O que significa blasfêmia contra o Espírito Santo, o pecado imperdoável?

Postado por em: O que significa isso?

Não são poucas as pessoas que já se perguntaram – com medo – se não teriam blasfemado contra o Espírito Santo em algum momento. Recebo aqui no blog quase toda semana perguntas de pessoas desesperadas, achando que pecaram contra o Espírito e não serão perdoadas e salvas por Deus, tendo assim como destino final o inferno. Consigo entender seu desespero, pois a Bíblia diz que esse pecado é imperdoável. “Por isso, vos declaro: todo pecado e blasfêmia serão perdoados aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada.” (Mateus 12.31).

o-que-e-blasfemia-contra-o-espirito-santo-pecado-imperdoavel

Para compreender bem essa difícil passagem precisamos entender seu contexto. Tudo ocorreu quando Jesus fez a cura de um endemoninhado cego e mudo: “Então, lhe trouxeram um endemoninhado, cego e mudo; e ele o curou, passando o mudo a falar e a ver.” (Mateus 12.22). Essa cura provocou admiração na multidão, que buscava encontrar respostas ao que presenciaram (Mt 12.23) e uma reação negativa por parte dos fariseus, que acusaram Jesus de estar a serviço do Diabo (Mt 12. 24). Jesus é duro com eles e, nesse contexto, declara que a blasfêmia contra o Espírito Santo não será perdoada nem nesse mundo nem no porvir (Mt 12.32).

Mas como entender o que é essa blasfêmia mencionada por Jesus? Tem-se entendido que essa expressão está ligada a um “pecado eterno” e não a um “juízo eterno”. Isso significa que a pessoa que blasfema contra o Espírito Santo não é aquela que de alguma forma fez algo contra Deus, mas tem seu coração arrependido, mas é aquela que, por causa de seu coração duro – à semelhança dos fariseus – não se arrepende de sua atitude contumaz contra o Espírito de Deus. Nesse sentido elas permanecem em um estado de incredulidade tal que não se arrependem e, por isso, não são perdoadas. Assim, não é um único pecado que traz a elas o juízo de condenação de Deus, mas o fato de manterem-se nesse estado de “pecado eterno” sem arrependimento.

Algumas pessoas têm dificuldades de entender isso na prática. Será que eu já blasfemei contra o Espírito Santo e não sou salvo? Será que estou debaixo desse pecado imperdoável por tudo que fiz no passado? Será que já cometi esse ato e não terei mais oportunidade de ser agradável aos olhos de Deus, de gozar a salvação e o céu?

De forma prática, muito mais fácil do que entender com exatidão o que Jesus quis dizer nessa passagem, é entender que se alguém tem sinais de arrependimento de seus pecados em seu coração, crê em Jesus Cristo como o Salvador, crê no poder de Deus, etc., essa pessoa não pode ter cometido o pecado imperdoável. Sinais de arrependimento, pra mim, são sinais claros de que a pessoa não cometeu esse pecado.

D. L. Moody diz que “A essência do “pecado eterno” é a atitude do coração que sustenta o ato.”. Isso quer dizer que o coração daquele que está embrenhado nesse pecado, sempre sustentará esse pecado com uma atitude de incredulidade para com Deus, sem nenhum arrependimento dele. Ou seja, quando alguém tem uma atitude de credulidade evidente, não pode estar debaixo desse pecado. Assim, não há motivo para desesperar-se achando que você pecou contra o Espírito Santo e não será mais perdoado. O próprio desespero em não ser perdoado é uma mostra do quão grande desejo se tem de ser perdoado por Deus e ter a paz do Espírito. Aquele que permanece no pecado imperdoável nunca sentirá isso em seu coração impenitente e duro, nunca se preocupará se cometeu ou não esse pecado.

   

Gostou desse artigo? Receba novas postagens em seu e-mail!

Comente usando seu Facebook ou use o sistema de comentários normal no fim da página

262 comentários

  • sandra disse:

    Obrigada por esclarecer,eu por muitas vezes pensei que tinha cometido esse pecado, entrou o desespero, de ficar noites sem dormir.

    Responder
    • Gabriel Pinheiro Rocha disse:

      PEÇO SENSO CRÍTICO PRA LER O QUE EU TOU ESCREVENDO

      Eu acho que eu blasfemei contra o Espírito, sofri pra caralho, preferia não ter nascido, perdi tudo, tudo, tudo, só não perdi mais porque minha família é muito boa e eu tenho a sorte de ter uma chacará, todos me desprezaram, as pessoas que eu mais confiava me desprezavam, a única pessoa que se safou foi minha mãe, tudo começou com 14 anos: tranqueira na internet, o tempo foi passando, eu fui me transformando, e caí na real com 21/22 anos, enfim, quase me matei ou quase me mataram, reclamava com deus, esculachava deus, mas sempre o servia(infelizmente), até que eu não aguentei mais tanto sofrimento, ver a minha mãe chorando me dava desespero porque eu sabia que meu tempo tinha passado e que era impossível eu fazer alguma coisa pra mudar, então eu comecei a debater com Deus e com deus, com Deus eu sempre me envergonhava, com deus eu sentia muita raiva, o tempo foi passando e eu fui voltando a ter fé em Deus, por isso eu digo: sirvam a Deus, lute contra deus, ore pra Deus te perdoar porque só ele pode e você só vai ser feliz completamente quando você buscar Deus com todas as suas forças, não fica grilado com esses versículos, o Espírito é o que convence, e Jesus está pronto pra te perdoar de novo depois dessa “fase” que você ta passando, ou que já passou, não importa, busque a Deus, e da fase futura que não tem perdão, Jesus Cristo te justifica através da Palavra e do Espírito: porque “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”.Romanos 10:13

      Responder
  • Jacqueline Ferreira de Medeiros disse:

    E atribuir obras do maligno ao Espírito Santo?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Jacqueline, isso faz parte também do contexto, porém, é difícil exemplificarmos isso. Por exemplo, o que seria atribuir obras malignas ao Espírito Santo? Deus considera quando uma pessoa ignorante sobre a Sua palavra atribui obras malignas ao Espírito Santo? Eu, pessoalmente, acho difícil apontar exatamente que tipo de pecado seria esse.

      Responder
      • Geovane Cleber De Souza Barros disse:

        eu acho que está ligado ao fato de muitas pessoas obrarem maliciosamente,e ainda ter a coragem de dizer que aquilo pertence ao espirito santo,ou vem de Deus. abraços!!

        Responder
      • Carlos disse:

        Ola!nao acho tão difícil de apontar que tipo de pecado seria esse, uma ves que a bíblia diz” blasfêmia”significa que atribuir ao maligno o que na verdade vem do Espirito Santo,seria uma ofensa e nome dessa”blasfêmia”assim fizeram os fariseus julgando que o espirito era de beusebu e nao de Deus..,e o arrependimento e obvio que vai acontecer e e exatamente por isso que Jesus disse que nao seria perdoado,por isso temos que vigiar p nao julgarmos o espirito que esta revelando através da vida de um irmão.,pq seria fazer o mesmo que os fariseus!!!

        Responder
      • Lucia disse:

        Amado André Sanchez. A soberba, não seria o pecado contra o espirito santo que não é perdoado? não foi o mesmo pecado que satanás praticou? Querer ser maior que Deus!

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Creio que não. Mesmo os soberbos podem se converter e são perdoados.

          Responder
          • antonio disse:

            Amado perdão se me licença.
            Se bem entendi a belesfemia e ter a continuidade de não aceitar a presencia do Espírito Santo e morrer sem quer aceitar o Espírito mas desde que ele o aceite o passado nunca houve blesfemia certo ou terei errado,?

          • André Sanchez disse:

            Antonio, veja, se o pecado é imperdoável, logo, a pessoa nunca chegará ao arrependimento. Sendo assim me parece óbvio que se uma pessoa se entrega verdadeiramente a Jesus não pode ter cometido esse pecado anteriormente.

      • souza disse:

        Ou atribuir a obra do Espírito Santo ao maligno, e sustentar esta afirmação sem arrependimento como por exemplo fazem os batista tradicionais com nos pentecostais, dizem que a manifestação do Espírito Santo é do diabo!

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Souza, só Deus para julgar, né?! Se as manifestações foremo contrárias a Bíblia Sagrada eles estão certos. Infelizmente algumas manifestações que hoje se diz que são do Espírito Santo não o são.

          Responder
          • Bernardo Andrade disse:

            Bom, Andres, com uns 9 ou 8 anos (hoje tenho 12) eu xinguei Jesus e Deus, e na epoca eu n entendia muito de religiao, tanto que nem sabia a diferenca do senhor Jesus para Deus. Era porque meus pais brigavam comigo e eu achava que era culpa deJesus ou Deus, ai eu falava chorando: Vai tomar no… Ai falava o nome, nao sabia nem o q significavam, fiz isso num dia e no dia seguinte fiz denovo. Sera que tenho perdao ? Estou mto arrependido e desesperado. Deus te abencoe , me ajude !!

          • Bernardo Andrade disse:

            Eu nao sabia nem o que significavam os palavroes. Eu ja sabia que deviamos respeitar, mas eu n sabia a diferenca de Deus e Jesus e n sabia o significado dos palavroes ! Me ajuda pfv !!!!

      • mateus disse:

        a paz irmao..pensamentos passageiros sao blasfemeas?eu cego pelo espirito cheguei a pensar ate em voz alta q Jesus era gay..me arrependi e me aliviei qnd li isso..e ontem eu estava cochilando e me veio pensamentos que eu sabia que seriam ruins por exemplo satanas soprando em minha mente ou minha conciencia me acusando e eu consegui acordar antes que satanas soprasse coisas ruins a minha mente enquanto eu estivesse indefeso,me arrependi muito ainda assim mas por ser pela segunda vez foi ainda pior..poxa me arrependi 2 vezes entao nem foi arrrependimento correto da primeira vez ne?situaçao ruim

        Responder
        • Alan disse:

          Ontem a noite eu dormi pensando em Jesus e me acordei chamando o nome dele. No dia anterior, eu dormi pedindo que o espirito santo imflamse seu amor em mim, pois eu tava vivendo em muita angustia pensando que tinha blasfemado, pelo menos que talvez eu tivesse. E me acordei chamando o espirito santo. Eu tenho a impresão que era Deus velando o meu sono.

          Responder
    • Josemar Ferreira disse:

      O problema é se fosse ao contrário, se você atribuisse a obra do Espírito Santo ao maligno, e é isso que é a blasfêmia contra o Espírito Santo, quando Deus está operando e alguém diz que é o outro lado. Jesus te abençoe.

      Responder
    • Cínthia disse:

      Assista a pregação “o medo e suas consequências e você percebera que é normal do medo e do desconhecido cometermos tal equívoco. E acalme o seu coração!

      Responder
    • Mayk johnnys de Sousa Araújo disse:

      É mais ou menos isso.

      Responder
  • Matheus disse:

    Saudações amigos…Creio que ela quis se referir o contrário se não me equivoco, Obras de bem (expulsar demônios, curar) operadas pelo Espirito Santo, porem pelo poder do máligno, Assim como referencia do texto
    “Ele expulsa demônios por Belzebu”.
    Se estiver equivocado Jacqueline, me perdoe.
    Creio que até mesmo esse pecado também tenha perdão, concordo plenamente com vc André, o único pecado impossível a Deus perdoar, seria a negativa constante a ação (arrependimento e mudança) do Espírito Santo.
    Graça e Paz.

