessoas indoneas de quem realmente presisam do conhecimento para que os seus olhos sejam abertos,pregamos muito para salvos e esquecemos dos que realmente presisam.

    Responder
  • anibal felizardo disse:

    Deus é bom em todos os tempos sim ele é bom!!!

    Responder
  • Vitor disse:

    Gloria a Deus Carlos Augusto…. O samaritano é sim o nosso Senhor Jesus…. pra confirmar, os dois dinheiro, na original sáo dois denários, salario de um dia da epoca… a biblia diz que mil anos pra Deus e como um dia….ele pagou duas diarias, ou seja, dois mil anos que ele está fora… com os 4 mil anos antes de Jesus, estamos proximo de entrar no setimo dia, quando Deus vai descansar e o Senhor Jesus reinará juntamente com a igreja fiel…. Os filhos de Deus, que a biblia chama de pequenino rebanho…os vencedores que pegarao a porta aberta pois obedeceram os mandamentos.. Para vcs nao terem duvida de quem é o samaritano, veja na palavra onde Jesus mesmo aceita isso: Joao 8 – 48…. Gloria a Deus por Jesus, pela palavra revelada aos pequeninos…. Nao existe teologia, ninguem pode estudar a Deus… Quem fala e mostra os misterios do reino é o proprio Espirito….

    Responder
  • jaribe V.Soares disse:

    Gostei muito da explanação estou satisfeito,pois preencheu meu coração a mensagem e tirou as minhas dúvidas. Meus parabéns amado Servo de Deus.

    Responder
  • william neres martins disse:

    fico a pensar;como pode o alojamento representar a igreja,se o dono estava mesmo afim era do lucro? nao podemos esquecer do fator historico entre judeus e samaritanos,e mais ,nao podemos esquecer que e uma parabola.com liçoes maravilhosas,mesmo assim nao nos da`o direito de mergulhar em um mundo de fantasia. O TESTO E O QUE E PONTO FINAL.

    Responder
  • vitor disse:

    logico que ele nao pagou nada, ele tipificou pra ficar oculto ao sabio e instruido, poiis ele falava com o interprete da lei, ele se revela aos prqueninos….. leia joao 8 48 e veja se ele nega ser samaritano…..esse livro e espiritual , tesouro oculto, loucura para os que perecem, para os que serao salvos poder Deus, esqueceu da profecia devisaias? pra que ouvindo nao entendam……

    Responder
    • JOANA D’ARC F. SILVA disse:

      Parábolas é mais fácil dizer que elas são exemplificações com a finalidade de chamar a nossa atenção para um determinado assunto ou aquilo que esta sendo mostrado!e isso fica claro quando nessa parábola toma-se de exemplo quanto ao dinheiro ou moeda no caso algo de valor em troca de algum serviço ou troca de valores como aquele homem obviamente estava de passagem penso eu que se ele tivesse um parente ou conhecido próximo daquele lugar certamente o levaria para tal lugar não precisando assim gastar ou pagar um serviço como no caso da parábola e como ele fez para ajudar aquele homem!essa questão não esta relacionada ao fato de que quando foi feito a comparação entre o lugar onde o ferido ficou para se recuperar de seus ferimentos e a igreja não necessariamente a igreja representa inquiridora de valor!I É fato de que o mundo em que vivemos é capitalista, más no que diz respeito ao reino Deus O PREÇO JÁ FOI PAGO “O SANGUE DE JESUS!!!!!”E CUSTOU BEM CARO NINGUÉM JAMAIS PODERÁ PAGAR ESSA DÍVIDA!!! ESSE FOI O PREÇO PAGO!!!!!!

      Responder
  • oziel disse:

    Maravilha de Deus !!!que revelaçao, ela foi se encaixando realmente e perfeitamente

    Responder
    • vitor diniz disse:

      Oziel me adiciona no face vitor diniz ou entra em contato por email vitor.futebol7@gmail.com ele tem muito mais pra quem se sujeitar a ele, o proprio espirito que revela… quem quiser adicionar pra considerarmos. as escrituras fiquem a vontade…. gloria a Deus por Jesus Cristo e pela palavra revelada,…paz do senhor Jesus

      Responder
  • francisco disse:

    muito maravilhoso gostei muito pois aprendi que não basta ir a igreja somente para ouvir a palavra temos que ensinar aos outros

    Responder
  • Nilson S. Oliveira disse:

    a religião nos mata, precisamos de sermos servos com atitudes como o joven samaritano, que Deus nos ajude a abrir nossos olhos para as pessoas, chega de egoismo, falta de tempo… ( chega de desculpas ). Que Deus te abençoe querido André.