    Responder
  • Douglas Inhaia disse:

    André Sanches, creio que a Jaqueline se refere ao fato de os fariseus atribuírem uma obra do Espirito Santo ao Maligno. No caso, a definição da palavra Blasfemia é “ofender com plalavras; insulto verbal” e os fariseus, na minha visão do ocorrido, tentaram atingir as obras do Espirito Santo, difamando o mesmo e o chamando de Belzebu. Sendo assim a Blasfemia contra o Espirito Santo não seria então um insulto intencional e maldizente?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Douglas, até podemos considerar isso, mas como explicaríamos, por exemplo, a conversão de um satanista ao evangelho? Entende? É difícil crer que esse pecado se trate de apenas uma ofensa específica.

      Responder
      • Lilian disse:

        O satanista não atribui obras do espirito santo ao demônio, ele atribui suas próprias obras ao demônio, vejo de maneira bem diferente as da situação retratada por Jesus e os fariseus, os fariseus não eram satanistas ai que está o problema, eram religiosos mas seguiam a lei de Deus. No caso dos satanistas estão na incredulidade e no erro sim, mas sabem que assim como existe o diabo, existe Deus, só não o servem. São distintos.

        Responder
      • izaias de sousa silva junior disse:

        Que a paz do nosso senhor esteja em vossos coraçoes a palavra Deus nos fala que Deus e iresistivel quando ele te chama . a meu irmao ninguem resiste o teu amor basta o arrepender dos males . cristo esta pronto a salvar ele e deus e criador de tudo e tem poder pra tudo converte ate o incredulo esta na biblia levanta o morto e opera maravilha ao que cré!!!

        Responder
  • sergio disse:

    eu antes de me converter, nao conhecia a paavra realmente , nao acreditava em deus, mas isto e blasfemia?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Não. Se fosse você permaneceria na incredulidade e nunca chegaria a se converter.

      Responder
  • sandra disse:

    o que eu entendi, é quando acontece algo na vida da gente que vem da provisão de Deus, e aí colocamos ou até mesmo falamos que o Espirito Santo não faria tal coisa, onde todos nós temos a convicção que foi o Espirito Santo quem fez, logo imagino que automaticamente estou duvidando do poder do Espirito Santo na minha vida, e então estou blasfemando contra o Espirito Santo, ou melhor desagradando a Deus, e é isso que Ele não perdoa.

    Responder
  • paulo disse:

    bem colocado . muito bem e em primeira joao 1.9 diz q se confesarmos nossos pecados ele é fiel e justo para perdoar nossos pecados e nos purificar de toda injustiça , entao nao seria uma contradiçao ? pois é jesus nao é contraditorio se arrependa e seus pecados serao perdoados

    Responder
  • WALTER HAAKE disse:

    O andre esplica muito corretamente…pecar contra o espirito santo seria não aceitá-lo, sempre se manter rebelde…Paulo perseguia e matava cristãos, mas pelo amor de DEUS foi salvo…Um dos ladrões crucificados junto com CRISTO foi salvo…ele nunca fez nada que agradasse a DEUS, só que fez o principal – Ele creeu no nome de JESUS, ele aceitou a jesus como seu salvador. DEUS quer resgatar a todos, a quem criou com amor e se desviaram…Porem para aquele que se volta pra ELE e cre no nome de jesus e o aceita em sua vida…É SALVO

    Responder
  • Breno silva disse:

    Vemos no livro de (Mateus 12:24). Os fariseus dizendo que Jesus expulsa demônios por belzebu, alegando que Jesus estava sendo usado por um espírito imundo, logo mais a frente no versículo 31-32, Jesus dizendo sobre o não perdão para aqueles que blasfemaram contra o espírito santo,mais o que seria essa blasfêmia realmente que Jesus fala aqui? , se só ficarmos presos nesses 3 versículos chegamos a conclusão de que a blasfêmia contra o E.santo é atribuir o que é de deus ao diabo, o que é uma conclusão totalmente equivocada sobre o que é realmente a blasfêmia, o que ele disse foi somente um aviso “olha cuidado com isso” eu poderia citar vários versículos que diz que se cremos seremos salvos e etc. ou aqueles que estão em cristo Jesus nenhuma condenação á(isso porque crêem que Jesus é o único salvador) então eu pergunto se uma pessoa que esta em cristo, atribuir uma coisa de deus ao diabo ela esta condenada? Perdeu a salvação? , outro ponto é se Jesus tivesse mesmo dito que os fariseus tivessem blasfemado contra o E.santo naquele momento eu pergunto de novo ué o próprio Paulo era fariseu a bíblia nos diz que ele perseguia, matava, prendia, e obrigava os cristãos da época a blasfemar, podemos encontrar isso em (atos 22:19;26:11), encontramos também em (1 timoteo 1:13) que o próprio Paulo era blasfemo, mais perai ai pra blasfemar você precisa conhecer então a blasfêmia dos fariseus era conhecer a lei saber das promessas da vinda do messias e quando ele veio eles não aceitarão aquele messias, rejeitam a cristo, essa foi a blasfêmia contra o filho, e por isso o próprio Paulo teve perdão, tanto que se tornou apostolo, a mesma causa acontece com o espírito santo, quando Jesus subiu aos céus ele disse “rogarei ao pai que mande o consolador o E.santo…”, continuando a leitura desse versículo Jesus confirma que o espírito santo testificaria a todos sobre o seu evangelho e como ele é a ultima testemunha do seu evangelho, o ultimo meio de salvação, a sua rejeição não teria mais perdão, a ultima chance do ser humano reconhecer Jesus como seu salvador, Depois que Jesus deixou a terra, o Espírito Santo veio para revelar a mensagem final da salvação. Para aqueles que a recusam e se voltam contra o Espírito Santo, Deus não tem nenhum outro plano. Não há outro sacri-fício pelo pecado (Hebreus 10:26-31). Aqueles cujo estado endurecido faz com que recusem o rogo final de Deus, nunca serão perdoados. Esta é a blasfêmia contra o Espírito Santo
    Conclusão: blasfêmia contra o espírito santo é rejeição da graça, rejeição do E.santo, rejeição do perdão de deus e para você conseguir isso tal façanha, você precisa ser do evangelho e mesmo conhecendo ele, ter experimentado o E.santo que vem em nome de Jesus testifica o evangelho, e você não querer mais ele, você esta perdendo o único meio de salvação uma pessoa que faz isso é comparada ao pecado lusiferiano original ao qual sabia da soberania de deus, e que nada poderia ser maior que deus, rejeitou a deus. E não tem perdão porque é o único ser que nos protege e nos encina do pecado, não estar mais conosco. Isso é a verdadeira blasfêmia C/ o E.santo.

    Responder
    • Rodrigo de Assis Passos disse:

      Gostei Breno Silva, seu comentário foi totalmente pertinente com minha linha de pensamento e junto com texto principal de André Sanches me ajudaram muito !

      Responder
  • Roseni da silva sanches disse:

    muito inteligente amei apaz para todos

    Responder
  • Cléber disse:

    Parabéns pelo site Irmão André
    Deus o abençoe grandemente!

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Obrigado por ler, Cléber!

      Responder
  • Walter Prince disse:

    Não crer na Obra de Salvação,não se arrepender não terá aceitação por DEUS pois é escritural a Palavra que diz “só há um intercessor entre DEUS e os homens JESUS CRISTO Homem” e se completa “tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome ele concedera” portanto quem clamar misericórdia a mesma alcançará pois também escrito esta “A misericórdia de DEUS triunfa no juízo”. Para tal compreende-se que na loucura da FÉ (loucura para o mundo) que é sabedoria para DEUS que o mundo vive debaixo do julgo do pecado que é morte em si na sua própria concepção, então o mundo não comete pecado ele vive no pecado.Quem comete pecado é o cristão que livre dos grilhões da morte vacila na sua vocação se deixando levar pelo seu lado humano esquecendo da natureza Divina macula (peca contra sua própria alma).Mas ainda não é pecado para morte pois ele tem o recurso da regeneração em CRISTO JESUS através do arrependimento que gera a vida mas na falta dele gera a morte,de falta em falta (uma treva chama outra treva uma luz chama outra luz)inevitavelmente se chocará contra a doutrina de CRISTO e escrito esta que ele é a pedra principal posta na esquina quem contra ela se chocar será destruído pois se levantou contra a Palavra que ele pregou ou seja deu com os ombros, aviltou,fez pouco caso não deu importância,etc, o mesmo que blasfemar contra o Espirito Santo que é pecado de morte.
    Então o segredo da vida é humildade,só com ela cumpriremos o ensinamento de CRISTO 70 vezes sete ao seu irmão perdoa,mas também da mesma forma ter humildade para pedir perdão e nunca perder a capacidade de arrependimento desta forma por FÉ haverá desde já a garantia da Vida Eterna e nesta vida ainda que por algumas tribulações que por ela possuís a Vida Eterna haverá sempre de DEUS uma Benção nesta vida terrena pois ele protege os seus.
    DEUS vos Abençoe
    AMÉM!

    Responder
  • Oseas Salles disse:

    Entendo que blasfêmia contra o ES., dentro do contexto de Mateus, seria uma resistência deliberada às obras de Deus por alguém que conhece a palava de Deus ou que já tenha experimentado de sua graça salvadora. Não se aplicaria aos descrentes, pois eles são ignorantes e Deus não leva em conta esse tempo.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Oseas, se alguém foi alcançado pela graça salvadora de Deus, logo, não pode cair dessa graça.

      Responder
      • severino disse:

        severino,, gostei muito André,, seria bom que tivesse mais gente assim como vc

        a respeito de cair da graça, todos nós estamos sujeitos a cair,, em hebreus cp:6:4
        que diz: porque é impossível que os que já uma vez foram iluminados, e provaram o dom celestial, e se tornaram participantes do espirito santo,,vers 5: e provaram a boa palavra de Deus, e as virtudes do século futuro,,,vers 6: e recairam, sejam outra vez renovados para arrependimento: pois assim quando a eles, de novo crucificam o filho de Deus, e o expõem ao vitupério,,,em outro livro paulo diz aos judeus convertidos,, se vocês acham que são obrigado a guardar toda a lei, da graça tens caído, afastados estais de cristo..

        Responder
      • Wilson Flávio disse:

        Irmão André,segundo o apóstolo Paulo,é possível cair da graça sim!!!;Gálatas Capítulo 5 versículo 3 e 4 (dentro do contexto),um abraço!!!

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Segundo Jesus Cristo não: “Jo 10:27-28: As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão.”

          Ou Jesus está errado ou você está interpretando o que Paulo disse de forma errada.

          Responder
          • Rayane disse:

            De Qualquer Maneira Jesus Cristo NUNCA estaria Errado…

  • LUIS CARLOS DA SILVA disse:

    Estes dois versos abrem o horizonte de compreensão dos pecados que podem e que não podem ser perdoados. O pecado imperdoável é testemunhar as obras e evidências de Deus e considerá-las como algo do demônio. É rejeitar as evidências claras do poder de Deus, considerando-as como obras de Satanás. Para este pecado não há perdão. “Se fosseis cegos”, disse Jesus, “não teríes pecado algum”. Isto significa que se não houvesse evidências visíveis do poder de Deus, a incredulidade da liderança judaica poderia ser justificável, pois neste caso tratar-se-ia de um pecado apenas contra o Filho do homem. Jesus complementa: “Porque agora dizeis: Nós vemos, subsiste o vosso pecado”.
    LUIS CARLOS – SILVES – AM

    Responder
  • Lully disse:

    A evidência era clara de que Jesus curara aquele homem endemoninhado. Os escribas e os fariseus sabiam que não podiam contestar a realidade deste, bem como de outros milagres de Jesus. Assim, para desacreditar Jesus, disseram ao povo: “Este não expulsa os demônios senão por meio de Belzebu, o governante dos demônios.”
    Conhecendo o pensamento deles, Jesus chamou a si os escribas e os fariseus e disse: “Todo reino dividido contra si mesmo cai em desolação, e toda cidade ou casa dividida contra si mesma não permanece. Do mesmo modo, se Satanás expulsa a Satanás, ele ficou dividido contra si mesmo; como permanecerá então o seu reino?”
    Que devastadora lógica! Visto que os fariseus afirmavam que alguns das suas próprias fileiras haviam expulsado demônios. Jesus perguntou também: “Se eu expulso os demônios por meio de Belzebu, por meio de quem os expulsam os vossos filhos?” Em outras palavras, a acusação que faziam a Jesus podia muito bem ser aplicada também a estes. Daí, Jesus advertiu: “Mas, se é por meio do espírito de Deus que eu expulso os demônios, o reino de Deus vos tem realmente alcançado.”
    Portanto, pecar contra o espírito Santo de Deus, é ter certeza de algo ou coisa que Deus pode fazer…e mesmo assim dizer ao contrario, negar, com a clara intenção de fazer pessoas desacreditar de tais obras.

    Responder
  • Rodrigo disse:

    Amigo André Sanchez, estou passando por um momento estranho. Aconteceram algumas coisas há umas três semanas, depois disso senti que Deus estava longe. Hoje pensei estar melhor, falei com Deus e pedi uma confirmação. Então fui várias vezes até a bíblia e só recebi más respostas. Uma delas foi “não tem cura para você”.
    Já estava desesperado, agora então fiquei ainda mais.
    Semanas atrás eu questionei Deus em algumas coisas, depois de ter conversado com um ateu pela internet. Perdi um pouco a fé, lutei pra recuperá-la, pensei que tivesse conseguido, mas caí novamente.
    Sinto Deus longe de mim e não consigo pensar nele sem desanimar. Preciso voltar, quero estar perto de Deus.
    Se não pequei contra o Espírito Santo, por que eu só recebi versículos com respostas desagradáveis quando busquei alguma resposta de Deus? Será que Deus não me aceitará devolta?

    Quero conversar contigo sobre algumas coisas que aconteceram e sobre como me sinto distante. Fiz um longo texto explicando o que aconteceu e como me sinto. Gostaria de manter um diálogo contigo até resolver essa situação. Pode me ajudar? Por alguns motivos eu prefiro não falar sobre isso com o pessoal daqui.
    Tem um email pelo qual podemos conversar?

    Responder
  • adson disse:

    é possivel cometer este pecado em pensamento ??

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Sim, já que o pecado sempre começa na mente.

      Responder
  • flavio disse:

    Você acredita que a humanidade é pre destinada?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Pré-destinada a quê?

      Responder
    • Paulo Henrique Luiz disse:

      Querido Flávio,desculpe.Paz.
      Basta perguntar primeiro:Quem salva?Deus ou a decisão da pessoa?Quando algo bom acontece em tua vida,vc agradece a vc mesmo ou a quem? Se agradece a Deus,vc faz isso por quê,se vc tomou certas decisões pra acontecer?Vc não acha que a Bíblia deixa claro que a humanidade escolheu com Adão o seu destino? Que ,somente Deus intervindo, é que pode haver salvação pra alguns?
      Sei que Deus predestinou,elegeu,chamou,justificou os seus.Isso a Palavra deixa claro.
      Deus abençoe!
      Abraço.
      Paulo

      Responder
  • Eci Meira disse:

    Muito bem explicado! Que Deus continue te iluminando. Graça e paz a todos.

    Responder
  • pb reginaldo goncalves disse:

    a paz do senhor querido irmão André, que Deus possa cada vez mais acha graça em ti, muito bom existem milhares de pessoas com essa duvida. parabéns, que Deus te abençoe em nome de jesus!!!!!!!!!!!!!!!

    Responder
  • LUIZ PAULO disse:

    A PAZ DO SENHOR! É CERTO DIZER QUE, QUANDO UMA PESSOA PROFERE UMA PALAVRA CONTRA O ESPIRITO MAIS LOGO VOLTA ATRAS DO QUE ELA DISSE, ARREPENDIDA ELA É PERDOADA?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Luiz, se houve arrependimento sincero é porque ela não cometeu o pecado imperdoável.

      Responder
  • rogerio disse:

    andre obrigado por essa esplicaçao imao ke DEUS te abençoe mais do ke vc ja e abraços

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Obrigado, Rogério!

      Responder
  • james disse:

    louvado seja Deus por sua vida meu irmão.

    Responder
  • Filipe Francisco Malendza disse:

    A bíblia diz que todo o Homem é pecador. Então para nos livrarmos desse pecado temos que buscar a santidade dia pois dia, essa é que deve ser a batalha do crente. Por isso que a vida de um cristã não é fácil por causa da luta entre a carne e o Espírito. Que Deus abençoe a todos e ao caro irmão André Sanchez pelas explicações que nos tem dado que Deus ilumine continuamente a sua mente irmão.

    Responder
  • Marlon Vinícius disse:

    Fiquei muito aliviado em ler isso, achei(nem tinha certeza) que tinha cometido esse pecado e que não teria mais perdão e o pior é que parece que o inimigo sabia dessa preocupação minha pra me torturar ainda mais, ele faz questão que eu me lembre disso todo dia e ainda me perturba, não so com isso, mas tambem tentando me convencer que Deus não existe e que não existe salvação, por isso eu peço que orem por mim, estou firme na igreja, oro todos os dias, jejuo, estou deixando tudo que eu acho errado, todo pecado, mas ta difícil, o inimigo não larga do meu pé, as vezes eu estou na igreja, e começa a bater uma duvida sobre tudo o que o pastor fala, bate uma incredulidade que muitas vezes é mais forte do que eu, é a chamada “incredulidade involuntaria”(pesquisem se não sabem o que é) por isso eu peço irmãos, orem por mim.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Marlon, entregue tudo a Jesus e descanse nele.

      Responder
  • evandrosantos disse:

    André Sanchez como faço para eu mandar estas esplicaçoes a alguem

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Evandro, se quiser copiar o texto e enviar por email pode fazer. Também pode recomendar pelas redes sociais nesses botões no final do texto.

      Responder
  • luiz disse:

    to com muito medo acho que blasfemei, to com muito medo,triste eh pensativo eh horando toda hora eh arrependido ,eh naum para de vir esses pensamentos da minha cabeça de falar mal do ESPIRITO SANTO..

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Luiz, o arrependimento e próprio medo que você está sentindo é evidência de que você não cometeu esse pecado.

      Responder
      • Débora candido de oliveira disse:

        ESTOU AQUI PEDINDO AJUDA TB , NAO TENHO PAZ MAIS DE TANTO MEDO DE TER PECADO ASSIM , E PARECE Q DEUS ESTÁ LONGE DE MIM … ME AJUDE POR FAVOR

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Débora, vá até Deus em oração e busque a paz, peça perdão por aquilo que fez de errado e ele te perdoará

          Responder
    • Marlon disse:

      Luiz, vai passar, ja passei por isso, entregue a Deus(diga tudo a ele) e confie, vai passar! força irmão!, fica firme!

      Responder
    • Carlos disse:

      a Paz Luiz..,!nao ha problema que Deus nao possa resolver,peca a Ele entao (libertacao),porque nao e algo Tao simples assim o que esta acontecendo,procure ajuda de um servo de Deus para pear junto com voce e expulssar esses pensamentos que o inimigo tem lancado sob sua vida..,tenho certeza que Deus trara a Paz de Volta ao seu coracao..,Deus te abencoe meu irmao!!

      Responder
      • Josemar Ferreira disse:

        A blasfêmia contra o Espírito Santo é quando Deus está fazendo ou falando/realizando algo através do vaso Dele e alguém diz que é o diabo que está fazendo. Pois está no próprio texto quando Jesus expulsava os demônios e aqueles homens diziam que Ele expulsava por belzebu. Quantos pessoas e até mesmo os crentes correm este risco, Deus usa o vaso pra falar, revelar, corrigir e muitos dizem que não é Deus, e sim, o diabo na vida da pessoa. Vigiemos porque muitas vezes não estamos ligados no trono e não conseguimos ouvir a voz de Deus, e podemos dizer que não é Ele que está usando o vaso, e Deus pode classificar esse pecado como blasfêmia. Deus abençoe a todos.

        Responder
  • luiz disse:

    eu amo demais JESUS CRISTO.. eu disse DEUS eu não quero perde minha salvação, eh pergunto pq esses pensamentos veio pra mim pq, eu penso até qee DEUS tirou oh ESPIRITO SANTO de mim..

    Responder
  • bruna wesllany disse:

    se eu posta tipo uma foto como se fosse deus e nala tivesse escrito se vc cre nele compartilhe tem alguma coisas??

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Bruna, se o texto da foto não ferir aquilo que está escrito na Palavra de Deus não vejo problema

      Responder
  • Alessandra disse:

    Muito esclarecedor!!!! Saber interpretar é tudo de bom!!!!!
    Valeu André.

    Responder
  • Breno Silva disse:

    Blasfemar contra o Espirito santo, Podia ficar o dia todo escrevendo aqui, explicando cada detalhe do meu ponto de vista, mais vou resumir, Rejeição da Graça constitui a blasfêmia contra o E.santo, Deus não Perdoa quem não quer ser perdoado, Tamanha dureza no Coração leva a pessoa a Rejeitar a Cristo como o Senhor e salvador, Vamos por Exemplo: Caifás, Ele diz assim, ele esta fazendo sinais que nos não podemos negar, Temos que matá-lo, então esse sim foi um modelo real da verdadeira blasfêmia contra o E.santo, Ele reconheceu a cristo e mesmo assim Rejeitou, Outro modelo clássico é a do próprio Diabo, Ele Conhecia a Deus, Vivia com Deus, e Mesmo assim, com tamanha dureza no coração se Voltou contra Deus…! Então pra blasfemar contra o E.santo é muito Difícil Você precisa ser comprado ao estado luciferiano original, tamanha dureza de coração de conhecer a Deus, o reconhecer como Deus, e salvador, como o único meio de salvação e mesmo assim o Rejeitar…! e era oque os fariseus estavam fazendo na época…! eles não tinham como negar mais, mais por amor politico o rejeitaram e o mataram!

    Responder
    • severino disse:

      severino, 05/10/2013,, eu concordo em parte, porque o mesmo Deus amolece o coração e o mesmo que endurece o coração,, e em parte Jesus diz Deus endureceu-lés o coração para não se convertam e eu os cure..para que se cumprisse a profecia de Isaías..

      Responder
  • luiz disse:

    blasfemei contra o maravilhoso ESPIRITO SANTO to muito triste pensativo eh chorando muito eh fico pensando das pessoas ir na 1 primeiro arrebatamento eh eu ficar eu tenho medo ..

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Luiz, se você está tão triste com o pecado que cometeu é porque não blasfemou contra o Espírito Santo. Isso que você está sentindo é indício de arrependimento. Se coloque na presença de Deus peça perdão e restaure sua comunhão com o Senhor!

      Responder
  • Bruno disse:

    Alguém me ajude! Eu tenho uma voz que fica na minha mente chingando Deus, sendo que eu nunca falaria mal dele. Eu amo ele, e essa voz esta atrapalhando minha vida.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Bruno, ore ao Senhor e peça que te livre disso.

      Responder
    • hallyson disse:

      Bruno isso provavelmente é toc

      Responder
  • Bernardo disse:

    Ee tambem esculto essa voz na minha mente.me acusando de uma coisa que eu jemas faria.