    Responder
  • presb. clovis passos da silva disse:

    Há. Aqueles que se contentam apenas com texto. E há quem quem busque a revelação da palavra. São estes que o senhor está procurando não crentes preguiçosos que so ficam repetindo o texto como um todo. Busquem a revelação.

    Responder
  • Celestino Hiario disse:

    Brigado por todos os comentarios e Deus Abençoe cada um de voces

    Responder
  • oderlan brito minist. cidade refúgio da cedade de araras sp disse:

    Bom que capaz de DEUS poderes o seja desde já com todos,pois bem interpretação linda
    Mas não pode esquecer de antes de interpretar as sagradas escrituras sem antes envolve-los no sobre na rural de DEUS melhor que leitura ou teologia primeiramente, está a simplicidade da intimidade de DEUS.
    Pois procupemo-nos com o espírito porque melhor lição é a revelação vinda do ceu, o mundo precisa de pregação e oração pois as almas do mundo sente falta da interpretaçãodo espirito de DEUS, própria bíblia nos diz primeiro crecei em GRAÇA depois em CONHECIMENTO antes pessoa para DEUS falar no coração das pessoas que esstam lá no MUNDO!!!!!
    Fica com a P DO SENHOR JESUS CRISTO

    Responder
  • silvio de assis disse:

    O sarcerdote eo levita esquesserao da misericordia mas o levita tinha em abundacia

    .

    Responder
  • Daniel disse:

    percebi alguém dizendo que Jesus revelou tudo e que não se precisa de revelações. ….

    Então sou obrigado a lhe dizer que vc não crer no consolador o espirito santo que veio para nos revelar, consolar, guiar, ensinar, etc…

    Jesus ñ quer que fiquemos presos ao texto pois essa parábola foi usada para responder uma pergunta na quela ocasião para alguns judeus mas para nós o espririto santo nos revelar profudidades do amor de cristo que pagou o preço por nós derramando seu sangue por nós

    Todas as parábola é cristocentrica

    Responder
  • Murilo disse:

    A pergunta que eu tenho é a seguinte…Jesus não responde no final do versículo quem é o Próximo do rapaz, é como se ele deixasse pela própria conclusão do estudioso da lei…então que é o meu próximo que eu devo amar? Aqueles que me ajudam?

    Responder
  • scarlet disse:

    amado irmãos, creio em um Deus todo poderoso que nos deixou muitas lições na sua palavra que é a mesma ontem, hoje e sempre. Oque acontece é que muitas pessoas á conhecem , mas não vivem no seu dia- dia. Entender é fácil o difícil é praticar. temos que ter compaixão e amar ao próximo.

    Responder
  • Léo Sousa disse:

    Não julgue o livro pela capa. Essa é minha interpretação. E digo mais, cada um que (re)pense as atitudes e sendo verdadeiro consigo mesmo para
    melhor viver a vida e ajudar o próximo.

    Responder
  • Ivaldo José de Almeida disse:

    Ivaldo José de almeida. Todos esse comentários só vem atestar a multiforme sabedoria de Deus, revelando aos seus verdadeiros servos, a sua bendita palavra,

    Responder
  • Luís von disse:

    Creio que Jesus disse que o valor de cada um é medido pela quantidade de coisas boas que faz. Jesus também diz que algumas pessoas (o trigo) nascem boas e seu destino já está determinado e outras (o joio) nascem más. Não sei como combinar isso com o livre arbítrio, acho que Jesus não podia dizer tudo que sabia e por isso algumas falas parecem inconsistentes. Por exemplo, se uma cozinheira faz um bolo que não fica bom, de quem é a culpa do bolo ou da cozinheira?

    Responder
  • José Batista disse:

    Que maravilha, bênção de Deus,o véu foi tirado ,quem busca encontra,a fonte é inesgotável.

    Responder
  • Neusa Batista disse:

    A fé sem obras é morta. Na verdade, ir a Igreja, participar das atividades da igreja e não praticar a justiça , de nada adianta. Sejamos humildes e reveladores da palavra de Jesus e o façamos sem hipocrisia.

    Responder
  • suyane disse:

    um dia nos seres humanos vamos entender o que esse filme nos traz de bom pra nossa vida ..

    Responder
  • Samuel Almeida disse:

    Irmãos, fiquei lendo os comentários, e sabe o que falta para nós? Renúncia, falo por mim. É que nós queremos vencer tudo, arrumamos uma discussão para vencer. Precisamos aprender a renunciar, a perder; amar o próximo é renunciar tempo, dinheiro e socorrê-lo, como Jesus nos ensina também nessa parábola. Por isso, aprendamos a perder. Não quero atingir ninguém, mas como cristãos, que possamos somar e que a humildade faça parte do nosso caráter… Paz a todos.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Samuel, aqui não estamos em uma disputa. Estamos apenas expondo opiniões. Isso não tem nenhum problema.

      Responder
  • Fábio C. disse:

    não podemos esquecer queridos … que o levita e o sacerdote foram prudentes,
    Números 19:10,11-
    “O sumo sacerdote, aquele entre seus irmãos sobre cuja cabeça tiver sido derramado o óleo da unção, e que tiver sido consagrado para usar as vestes sacerdotais, não andará des-cabelado nem rasgará as roupas em sinal de luto.
    Não entrará onde houver um cadáver. Não se tornará impuro, nem mesmo por causa do seu pai ou da sua mãe;
    Pastor;Fábio c.

    Responder
    • Magno disse:

      Jesus foi criticado por curar no sábado, pois sua atitude contrariava as leis mosaicas. A moral da parábola do Samaritano é exatamente sobre as intenções do coração que agradam a Deus. Uma coisa é o pastor entrar em um prostíbulo para se prostituir, outra é ele fazê-lo para salvar uma alma quebrantada, ainda que de uma prostituta ou de uma cafetina.

      Responder
    • Rodrigo Rodrigo Rodrigo disse:

      Sim é verdade mas Jesus mostrando isto estava quebrando a tradição 2 Co 3,14 o velho testamento foi por Cristo abolido Lc 7,14 “tocou o esquife” quebrou de novo a tradição

      Responder
  • willian dos santos lisboa disse:

    muito bom seus estudos… você poderia fazer um ensinamento sobre a parábola das virgens

    Responder
  • Enio Nascimento Goes disse:

    André, obrigado pela explicação! Vai ajudar em minha vida e levarei também para meus irmãos na Igreja. Fique com Deus e seja mais ainda abençoado. Se alguém quiser saber mais, leai mais sobre o assunto. Apoiem os comentaristas que incentivam o ensino.
    Outra forma de saber mais, é ir para o céu e/ou perguntar à Jesus, “embora lá já não será mais necessário”.. encontro vocês por lá.
    Em 02.07.14 – Enio Goes

    Responder
  • alvaro disse:

    E muito importante vermos tantas pessoas interessadas em falar sobre Deus e tentar explicar da melhor forma.

    O que ,é preocupante é haver tantas interpretações, e é por causa disso que a cada dia abre uma igreja nova com doutrinas cada vez mais diferenciadas,
    Sendo que ha só 2 caminhos 1 que leva a vida e outro que leva a morte.

    Responder
  • José Brandão disse:

    As aparências enganam. O falar, o vestir, de muitos enganam – nos. Jesus importa-se com tua atitude positiva, com tua caridade, nao só de palavra mas de obra. Mostremos- nos o verdadeiro amor.

    Responder
  • carlos alberto neves disse:

    1- eu queria saber porque o sacerdote e o levita nao sao verdadeiramentereligiosos eo samaritano é ?
    2-porque a verdadeira religiao é vivida no mundo e celebrada nacomunidade eclesial?
    3- o que podemos fazer para entendermos melhor que o verdadeiro amor a DEUS se manisfesta em amor ao proximo ?