    Responder
  • Lilyth disse:

    Pastor, pasto ! me ajuda! por favor, desde que eu comecei a frequentar a igreja novamente, por que eu era afastada, vem pensamentos malignos na minha mente, de blasfêmia e chingamentos contra o espirito santo, mas logo eu repreendo em nome do senhor jesus, por que eu não aceito isso na minha mente. mas so que o diabo é tão sujo que ele faz paracer como se fossem os meus, só que eu sei que não sou eu por que é como se a minha mente estivesse pensando contra a minha vontate.. Me ajuda, eu to pecando contra o espirito santo? e se for eu tenho salvação? já cheguei a pedir perdao a deus por ser fraca e permitir isso, mas acontece que é contra a minha vontade e eu não sei o que fazer, por que isso vem na minha mente 24H por dia!!!! me ajuda!!!

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Lilyth, essa luta que você sitou já é um indício de que você não cometeu esse pecado. Ser tentado todos somos, mas temos que resistir.

      Responder
    • hallyson disse:

      Isso é uma doença chamada transtorno obsessivo compulsivo, ore a Deus, e procure um psicólogo porquê tem tratamento.

      Responder
  • Mathews disse:

    Olá André !

    Se possível, por favor me responda.

    Hoje na TV, vi o Apostolo Valdomiro Santiago falando, que se a pessoa blasfêmia contra o Espírito Santo, a sua salvação esta condenada, nunca mais terá perdão. O que pode me dizer sobre isso ?

    Obrigado.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Mathews, se uma pessoa é salva de verdade nunca perderá a salvação. Somente os incrédulos podem cometer esse pecado.

      Responder
      • Mathews disse:

        E como seria uma pessoa salva de verdade ? E se essa pessoa salva de verdade, cometer este pecado, perdeu seu salvação por toda eternidade ?

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Matews, o salvo nunca cometerá esse pecado já que a Bíblia é clara dizendo que não perdemos a salvação.

          Responder
          • Mathews disse:

            Ultima pergunta, se uma pessoa que vive nos caminhos do Senhor Jesus, cometer esse pecado mentalmente, ela esta condenada ?

          • André Sanchez disse:

            Se essa pessoa vive verdadeiramente nos caminhos do Senhor e é serva de Deus nunca vai cometer esse pecado especificamente.

        • Breno Silva disse:

          Gente ninguém blasfema contra o E.santo sem querer não, ela tem que esta consciente e ciente do que esta fazendo, ela tem que querer e muito…! já vi muitos falarem aqui, eu blasfemei em minha menti, e tal…!
          Entenda oque é a blasfêmia contra o E.santo primeiro, blasfemar contra o e.santo, não é você fazer piadas dele, não é você atribuir a obra dele ao diabo…!

          Rejeição da Graça constitui a blasfêmia contra o E.santo, Deus não Perdoa quem não quer ser perdoado, Tamanha dureza no Coração leva a pessoa a Rejeitar a Cristo como o Senhor e salvador, Vamos por Exemplo: Caifás, Ele diz assim, ”ele esta fazendo sinais que nos não podemos negar, Temos que matá-lo”, então esse sim foi um modelo real da verdadeira blasfêmia contra o E.santo, Ele reconheceu a cristo e mesmo assim Rejeitou, Outro modelo clássico é a do próprio Diabo, Ele Conhecia a Deus, Vivia com Deus, e Mesmo assim, com tamanha dureza no coração se Voltou contra Deus…! Então pra blasfemar contra o E.santo é muito Difícil Você precisa ser comprado ao estado luciferiano original, tamanha dureza de coração de conhecer a Deus, o reconhecer como Deus, e salvador, como o único meio de salvação e mesmo assim o Rejeitar…! e era oque os fariseus estavam fazendo na época…! eles não tinham como negar mais, mais por amor politico o rejeitaram e o mataram!

          Responder
  • Mathews disse:

    Mas se a pessoa comete sem querer este pecado mentalmente ? A mente é uma das coisas mais veloz do Mundo.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Mathews, é o que já expliquei no texto. Esse pecado é algo consciente, que a pessoa comete e não sente arrependimento. Não tem como cometer sem querer.

      Responder
      • Mathews disse:

        Nunca xinguei ou falei mal de Deus, Jesus, Espírito Santo, se viver segundo ao agrado de Deus, tenho salvação ?

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Você tem a salvação se se arrepender e crer em Jesus Cristo

          Responder
          • MATHEWS disse:

            Existe blasfêmia mental ?

          • André Sanchez disse:

            Existe. O pecado sempre começa na mente

  • Gabriel de Souza Soares disse:

    Falar coisas como – Que dia desgraçado, que chuva idiota, essas coisa podem ser uma blasfêmia, ? O que eu aprendi, é que blasfêmia contra Deus pode ser perdoado, blasfêmia contra Jesus pode tbn agora blasfemia contra o espirito santo não tem perdão. esta certo essa afirmação se uma pessoa que desconfia de algumas situações e falar, olha eu creio em Deus mais isso ta parecendo que não esta certo, o cara expulsa demônios sem falar em nome de Jesus e tal, e falar que aquilo não é obra do espirito santo e sim do demônio, é blasfêmia tbn ?

    Responder
  • FELIPE CESAR disse:

    UM DIA EU ESTAVA NA IGREJA E SEM VER FALEI DO NADA O ESPIRITO SANTO N DEVERIA ISISTIR ISSO FOI UMA BLASF~EMIA ME AJUDEM ESTOU DESESPERADA POIS AMO A DEUS E O ESPIRITO SANTO!

    Responder
  • MATHEWS disse:

    As vezes tenho pensamentos do tipo blasfemia contra o Espírito Santo, mas não penso porque quero, eu não tenho mais salvação ? Deus conhece meu coração, e sabe de tudo.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Mathews, se você crê em Jesus não precisa se preocupar. Apenas lute contra essa tentação

      Responder
      • Mathews disse:

        Muito obrigado André, Deus te abençoe muito !

        Responder
  • _CH_ disse:

    Muito bom o estudo, mas a partir disso:
    O rei Saul pode ser considerado um exemplo de alguém que pecou contra o Espírito de Deus???
    No capítulo 15:30 de 1 Samuel seria isso um arrependimento da parte de Saul???

    Abraços!!!

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Saul foi convencido e não convertido. Não creio que ele tenha crido de verdade no Senhor. Os aparentes arrependimentos dele não foram verdadeiros

      Responder
  • suzana disse:

    boa noite. gostei muito desse seu site. porque vocé tira as duvidas mas mim desculpe a mas voce faz parte de qual ministerio?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Suzana, logo no final do artigo tem uma caixinha explicando sobre mim

      Responder
  • suzana disse:

    oi irmão a paz. e boa noite , como eu mim consagro eu tem muitas duvida sou nova convertida e tebho muitas curiosidade de aprende muito da palavra de Deus?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Suzana, busque a presença de Deus e fazer a vontade Dele. Esse é o caminho

      Responder
      • suzana disse:

        obigado irmão. eu ja busco muito a Deus mas vou busca ainda mas . que Deus lhe abençoe.

        Responder
  • suzana disse:

    bom dia, fumar e pecado?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Fumar é um vício sério. Em alguns casos penso que não seja pecado, mas uma doença séria a ser tratada

      Responder
      • suzana disse:

        bom dia irmão apaz do Senhor. quando tenho uma oportunidade na igreja de dar uma palavra eu queria muito saber fala sobre o que estou falando?

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Suzana, o segredo é estudar e muito a Bíblia

          Responder
  • Vinicius disse:

    André me tire uma duvida eu perguntei a uma moça se poderia blasfemar por pensamento ela disse que sim ai teve uma hora que ela me falou assim que uma moça cristã foi orar por outra cristã ai ela tava de cama mais ela tinha blasfemado a que estava doente.Mais na hora que a outra irmã foi horar Deus falou com ela que nao era pra Orar nao porque ele nao ia salvar a moça doente e a moça que tava doente disse pra outra que tinha pedido perdao por ter blasfemado

    Pronto:entao ate um cristão pode pedir perdao sendo que blasfemou
    Me explique esse negocio to confuso.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Vinícius, nem toda blasfêmia que cometemos é imperdoável, somente a blasfêmia contra o Espírito Santo, conforme expliquei no texto

      Responder
      • Filipe Malendza disse:

        Vinicius, para contribuir no que o André disse, o homem é um ser imperfeito e a nossa alma está nesse templo de carne que é muito fraca. Sendo assim em alguns momentos despertamos depois de cometer um erro mesmo sendo cristãos. Sendo assim temos sim que pedir perdão a Deus e vigiarmos para não voltarmos a cometer os mesmos erros e buscar cada dia que passa a santidade. Deus que abençoe.

        Responder
  • sandra pereira da silva disse:

    E se a pessoas blasfemou e se arrependeu de todo seu coração, ele mesmo assim não será perdoado?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Sandra, é justamente isso que não acontece. Se fez essa blasfêmia não irá se arrepender. Por isso disse que se houver arrependimento verdadeiro a pessoa não cometeu esse pecado

      Responder
  • Mts disse:

    Pensei sem querer, Espírito Santo não manda em mim, não tenho salvação ? =(

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Se você crer em Jesus e se arrepender de verdade será salvo sim.

      Responder
  • alex disse:

    parabens
    Andre

    Responder
  • Pambo disse:

    bgda pelo esclarecimento,, xtava com coração apertado… assim ja sei o que é blasfemar…

    Responder
  • Láyza Viana disse:

    Olá, tudo bem? vc poderia me esclarecer uma duvida Andre Sanchez?
    Eu fui catolica, com 11 anos fiz eucristia, poucas vezes ia igreja (obrigada pela minha familia), mas nao prestava atencao no que o padre falava. Depois de um tempo, nunca mais fui a igreja, e passei acreditar nas ilusões da ciencia, e nao mais acreditar no que o Criador existiria (mas no fundo acreditando que existiria). O principal detalhe é que eu nunca soube da Verdade.
    E hoje em dia com meu esposo eu me esforço ao maximo, estudando a biblia, e penso em futuramente aceitar Jesus. Porem é essa duvida que me aflinge: eu cometi o pecado eterno, em preferir ouvir a ciencia do que acreditar que Deus existe?
    Eu me sinto muito arrependida por ter pensado assim no passado, mas agora eu acredito com todas as forças no Espirito Santo! Acredito na Verdade!
    AMÉM

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Láyza, você não cometeu o pecado sem perdão. O arrependimento em seu coração é sinal claro disso. Siga sua vida com Jesus e jogue essa culpa fora.

      Responder
  • jovelino ferrnandes disse:

    Um tema, muito bom e compreénsivel,gostaria de dar uma pequena contribuiçao sob o tema. Quem nos fala ao nosso caraçao,qd fazemos algo bom ou ruim, éo espito santo .se fizermos algo contra a Deus,logo o espito santo nos adverte, de iqual modo contra o filho, o espito santo, tbm nos adverte. Deque cometemos algo contra o filho, agora contra o proprio espito santo nao tem q nos adverte pq esta funçao e exclusivamente dele,o espirito santo .nao existe dois orientador,apenas um, Jesus nao faz a funçao do espirito santo, de igual modo,Deus tambem nao faz a funçao do espito santo,entao vem a resposta. Quem fara a funçao de orientar, a pessoa deque errou contra o espirito santo? Nao tendo orientador da. A pessoa fica sem resposta,pq pecou contra o espirito,eo deixou triste.

    Responder
  • Alvares disse:

    Não existe pecado imperdoavel para aquele que se arrepende e pede perdão ?

    Responder
  • Nunes disse:

    A Paz do Senhor à todos!
    Mais uma vez sinto-me satisfeito com as informações aqui prestadas, como estou iniciando, os comentários que eu li me serviram muito.
    Deus abênçoe a todos.