    Responder
  • Letebaldo P. Silva disse:

    Graça e Paz! André quero agradecer em primeiro lugar a Deus por ter falado comigo através de você. Meu irmão, os conteúdos que já recebi de você estão me ajudando e muito na área espiritual. Espero receber mais, pois estou precisando. Um abraço e que Deus continue abençoando você e a sua família.

    Responder
    • Presbítero André Sanchez disse:

      Obrigado, Letebaldo

      Responder
      • christian fonseca disse:

        Que Deus continue iluminando sua vida, ele conta com homens ousados para proclamação do evangelho, No entanto quero deixar o meu parecer, muitos viajantes são feridos na viagem e bem sabemos que Jesus é o bom samaritano disposto e socorrer o ferido, no entanto a igreja hoje é responsável por socorrer o aflito mas é lamentável saber que a fé de alguns se foi dando lugar ao espírito de avareza impedindo que o viajante seja curado e levado aos braços do pai… Que Deus te abençoe ricamente.

        Responder
        • Presbítero André Sanchez disse:

          Obrigado, Christian

          Responder
  • Lucas disse:

    Graça e Paz Presbítero,
    Lindo ensinamento que o senhor nos deixou através desta parábola.
    Que o Senhor Jesus te abençoe com toda sorte de bênção e use o senhor a cada dia mais e mais!

    Responder
  • Camila disse:

    Irmãos, não querendo julgar ninguém, longe disso
    mas aprendamos a respeitar o próximo e não julgá-lo,
    sabemos que a palavra de Deus é viva e não volta vazia, dessa forma, cada vemos que a lemos podemos ter uma interpretação diferente da primeira, não que a 1ª interpretação esteja errada, mas sim que a palavra de Deus se renova em nossos corações.
    Se os Espírito Santo de Deus opera em nós, então podemos sim, interpretar de outras maneiras, mas sem sair do estudo bíblico.
    Na tradição da NVI consta: “Em resposta, disse Jesus: Um homem descia de Jerusalém para Jericó, quando caiu nas mãos de assaltantes. Estes lhe tiraram as roupas, espancaram-no e se foram, deixando-o quase morto”.
    Antes de criticarmos vamos avaliar as escrituras e pedir discernimento ao Espírito Santo, antes de dizer que o irmão está errado.

    Responder
  • Marcello Soares disse:

    Existem palavras que doem mais que uma tapa que te derruba mas o bom samaritano esta vindo e vai sarar tua ferida!!!!!

    Responder
  • Alex disse:

    Todo material tem sido alimento para a minha alma. Ensinamentos enriquecedores!

    Responder
  • Miguel disse:

    A função principal do sacerdote era cuidar das vidas, apresenta-las a Deus o levita também tinha função de zelar pelas coisas do Senhor. O homem que descia de Jerusalém (lugar da benção) e ia para Jericó (mundo) representa cada um de nós antes de sermos alcançados por Jesus (bom samaritano) O homem no mundo está correndo este risco, de cair nas mãos do salteador (Diabo) Jerusalém no plano espiritual e a morada do altíssimo.
    O sacerdote, o levita passaram de largo, eles representam a religião, e a religião que era responsável por cuidar de nós passou de largo. Graças a Deus que um dia o bom samaritano (Jesus) nos alcançou e ele vai voltar para nos buscar. Amém!!!

    Responder
  • joice venancio da cunha disse:

    Essa palavra ė muito eficaz no nosso dia a dia. Nos devemos aprender com o bom samaritando. Precisamos ajudar e a amar ao proximo sem se preocupar com a veste se te condicoes financeiras boa e sim ajudar por que ė certo e o que jesus pede amamos ao proximo como a si mesmo. O bom samaritando nao olhou para aparencia nem o que ele tinha pra oferecer e devemos o emitar pois e um exemplo mais incrivel que ao invez de parti do Levita ou o sacerdote acabou partindo Desse samaritando…..em 1corintios 13 diz que nao adianta ter dom de louvar ou ate mesmo de pregar etc..sem amor somos nada…para ser salva devemos ter amor pelo proximo e amar a Deus acima de tudo.