    Responder
  • Sarah Ferraz disse:

    A alguns dias atras pensamentos contra o Espirito santo me atormentavam,fiquei quase louca de medo de ter pecado mas ai descobri que quem comete o tal pecado jamais se arrepende de te-lo feito,porém depois de um tempo eu comecei a sentir apertos no peito e quando vou a igreja eu n sinto Deus meu coração se endurece como pedra e eu n estou aguentando o fato de ter quase certeza que pequei contra ele,estou arrependida e se pudesse voltar atrás jamais faria de novo,n sinto mais Deus em mim e agora tanto faz na minha mente,não quero ir pro mundo e nem aproveitar as coisas dele pra depois ir pro inferno,já n aguento mais o sentimento de culpa e toda hora vem na minha mente que pequei,mas meu coração está tão endurecido que eu n consigo nem chorar e eu peço perdão mas logo n consigo pegar a biblia pra ler que me da uma coisa estranha e um aperto muito grande no peito que as vezes perco o ar! me ajude pastor!

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Sarah, você precisa deixar de se apoiar nos sentimentos e começar a se apoiar na fé. Se a Bíblia diz que quando nos arrependemos Deus nos perdoa, então, você deve crer nisso e não permitir que pensamentos contrários dominem sua mente.

      Responder
  • Daniel Silva de Almeida disse:

    Eu estava pesquisando sobre esse assunto na internet, e uma pessoa xingou o Espírito Santo. Aí eu li (não com a boca), eu blasfemei?

    Responder
  • Thiago disse:

    Pastor, tenho dificuldades na hora da comunhão com Deus … meu coração endureceu, e tenho ciência disso. Sabe, ajo com indiferença às pessoas que eu amo. Um dia liguei para minha namorada pedindo ajuda, mas meu coração estava tão petrificado ao falar com ela, eu não demonstrava nenhum sinal de amor, não era porque eu queria isso, disse à ela que iria parar de falar para não ocorrer o erro de magoá-la. Sinto-me como ma espécie de psicopata, não sinto nenhum tipo de sentimento. Eu não quero sentir isso.. Agora eu sinto na pele o que estar longe de Deus, pois Deus é amor, eu me preocupo com isso.. tudo que eu queria mais era estar novamente nos braços de Jesus. Prefiro a dor de ter cometido algum pecado a o não sentir.nada. Peço oração por isso.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Thiago, o único caminho é se humilhar na presença de Deus.

      Responder
  • lenin disse:

    Deus rei do mundo eu falei augo chiquei deus mas to arrenpendido foi sem querer eu tava falando com raiva ai saiu eu vou para inferno

    Responder
  • Gustavo Beraldo Miras disse:

    Bem na minha opinião é mais fácil todo mundo ganhar na loteria do que blasfemar contra o lindo e perfeito Espirito Santo de Deus ( ou de Cristo Jesus, pois Jesus afirma que ele está no pai e o pai está nele esta afirmação se deve devido o fato do batismo do Espirito Santo), bem voltando ao assunto eu declaro minha opinião devido o Espirito Santo ser o único ser exclusivo das igrejas pois qualquer um posta e produz assuntos e devidos a respeito de Deus e Jesus Cristo mais somente uma pessoa firma em alguma igreja tem o hábito de produzir argumentos e adorações ao Espirito Santo ou seja a pessoa quando ela conhece Jesus de fato e verdade ela passa a ama – lo de fato e verdade portanto passa também a amar o Espirito Santo de coração, mente e alma, e fica difícil amar e maliciar, sem falar qui um incrédulo fora de si, si chegar a maliciar o Espirito de Deus mais passado um tempo si converter e pedir perdão creio eu qui ainda sim ele sera perdoado por que estava inconsciente do fazia e se uma pessoa não tiver mais direito ao próprio Espirito de fato ela si converteriam, por que a alguns qui dizem não crerem nos milagres de Jesus, uma vez sabemos qui os milagres só são possíveis através do Espirito Santo e ainda sim elas si convertem e são perdoadas e muitas são até cheias da presença de Deus. Atualmente apenas o Espirito Santo pode fazer mudanças realmente clara e significativas na vida de uma pessoa hoje, a quem diz qui os milagres qui Jesus fazia atrás hoje ele não faz mais, isso inconscientemente e inocentemente a pessoa está dizendo qui o Espirito qui a anos atrás fazia milagres através de Jesus não é capaz de mais operar milagres uma vez qui Jesus deixa claro qui receberas poder sobre vós quando receberes o Espirito Santo… ainda essa incredulidade ainda é perdoada, o que devemos tomar cuidado é com as armadilhas do Diabo, qui consegue ceifar muitos colocando na mente qui você não tem mais perdão, não existe uma solução para você e bla bla bla. Adeus e tchaw, me adicione ae no Facebook Gustavo Beraldo Miras (Franca – SP)…

    Responder
  • Nathalia disse:

    Pastor, eu não sei se os outros comentarios foram. mas estou escrevendo outro ara me certificar. Ah um tempo atrás, eu vi um video de pessoas na macumba se manifestando e eu pensei assim “parece o pessoal da minha igreja”( ou uma coisa do tipo) pelo fato da minha igreja ser pentecostal e outra vez foi quando perguntaram se eu estava gravida e eu disse “só se for pelo espirito santo”. Nunca tinha lido essa passagem na biblia e quando li, veio logo isso na minha mente e eu comecei a me deseperar isso já tem quase 1 ano, eu não aguento mais tanta dor e sofrimento, já não aguento mais chorar. queria que alguem me respondesse urgentemente. Hoje estou na igreja, caminhando aos poucos pq eu me afastei, mas voltei e me batizei no Espirito Santo.
    e tb vem uns pensamentos muuuito blasfemicos na minha mente, o que eu faço? não aguento mais isso. preciso de ajuda. Obrigado e fiquem com Deus.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Nathalia, se você se arrependeu e pediu perdão a Deus, creia que Ele te perdoou e siga sua vida em frente!

      Responder
  • Nathalia disse:

    Me respondam com urgencia POR FAVOR
    NÃO AGUENTO MAIS ESSE PESO NO CORAÇÃO, JA ME ARREPENDI VARIAS VEZES. POR FAVOR ME AJUDEM

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Nathalia, se você se arrependeu e pediu perdão a Deus, creia que Ele te perdoou e siga sua vida em frente!

      Responder
  • João Oliveira disse:

    A questão do pecado contra o Espírito Santo é mencionada por Cristo no contexto da cura de um endemoninhado cego e mudo (Mt 12:22-32; Mc 3:20-30). Essa cura levou “toda a multidão” que seguia a Jesus a indagar se não seria Ele, “porventura, o Filho de Davi”. Mas os fariseus, invejosos da popularidade de Jesus, contestaram: “Este não expele demônios senão pelo poder de Belzebu, maioral dos demônios” (Mt 12:23 e 24). É evidente que os fariseus atribuíam a Satanás a obra que o Espírito de Deus realizava através de Cristo.

    Para entender melhor o assunto, é preciso lembrar que uma das obras mais importantes do Espírito Santo é levar os seres humanos ao arrependimento dos seus pecados e à aceitação de Cristo como Salvador e Senhor. Mas essa obra acaba sendo neutralizada na vida daqueles que resistem persistentemente aos apelos do Espírito Santo. Assim, entristecem o Espírito Santo (Ef 4:30) e apagam a Sua influência sobre a consciência individual (I Ts 5:19). Com o coração endurecido pelo orgulho (Hb 3:7-15), perdem a sensibilidade espiritual e as percepções morais, e acabam formando uma escala de valores distorcida, na qual a obra do Espírito Santo é muitas vezes atribuída a Satanás e a de Satanás, ao Espírito Santo.

    Nas Escrituras encontramos vários casos de pessoas que pecaram contra o Espírito Santo. Por exemplo, Faraó, diante do qual Moisés e Arão realizaram grandes sinais e maravilhas, endureceu o seu coração a ponto de o Espírito de Deus não mais ter acesso a ele (Êx 5 a 12). Judas Iscariotes não permitiu, a despeito das advertências de Cristo (Mt 26:21-25), que o Espírito Santo o dissuadisse de trair o Mestre. Já Ananias e Safira mentiram ao Espírito Santo e foram punidos por isso (At 5:1-11). Sem dúvida, essas pessoas se perderam porque não permitiram que o Espírito Santo as levasse ao arrependimento.

    Por outro lado, a Bíblia menciona também alguns indivíduos que se afastaram de Deus e acabaram se arrependendo. Sansão, a respeito do qual é dito que “ele não sabia ainda que já o Senhor Se tinha retirado dele” (Jz 16:20), clamou depois e a sua oração foi atendida (Jz 16:28-30). Seu nome aparece entre os heróis da fé (Hb 11:32). Manassés foi talvez o pior rei hebreu, mas, após ser levado em cativeiro pelo exército assírio, ele se humilhou perante Deus e empreendeu uma significativa reforma religiosa em Judá (II Rs 21:1-18; II Cr 33:1-20). Esses exemplos revelam que mesmo casos aparentemente sem esperança podem ser revertidos, se a pessoa se humilhar perante Deus e clamar por socorro.

    O problema dos fariseus é que o orgulho e a auto-suficiência os haviam endurecido a ponto de não mais perceberem os milagres de Cristo como sinais operados “pelo Espírito de Deus” para evidenciar a chegada do “reino de Deus” (Mt 12:28). Como o arrependimento é a condição para o perdão dos pecados (At 2:38), eles jamais seriam perdoados enquanto continuassem atribuindo a Satanás a própria obra do Espírito Santo efetuada para levá-los ao arrependimento.

    Diante disso, podemos concluir que o pecado contra o Espírito Santo é jamais reconhecer os próprios erros. Enquanto a pessoa reconhece que está errada e que deve mudar, ela pode ter certeza de que não foi longe demais. Aqueles que indagam se por acaso não cometeram o pecado imperdoável demonstram por essa atitude que sua consciência não perdeu completamente a sensibilidade. Quando a pessoa não mais reconhece seus próprios erros, ela se encontra no caminho perigoso. Mesmo assim, não podemos perder a esperança. Experiências como as de Sansão e Manassés revelam que mesmo pessoas totalmente degeneradas podem voltar a Deus, se derem ao Espírito Santo a oportunidade de realizar a Sua obra regeneradora.

    Responder
  • lorena disse:

    Tive umas acusacoes de apostasia e blasfemia contra o Espirito Santo. Depois dessas acusacoes surgiram maus pensamentos involuntarios contra o Espirito Santo.. sinto -me presa a isto pq fica uma culpa enorme e um peso no coracao e na mente e uma tristeza profunda. Peço perdao a Jesus todos os dias. Mas sinto as coisas apertarem todos os dias principalmente na hora do sono. Por dentro fica uma certeza q pequei mesmo sem eu ter falado contra o Espirito Santo. Eu creio q Jesus eh o Filhode Deus. E na atuacao do Espirito Santo.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Lorena, o arrependimento é um forte indício de que você não cometeu esse pecado. Fique em paz

      Responder
  • Anonimo disse:

    André, eu acho que seria morrer sem o espirito santo, mas se todo o pecado começa na mente, e nossa mente é bombardeada por pensamentos então é provavelmente todos cometeram o pecado imperdoavel,por isso que eu acho que não é possivel cometer este pecado pela mente

    Responder
  • Mauricio de Souza disse:

    Quero dizer com simples palavras :
    Se voce nao tiver o conhecimento da biblia e blasfemar e depois tiver o conhecimento e pedir perdao Deus lhe perdoara. Por isso devemos ler a biblia que nos da o conhecomento do que é certo ou errado. A biblia é mais forte que tudo, pois, la estao as palavras de Deus que as pessoas duvidosas deveriam acreditar para serem perdoadas.amém !!!!