    Responder
  • Ronaldo Goiânia disse:

    Bom na parábola samaritano ele tava explicando de uma maneira prática quem é nosso próximo somente isto lembra que depois da estória ou (parábola) ele pergunta
    Quem foi o próximo do homem ferido !!!!!!

    Responder
  • Marcelo disse:

    Querido irmão Carlos Augusto é interessante como algo dito por nosso Senhor Jesus ainda parece fantasia para muitos,mas fico feliz em ver que o consolador que Ele deixou ainda toca os corações como tocou o seu e o meu da mesma formo , ser veiculo condutor das benção de Deus é um dom para aquele que se permite independente de teologia ,o intérprete da Lei procurou uma resposta que fosse de encontro com sua teologia mas Jesus mostra que o ser humano é mais importante do que fatos e lugares e provas teológicas , 1 COR 13 ,portanto você esta certo ao afirmar sobre a amplidão da uni ciência de DEUS quando ELE fala com quem ele quer e os meios que ele utiliza ,Jesus pregou a Bíblia inteira numa só parábola ,de gênesis quando o homem cai em pecado e a formo que o pecado se desenvolve ao passar do tempo ,até apocalipse coma a VOLTA DE JESUS .parabenizo pela interpretação !

    Responder
  • edinilson disse:

    ola fui revelado que uma mão amiga está chegando pra mim ajudar. E que o bom samaritano tbm, eu estou fazendo campanhas e jejum, pedindo Deus que faça obras em minha vida, só que não entendi sobre revelação, poderia me explicar o que pode ser?

    Responder
  • Ricardo Ferreira disse:

    Parabéns Pr por seu post. Vi alguns crentões questionando, que a Teologia explica outra coisa. Quem tem teologia não vai para o inferno? A palavra é viva e eficaz, a palavra se renova. Não deixe a teologia te engessar!!! O vento, Jesus sopra como quer, onde quer e como quer. Se Deus te mostrou isto recebo em nome de Jesus. O importante é amar teu próximo como à ti mesmo.

    Responder
  • adailton cruz disse:

    ESTAVA MEDITANDO NESTA PASSAGEM, E PERCEBI COMO, FALANDO DE MIM MESMO, APLICANDO NA MINHA VIDA, SOMOS PARECIDOS COM OS DOUTORES DA LEI. FALAMOS DE AMOR E MUITAS VEZES NÃO PASSAM DE PALAVRAS BONITAS . EU LI TODOS OS COMENTÁRIOS. CONCORDEI COM MUITOS DELES, ALGUNS EM PARTES. A PALAVRA DO SENHOR É IMUTÁVEL, ELA NÃO SE RENOVA EM NOSSO CORAÇÃO O QUE RENOVA É A MISERICÓRDIA DE DEUS. MUITAS PESSOAS CONFUNDEM ISTO. MAS A LETRA MATA E O ESPÍRITO DA VIDA. O ESPÍRITO SANTO FALA CONOSCO ATRAVÉS DA PALAVRA. E LOGICAMENTE A APLICAÇÃO DE JESUS SOBRE ESTA PARÁBOLA ERA REFERENTE O DOUTOR DA LEI TER SOMENTE A TEORIA DO AMOR, JÁ O SAMARITANO TINHA A PRATICA DO AMOR. NÃO É DIFERENTE DE HOJE . INFELIZMENTE TEM MUITOS CRISTÃOS QUE AMAM DE PALAVRAS E MUITOS QUE NÃO CONHECEM O SENHOR, QUE VIVEM EM OUTRAS RELIGIÕES, PRATICAM MUITO MAIS O AMOR. JESUS FOI BEM CLARO NISTO SERÃO CONHECIDOS COMO MEUS DISCÍPULOS: SE AMAREM UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI” POR TANTO VAMOS DEMONSTRAR ESTE AMOR COM A VIDA PRATICA E NÃO SOMENTE DE PALAVRAS.

    Responder

Seu comentário é muito importante! Comente! Regra 1 - Seja respeitoso - Regra 2 - Não aprovamos comentários de anônimos - Regra 3 - Não publicaremos mais comentários que não tenham a ver com o tema do artigo - Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.

Escolhidos Para Você