    Responder
  • diihs disse:

    Irmão estou com um serio problema e preciso de ajuda , a alguns dias atras eu tive um sonho onde alguém fazia algo de ruim em minha casa e eu repreendia essa pessoa . Quando foi ontem eu cheguei em casa e meus irmãos tinham ganhado presentes de uma amiga da minha mãe porem dizem que a mãe dessa moça mexe com coisas erradas sabe, a primeira coisa que veio na minha cabeça foi o sonho que eu tive em tão entrem no meu quarto e comecei a orar e repreender, mas depois que terminei a oração me veio uma tristeza eu pensei que aquela moça podia ter realmente trago aqueles presentes de coração em tão comecei a chorar e estou com muito medo de ter repreendido algo que veio como benção do Senhor. Estou muito mal e com muito medo de ter cometido este pecado, não fiz aquela oração por mal mas foi porque me lembrei do sonho, estou tão abatida que nem consigo comer ME AJUDE.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Diihs, se acha que errou peça perdão a Deus e siga em frente. Receba o presente, consagre ao Senhor e use. O diabo não tem poder sobre isso

      Responder
  • Felipe souza Carvalho disse:

    Oiii galera me adicionem aqui nesse Facebook https://www.facebook.com/felipe.guerreirodecristo?ref=ts&fref=ts Lá estarei conversando e tentando ajudar a vcs q passam por isso. Pois tbm já passei e O Nosso DEUS ele pode nos ajudar JESUS ele cura mesmo e pode te curar tbm.. DEUS nos usa apenas pela sua misericórdia creio q pelo poder do ESPIRITO SANTO ele fará o sobrenatural na tua vida tbm amém… melhorei bastante graças a DEUS ele está me curando aos poucos.. :D Creiam e entrem em contato comigo a reposta está na fé e na palavra de DEUS. Estarei os consolando como DEUS tem me consolado tbm amém..

    Responder
  • Gabriel Pasqualotto disse:

    Boa noite André!

    Gostaria de saber se mesmo depois de ter cometido esse pecado basta somente estar sinceramente arrpendido ou precisamos nos confessar na Igreja? Estou desesperado. Como posso ter certeza que vou mesmo ser perdoado.

    Atenciosamente,

    Gabriel

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Gabriel, a certeza está na Bíblia. Se você crê nela não precisa de mais certeza alguma.

      Responder
  • Ana disse:

    Você vê na igreja movimento estranho, e alguem vai até o pastor e diz ser usada por Deus, em seu impulso você fala que foi do maligno, seria blasfemia contra o Espirito Santo, se daí você se sente triste e entra em pânico achando que pecou, e que não terá perdão?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Ana, se houve arrependimento não foi o pecado imperdoável, já que ele faz com que a pessoa não se arrependa

      Responder
  • Rafa disse:

    André, parabéns pelo artigo e pelo seu belo trabalho. Gostaria de lhe perguntar se uma pessoa que se afastou de Deus e chegou a não acreditar em sua existência e na de Jesus, apoiando-se apenas na ciência e por muitas vezes tendo satirizado a palavra de Deus, pode ter cometido o pecado imperdoável. Se essa pessoa se arrepende de seu ateísmo e de sua postura indiferente e por vezes arrogante, pode ela se livrar do inferno? Obrigado.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Rafa, se em algum momento da vida dela ela se arrepender e crer em Cristo ela não cometeu o pecado imperdoável, pois se assim fosse ela não conseguiria se arrepender.

      Responder
      • Rafa disse:

        Obrigado por responder, amigo. Fico feliz em saber disso. Um abraço!

        Responder
  • felipe disse:

    Eu estava lendo sobre o pecado e ai tinham uma frase aonde algumas pessoas falava que espirito santo e filho do demonio…depois disso eu fiquei afirmando na minha mente..estou muito mal não consigo mais viver acho que pequei contra espirito santo afirmando isso…orro passa mais volta..e o estranho que coisas boas nos não pensamos ai vem essa frase e ficou na minha mente…e ainda o demonio vem na minha mente e acho que eu vou para o inferno por falar isso…eu creio na minha salvação mais isso me deixou desesperado

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Felipe, se você crê na sua salvação e crê verdadeiramente em Cristo você não perde a sua salvação. Apenas tome o controle de sua mente em nome de Jesus.

      Responder
      • Débora candido de oliveira disse:

        PRECISO DE AJUDA!

        Responder
  • marcia disse:

    Vi uma historia muita estranha aonde a pessoa passava a mao nas partes intimas e vinha pensamentos de Deus o diabo e tao sujo que e capaz de fazer isso ?? Eh isso tem perdao ? Obrigado e desculpa pela pergunta meia estranha

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Márcia, diante do arrependimento da pessoa tem perdão sim

      Responder
  • marcia disse:

    Ate a masturbação ?

    Responder
  • joel disse:

    Muito obrigado por este texto, pois me ajudou a esclarecer dúvidas cruéis. Conheço gente que achava que não ia para o céu, porque pensou algo feio sobre o Espírito Santo. Muito Obrigado!

    Responder
  • Kelvin Silva disse:

    André muito me alegor de saber disso pois por muitas vezes pensei que tivesse cometido esse pecado, um pastor amigo meu tinha me dado essa mesma explicação porém não tinha conseguido ser tão claro o quanto vc. Que Deus te abençõe imensamente e que continue te dando sabedoria para ensinar mais de Deus as pessoas. Forte Abraço.

    Responder
  • José Flausino Pereira de Moraes disse:

    Muitos milagres acontecem em Fátima, Lourdes e em Medjugorje, inclusive provados cientificamente. Muitos não acreditam em Nossa Senhora e dizem que esses milagres são feitos por meio dela, mas por Satanás (que se faz em anjo de luz). Quem afirma isso está pecando contra o Espírito Santo?

    Responder
  • José Flausino Pereira de Moraes disse:

    A mesma pergunta com correção:

    Muitos milagres acontecem em Fátima, Lourdes e em Medjugorje, inclusive provados cientificamente. Muitos não acreditam em Nossa Senhora e dizem que esses milagres não são feitos por meio dela, mas por Satanás (que se faz em anjo de luz). Quem afirma isso está pecando contra o Espírito Santo?

    Responder
  • Paulo Henrique disse:

    Ultimamente tenho tentado me arrepender pelos meus pecados, mas não consigo. Eu sei que o arrependimento deve ser sincero, vir do coração, mas eu não consigo. Sei que tenho que me humilhar para Deus, mas sou muito orgulhoso, não consigo de forma alguma me livrar do orgulho. Alguem poderia me ajudar, me dizer como resolver esse problema?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Paulo, arrependimento não é sentimento é decisão. Você precisa decidir racionalmente e impor a sua decisão a si mesmo

      Responder
      • gleyce disse:

        Mt obrigado estava com medo de ter pecado gravemente !!

        Responder
  • Cláudia disse:

    Pastor André, estou desesperada. Desde adolescente (hj tenho 42 anos)luto contra esses pensamentos e já entrei várias vezes em depressão. Estou novamente em depressão por conta desse assunto. Pastor, algo dentro de mim (não sei se sou eu mesma)está querendo a todo custo que eu rejeite a Graça de Cristo. Estou com muito medo de não aguentar. Não durmo direito, não consigo sentir o sabor dos alimentos. Estou com muito medo. Vivo pedindo oração aos outros irmãos. A vida para mim perdeu toda a graça. Pastor o que eu faço?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Cláudia, creio que isso que você descreveu não possa estar relacionado apenas com algo espiritual. Você pode estar sofrendo de síndrome do pânico ou depressão. Procure um médico e também entregue essa situação a Deus, pois ele vai te ajudar

      Responder
  • Bia disse:

    Muito obrigada me ajudou bastante,ótima explicação. Que Deus possa te abençoar!

    Responder
  • Cláudia disse:

    Obrigada pastor. Realmente estou em depressão, já estou me cuidando. Tem horas que eu consigo ler a Biblia, orar, mas tem hora que eu não quero escutar nada.

    Responder
  • maria disse:

    irmaos tem anos qnissenho pensando que blasfemei isso me tortura muito,mais Deus ja usou minha pastora e me disse que me mais carrego a Duvida como me ama se passo por isso tudo,certa vez adoeci passei quase um mes doente como se fosse doenca de angustia tenho receio de ler a biblia como se ela nao service mais pra me. mais sempre penso coisa feias sobre Deus eo. espirito mais eu amo Deus ore por mim aguento mais nao me ajude por favor

    Responder
  • douglas disse:

    pastor me ajude pfpfpfp se uma pessoa ta cheio de pensamentos blasfemeos e tal mais nao e ela isso vem na mente ai ela chega e fala assim sozinha perguntando a deus ou a si mesmo, ”sera que eu já rejeitei ” tipo ela esta blasfemando não né? so pergutando a deus ou com duvida né … estou com mt medo pastor pq na minha mente fica vários pensamentos assim… e eu falei assim ” sera que já rejeitei ” dai dps falei não né nunca iria fazer isso pq eu amo deus ele é maravilhoso nosso deus !!

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Douglas, se você ama a Deus, ponto final. Você não o rejeitou

      Responder
  • 08111977alex disse:

    O pecado contra o Espírito Santo, é algo feito com conhecimento de causa. Ex.: a pessoa está pecando, quer destruir toda fé em Jesus Cristo no mundo, sabe que o que faz é pecado, sabe que estas ideologias pagãs de socialismo e comunismo e ou mesmo a defesa de uma nova religião universal são uma mentira e quer enganar a todos pelo fato de que assim consegue dominar a muitos sabendo que isto é do inferno e não de Deus, e ainda assim, continua no erro sem arrepender-se. Conhecimento de causa, a pessoa tem que ter visto, estudado e conhecido profundamente a doutrina Cristã, até mesmo ter crido com fervor, mas por algum motivo, ela passa ao outro lado, e o resultado final é a própria negação eterna a Deus e a todos os seus chamados para a converção, a pessoa fecha seu coração a Deus.

    Responder
  • Fernanda disse:

    Eu comecei a fazer um voto pelo
    Espírito santo e parei so q agora toda
    Eu me sinto culpada e isso nao sai
    Da minha cabeça e eu nao consigo ter
    Paz principalmente quando eu vo na igreja na hora da busca eu nao consigo
    Me concentrar e fico sempre achando
    Q cometi o pecado imperdoável e fico
    Desesperada e eu fico assim o dia todo
    Eu cometi o pecado imperdoável ? Por q q eu não tenho paz

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Fernanda, quando você sente o desejo de se arrepender é porque não cometeu o pecado imperdoável, já que quem comete esse pecado não chega a arrepender-se

      Responder
  • Vanessa Liberato disse:

    Olá,queria tirar uma duvida mto grande, no inicio da minha conversão eu tive pensamentos blasfemicos terriveis antes e dps de saber q existia o pecado imperdoavel, infelizmente esse assunto eh algo complexo,muitos dizem coisas diferentes,uns dizem q salvo eh aquele q n fala,aqui como muitos blogs diz q pecado imperdoavel eh aquele q nega o perdão,q n sente arrependimento,outros dizem q n tem perdao q Deus n possa perdoar e etc.. Gera muitas , mas então,eu decide sair da igreja de vergonha e n me sentia digna de estar na casa de Deus e nem de falar com ele, me afastei,tentaram me ajudar mas era perturbador,se eu tivesse o conhecimento q tenho hj n teria me afastado. Essa semana eu voltei,assim só de visita,e vi q esse tempo em q me afastei,tinha muitos jovens batizados com o. Espírito Santo,formado obreiros, Graças a Deus,mas eu fiqueu trise pq eu poderia estar no meio deles,ja com maus pensamentos eu me sentia um nada, agr eu me sinto um milho no meio de tanta pipoca, ai essa semana eu comecei a ler a Biblia ate para tomar conhecimento sobre esse assunto, so q como tbm estou passando por momentos dificeis,eu comecei a pensar naa desigualdades da vida, ai ja viu neah?? Bom nessa eu pequei” voluntariamente”, e comecei a questionar a Deus, ja q eh do coração q procedem maus pensamentos,e como vi nos outros comentarios q eh possivel cometer esse pecado na mente,então quer dizer q eu blasfemei, eu tenho essa certeza pq eu sei quando eh algo voluntario ou involuntario,desculpe alguns erros,estou escrevendo pelo celular. Entao pra terminar quero faze essas perguntas.
    Eu tenho perdão??
    Pq muitos dizem q tem e outros dizem q n??
    Qual a certeza do meu perdão?
    O q faço pra parar de vim essas duvidas sobre desigualdade ou sei lá algo q n me faça pensar mau dele.Graças a Deus eu n falei e tento n lembrar desse questionamento p/n lembrar no q pensei, hj me sinto o pior de todos os seres humanos n consigo mas chorar de medo,pq parece q ja me conformei com o destino doloroso da minha alma, se eu tiver perdão oq faço para n duvidar? Me responde por favor! Obg

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Vanessa, com todo esse seu desejo de seguir a Deus, ainda que meio confuso ainda, você não cometeu o pecado imperdoável. Faça as pazes com Deus, peça perdão a Ele por tudo que fez, peça para Ele te ajudar a voltar a igreja, Ele vai te ajudar

      Responder
  • raiff disse:

    Parabéns pela explanação bíblica, sei q são muitos atormentados por esse tipo de pensamento e dessa forma carregam um fardo pesadíssimo se desesperando e perdendo sua esperança de salvação, acho q é um tema a q deve ser mais explorado, pois muitos precisam desse suporte bíblico e apoio expresso no texto!! Mas q Deus possa libertar a todos em nome de Jesus!!

    Responder
  • daniel disse:

    um dia eu estava no computador e vi a aline barros veio um sentimento assim ou pensamento eu nao sei explicar so sei que esse pensamento ou sentimento veio assim que ela tinha pacto com o diabo ai na hora isso veio mais depois eu falei claro que n ela e uma cantora serva de Deus e talls e apartir desse dia eu comecei fica desesperado pensando que cometo blasfemea c.e.s e isso ta na minha cabeca e agora qualquer coisa que e obra do espirito santo eu tenho que ficar repetindo em pensamento que é do espirito santo e fico desesperado penso que ele n esta mais em meu coracao o espírito santo me ajude isso que eu fiz da aline ai pd ter sido mais na mesa hora repriendi e pd acontecer de alguem cometer blasfemea e co tinuar crente ?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Daniel, se alguém já é crente verdadeiro não cometerá esse pecado

      Responder
  • daniel disse:

    assim repetindo eu na mesma hora repriendi o pensamento me ajude estou com medo de ter cometido . e queria que vc me respondesse a outra pergunta pd alguen estar na igreja debaixo desse pecado ?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Daniel, pode acontecer sim. Lembre-se que Jesus disse que na igreja existe Joio e trigo

      Responder
  • Suelen disse:

    Nossa pensei que tinha cometido esse pecado chorava não dormia, até a presença de Deus Wuhan não sentia me esclareceu muito. Que Deus continue te usando

    Responder
    • Suelen disse:

      Pastor, quando vem na mente vontade de blasfemar mas. Você não quer, há uma briga com vc proprio, começam a surgir dúvidas como se fosse enlouquecer, e medo da eternidade pq se não tem fim como será o fim? Nunca acabar nunca dá medo. Me ajude oq fazer pastor quero essas dúvidas e isso fora da minha cabeça. Parece que vou enlouquecer quero me libertar de essas duvidas mas como se há medo do sempre.

      Responder
      • André Sanchez disse:

        Suelen, entregue seu coração a Jesus Cristo e você não terá mais esses receios

        Responder
  • adrielle disse:

    olá! Gostei muito da sua explicação sobre blasfêmia. Mas gostaria que você se fosse possível m esclarecesse uma dúvida, então para ser breve: sou serva de DEUS a alguns anos mas sempre pensei se algum dia cometi esse terrível pecado, mas nada de desespero mas alguns dias simplesmente a pensar que o espírito santo estava lou… não quero falar essa palavra. mas foi só uma pensamento mas estou muito arrependida cheguei a pensar em sair da igreja pois já que no meu ponto de vista não haveria perdão pelo que eu fiz. Por favor se você esclarecer essa dúvida ficaria muito agradecida. Desde já agradeço e muito obrigada!

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Adrielle, se houve arrependimento e você crê em Jesus é porque não cometeu esse pecado, fique em paz

      Responder
  • Valéria disse:

    Olá, Gostaria de agradecer imensamente os esclarecimentos. Meu filho tem apenas 12 anos e vinha sofrendo com a ideia de ter blasfemado contra o Espírito Santo, estava desesperado, nem dormia mais. Eu havia tentado explicar a ele sobre o arrependimento e também sobre o amor e a misericórdia do Pai, mas ainda me faltavam argumentos. Muito obrigada. Agora posso ajudar meu filhote a ter paz.

    Responder
  • Bernardo Andrade disse:

    Deus te abencoe Andres ! Eu uma vez quando era crianca de uns 9 ou 8 anos, chorava quando meus pais brigavam comigo e achava q a culpa era de Deus. Duas vezes eu xinguei Deus, tipo : vtnc … Tbm fiz o msm com Jesus. Hoje com 12 anos entendo mais de religiao e quero perguntar : eu fui perdoado ? Abracos, fica com Deus ! Me sinto mal pelo q fiz e.acredito que Jesus e meu salvador !!! Tenho medo de ir pro inferno…. Seja sincero na resposta pfv ! Fica com Deus !

    Responder
  • João Oliveira disse:

    André,
    Mito abrasador
    Como se originou a crença no “inferno”?

    A noção de um “inferno” de fogo eterno para castigar os maus está intimamente associada à teoria da imortalidade natural da alma. Já no Jardim do Éden, Satanás, na forma de uma serpente, disse a Eva que ela e Adão não morreriam (Gn 3:4; Ap 12:9). Entre os antigos pagãos havia noções de um outro mundo no qual os espíritos dos mortos viviam conscientes. Essa crença, somada à noção de que entre os seres humanos existem pessoas boas e pessoas más que não podem conviver para sempre juntas, levou antigos judeus e cristãos a crerem que, além do paraíso para os bons, existe também um inferno para os maus.

    Muitos eruditos criam que a noção de um inferno de tormento para os ímpios derivara do pensamento persa. Mas em meados do século 20 essa teoria já havia perdido muito de sua força, diante das novas investigações que enfatizavam a influência grega sobre os escritos apocalípticos judaicos do 2.o século

    a.C. Tal ênfase parece correta, pois na literatura greco-clássica aparecem alusões a um lugar de tormento para os maus. Por exemplo, a famosa Odisséia de Homero (rapsódia 11) descreve uma pretensa viagem de Ulisses à região inferior do Hades, onde mantém diálogo com a alma de vários mortos que sofriam pelos maus atos deles. Também Platão, em sua obra A República, alega que “a nossa alma é imortal e nunca perece”.

    Por contraste, o Antigo Testamento afirma que o ser humano é uma alma mortal (ver Gn 2:7; Ez 18:20); que ele permanece em estado de completa inconsciência na morte (ver Sl 6:5; 115:17; Ec 3:19 e 20; 9:5 e 10); e que os ímpios serão aniquilados no juízo final (ver Ml 4:1). Mas tais ensinamentos bíblicos não

    conseguiram impedir que o judaísmo do 2.o século a.C. começasse a absorver gradativamente as teorias gregas da imortalidade natural da alma e de um lugar de tormento onde já se encontram as almas dos ímpios mortos. Esse lugar de tormento era normalmente denominado pelos termos Hades e Sheol.

    Já nos apócrifos judaicos transparecem as noções de uma espécie de purgatório (Sabedoria 3:1-9) e de orações pelos mortos (II Macabeus 12:42-46). Mas o pseudepígrafo judaico de I Enoque (103:7) assevera explicitamente: “Vocês mesmos sabem que eles [os pecadores] trarão as almas de vocês à região inferior do Sheol; e eles experimentarão o mal e grande tribulação – em trevas, redes e chamas ardentes.” Também o livro de IV Enoque (4:41) fala que “no Hades as câmaras das almas são como o útero”. A idéia básica sugerida é a de uma alma imortal que sobrevive conscientemente à morte do corpo.

    O Novo Testamento, por sua vez, fala acerca da morte como um sono (ver Jo 11:11-14; I Co 15:6, 18, 20 e 51; I Ts 4:13-15; II Pe 3:4) e da ressurreição como a única esperança de vida eterna (ver Jo 5:28 e 29; I Co 15:1-58; I Ts 4:13-18). Mas o cristianismo pós-apostólico também não conseguiu resistir por muito tempo à tentação paganizadora da cultura greco-romana, e passou a incorporar as teorias da imortalidade natural da alma e de um inferno de tormento já presente. Uma das mais importantes exposições medievais do assunto aparece em A Divina Comédia, de Dante Alighieri, cujo conteúdo está dividido em “Inferno”, “Purgatório” e “Paraíso”.

    Além de conflitar com os ensinos do Antigo e do Novo Testamento, a teoria de um inferno eterno também conspira contra a justiça e o poder de Deus. Por que uma criança impenitente, que viveu apenas doze anos, deveria ser punida nas chamas infernais por toda a eternidade? Não seria essa uma pena desproporcional e injusta (ver Ap 20:11-13)? Se o mal teve um início, mas não terá fim, não significa isso que Deus é incapaz de erradicá-lo, a fim de conduzir o Universo à sua perfeição original? Cremos, portanto, que a teoria de um tormento eterno no inferno é antibíblica e conflitante com o caráter justo e misericordioso de Deus.

    Responder
  • João Oliveira disse:

    André,
    Um alunou entrou em sua escola atirando, e vários dos seus colegas de classe foram mortos. Um homem ressentido por ter sido despedido de seu trabalho entrou atirando no local em que trabalhava e matou seu chefe. Uma mãe empurrou seu carro para dentro de um lago com seus dois filhos pequenos dentro, e os afogou.

    Em pelo menos dois continentes, milhares de pessoas têm sido mortas em virtude de guerras motivadas pela limpeza étnica. Séculos de dominação da parte de dois ou mais grupos étnicos são as razões para tais atrocidades. Homens, mulheres, crianças e até mesmo bebês têm sido mortos, mutilados, espancados e violentados.

    Punir esses bárbaros crimes com a pena de morte, mesmo para os assassinos a sangue frio, é um ato condenado por muitos. Os grupos contrários à pena de morte protestam em voz alta, chamando isso de um “ritual pagão” e desumano. Eles perguntam: Será que esses assassinos estão além da redenção?

    Qual é a maneira mais humana de executar os criminosos condenados? A cadeira elétrica? Alguns pensam que talvez seja uma droga letal que cause o mínimo de dor. Outros defendem que a vida se encerraria mais rapidamente pelo enforcamento.

    Mas, em todos esses acalorados debates sobre a sentença de morte, há uma opção que não é considerada por ninguém. Ninguém sugere que os assassinos a sangue frio, que cruelmente acabaram com a vida de outra pessoa, paguem com a agonia física de ser torturado até a morte. Ninguém, por exemplo, sugeriu até hoje que esses assassinos queimem até morrer.

    Por incrível que pareça, muitos cristãos sinceros assumem que nosso Pai celestial fará algo muito pior que isso. Eles alegam que os ímpios devem ser torturados a fim de pagar por seus pecados. E que melhor maneira de Deus fazer isso do que colocá-los num lugar de tormento eterno?

    Mas, o que realmente acontecerá com os ímpios? Como o destino deles pode ser compatível com o amor e a justiça de Deus? Vamos procurar as respostas bíblicas para essas perguntas.

    1. O ÚLTIMO SOFRIMENTO DE JESUS

    Por 6.000 anos Deus tem amavelmente chamado homens e mulheres.

    “Juro pela minha vida, palavra do Soberano, o Senhor, que não tenho prazer na morte dos ímpios, antes tenho prazer em que eles se desviem dos seus caminhos e vivam!” Ezequiel 11:33 (A não ser quando indicado, todos os textos bíblicos da série DESCOBERTAS BÍBLICAS são da Nova Versão Internacional da Bíblia [NVI].).

    A cruz revelou o quanto Deus deseja resgatar a humanidade caída. Quando Jesus clamou na cruz: “Pai, perdoa-lhes, pois não sabem o que estão fazendo”, Ele expôs a dor do Seu coração (Lucas 23:34). Pouco depois Jesus entregou Sua vida e, alguns crêem, morreu de um coração quebrantado (João 19:30, 34).

    Mas, mesmo com essa poderosa demonstração de amor divino, muitos indivíduos ainda não se voltam para Jesus. Enquanto o pecado dominar este mundo, ele continuará a multiplicar a miséria humana. Por isso o pecado deve ser destruído. Qual é o plano de Deus para acabar com o pecado?

    “O dia do Senhor, porém, virá… Os céus desaparecerão com um grande estrondo, os elementos serão desfeitos pelo calor, e A TERRA, E TUDO O QUE NELA HÁ, SERÁ QUEIMADA”. II Pedro 3:10, nota da margem.

    Deus deve finalmente limpar o universo do mal e colocar um ponto final no pecado. Aqueles que persistirem em se apegar ao pecado serão finalmente destruídos pelo fogo que está preparado para o Diabo, seus anjos e o pecado de nosso mundo. Que sofrimento para o coração de Jesus ao ver o fogo consumindo aqueles pelos quais Ele morreu para salvar.

    2. ONDE E QUANDO VAI QUEIMAR O INFERNO?

    Ao contrário de algumas concepções populares, Deus não tem um local onde há um grande fogo queimando, chamado de “inferno”, aonde os pecadores vão quando morrem. O inferno acontece quando essa terra for transformada num lago de fogo. Deus espera para efetuar a sentença sobre os ímpios até o julgamento final ao final dos mil anos (Apocalipse 20:9-15).

    “Os céus e a terra que agora existem estão reservados para o fogo, guardados para o dia do juízo e para a destruição dos ímpios”. II Pedro 3:7

    Deus nunca planejou que qualquer ser humano acabasse sua vida no fogo do inferno. Contudo, quando as pessoas se recusam a abandonar Satanás e se apegam aos seus pecados, eles finalmente precisam receber as conseqüências de suas escolhas.

    “Então Ele dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Malditos, apartem-se de mim para o fogo eterno, PREPARADO PARA O DIABO E SEUS ANJOS'”. Mateus 25:41

    De acordo com Jesus, quando será o inferno?

    “Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim também acontecerá NO FIM DESTA ERA [FIM DOS TEMPOS, Nova Tradução na Linguagem de Hoje]. O Filho do Homem enviará os Seus ANJOS, e eles TIRARÃO do Seu Reino TODO O QUE FAZ TROPEÇAR E TODOS OS QUE PRATICAM O MAL. ELES OS LANÇARÃO NA FORNALHA ARDENTE, onde haverá choro e ranger de dentes”. Mateus 13:40-42

    O joio, os que fazem o mal, não serão queimados até o fim do mundo. Antes que essa sentença seja levada a cabo, todo o universo deve ter certeza de que Deus foi justo em todas as maneiras de lidar com o cada ser humano. Como foi detalhado na Lição 22, no grande conflito que há entre Cristo e Satanás, Satanás tem tentado provar para o universo que o seu modo de viver, o pecado, é melhor; Jesus tem demonstrado que a vida de obediência é a chave para ter uma vida mais satisfatória.

    Ao final dos mil anos, essa demonstração culminará no julgamento de Satanás, de seus anjos, e dos ímpios. Depois que os livros de registro forem abertos, e for revelada cada parte que cada pessoa desempenhou nesse grande drama, Deus lançará Satanás, a morte, e o túmulo, juntamente com todos cujos nomes “não foram encontrados no livro da vida… no lago de fogo” (Apocalipse 20:14, 15). De acordo com o próximo verso, Apocalipse 21:1, depois que Deus purificar a terra do pecado, com fogo, Ele criará “novos céus e uma nova terra”.

    3. POR QUANTO TEMPO QUEIMARÁ O INFERNO?

    Muitos crentes aceitam a idéia de que o fogo do inferno durará para sempre, existindo assim um tormento eterno. Vejamos cuidadosamente os textos nos quais Deus descreve o tratamento do pecado e dos pecadores.

    “Ele punirá os que não conhecem a Deus e os que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus. Eles SOFRERÃO A PENA DE DESTRUIÇÃO ETERNA, a separação da presença do Senhor e da majestade de Seu poder”. II Tessalonicenses 1:8

    Note que “destruição eterna” não é a mesma coisa que “tormento eterno”. Significa simplesmente que será uma destruição de conseqüências eternas. O efeito é a morte eterna. Pedro falou do dia do julgamento e da “destruição dos ímpios” (II Pedro 3:7).

    De acordo com Jesus, tanto a “alma quanto o corpo” são destruídas no inferno (Mateus 10:28).

    Em Seu Sermão da Montanha, Jesus falou da porta estreita “que leva à vida”, e a porta larga “que leva à destruição” (Mateus 7:13, 14). Em João 3:16, Jesus explica que Deus “deu Seu Filho Unigênito” para que todo o que crê não “pereça, mas tenha a vida eterna”. Jesus contrasta os dois resultados: a morte eterna ou a morte – não ficar queimando para sempre. Devemos concluir que o inferno definitivamente tem um término; ele resulta em morte e destruição dos ímpios.

    Claras afirmações por toda a Bíblia nos dizem que os ímpios serão destruídos. “A descendência dos ímpios será eliminada” (Salmo 37:28); eles “serão destruídos” (II Pedro 2:12); “desvanecerão como a fumaça” (Salmo 37:20). O fogo reduzir-lhes-á a cinzas (Malaquias 4:1-3). “O salário do pecado é a morte”, não vida eterna no lago de fogo; “o dom gratuito de Deus é a vida eterna” (Romanos 6:23).

    O propósito da punição final do fogo do inferno é para eliminar o pecado do universo, não para preservar o pecado para sempre. É extremamente difícil imaginar que o mesmo Cristo que chorou por causa do destino da teimosia de Jerusalém e que perdoou aqueles que O mataram, seria capaz de passar a eternidade inteira observando a agonia dos perdidos.

    O inferno tem um final. Ao final dos mil anos, Deus fará chover fogo do céu para eliminar o Diabo, seus anjos, e os ímpios que persistirem em se apegar a seus pecados. “Fogo” desce “do céu” e os devora (Apocalipse 20:9).

    De acordo com Jesus, esse fogo “nunca se apaga”. Ou seja, nenhum corpo de bombeiros será capaz de apagá-lo, até que tudo tenha sido destruído e purificado.

    Deus promete que, depois desse fogo purificador, Ele irá criar “uma nova terra”, na qual “as aflições passadas serão esquecidas”; e “nunca mais se ouvirão nela voz de pranto e choro de tristeza”. (Isaías 65:16-19).

    Que dia será aquele! Toda a causa de sofrimento será extirpada. Deus apagará as marcas do pecado de cada coração, e nossa felicidade será completa.

    4. “PARA SEMPRE” NAS ESCRITURAS

    Em Mateus 25:41, Jesus fala do “fogo eterno preparado para o diabo e seus anjos”. Será que “eterno” aqui quer dizer para sempre? Judas 7 apresenta Sodoma e Gomorra, que “estando sob o castigo do fogo eterno, elas servem de exemplo”. Obviamente, aquelas cidades não estão mais queimando. Mas o fogo FOI eterno no sentido que resultou na destruição permanente.

    Em II Pedro 2:6, mais uma vez lemos sobre o fogo eterno. Mas essa passagem também aponta claramente que Deus “condenou as cidades de Sodoma e Gomorra, reduzindo-as a cinzas, tornando-as exemplo do que acontecerá aos ímpios”. Os ímpios de Sodoma e Gomorra não permanecem em agonia; eles foram reduzidos a cinzas desde muito tempo atrás. E ainda assim, o fogo caiu sobre eles é “eterno” em suas conseqüências: destruição permanente. Eterno aqui significa castigo eterno, não castigar eternamente.

    Apocalipse usa uma linguagem tão vívida e simbólica que algumas de suas passagens têm sido mal entendidas. Por exemplo, Apocalipse 14:11 ao falar dos perdidos, diz que “a fumaça do tormento de tais pessoas sobe para todo o sempre”. Isso parece um sofrimento sem fim. Mas, novamente, deixemos que a própria Escritura interprete a Escritura.

    Êxodo 21:6, na versão Almeida Revista e Atualizada, 2a edição, fala de um servo que teria sua orelha furada como sinal de que serviria seu mestre “para sempre”. Nesse caso, “para sempre” seria enquanto durasse a vida do servo. Jonas, que passou apenas três dias e três noites no estômago de um grande peixe (Mateus 12:40), relata que ele esteve ali “para sempre” (Jonas 2:6). Sem dúvida, três dias numa densa escuridão pode ter parecido uma eternidade.

    Por isso, devemos ser cuidadosos em entender como e quando a Escritura usa linguagem poética e simbólica. O fogo que sobe para sempre do lago de fogo é uma maneira vívida de expressar destruição eterna. Apocalipse 21:8 nos fala mais claramente que o lago e o mar de fogo “é a segunda morte”. O inferno tem um ponto final. Os ímpios serão consumidos; serão destruídos.

    5. POR QUE É NECESSÁRIO HAVER UM INFERNO?

    No princípio, Deus criou um mundo perfeito. Mas o pecado apareceu e trouxe muitos desastres, decadência e morte. Se você ao voltar para casa certa tarde a encontrasse toda saqueada e destruída, você a deixaria assim para sempre? Claro que não. Você varreria a poeira e a sujeira, limparia o lugar de cima a baixo, e jogaria fora todos os móveis arruinados e que não dessem mais para ser consertados. Deus fará a mesma coisa. Ele dará fim aos destroços e poluição causados pelo pecado de uma vez por todas, criando uma nova terra no lugar da antiga. O propósito de Deus para fazer esse mundo purificado pelo fogo é preparar tudo para que haja um mundo perfeito no qual os salvos viverão.

    Mas Deus enfrenta um sério problema, pois o pecado não apenas destroçou nosso mundo físico, ele também infetou as pessoas. O pecado danificou nosso relacionamento com Ele e uns com os outros. A humanidade continua a sofrer com os abusos de crianças, o terrorismo, a pornografia, e milhares de outras doenças da alma. Deus algum dia precisará destruir o pecado, pois o pecado está destruindo as pessoas. O dilema de Deus é: como eliminar o vírus mortal do pecado do mundo e ainda assim não destruir todas as pessoas infectadas por ele? Sua solução foi levar o vírus em Seu próprio corpo. Ele permitiu que o câncer do pecado O destruísse na cruz. Como resultado:

    “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e NOS PURIFICAR DE TODA INJUSTIÇA”. I João 1:9.

    Deus oferece a solução para o problema do pecado de graça para todos. Mas o fato triste é que alguns insistem em se apegar à doença do pecado. Deus não forçará as pessoas a escolherem o caminho da vida que Ele oferece. Aqueles que rejeitam a solução que Ele oferece serão finalmente consumidos por esse mal. O motivo real do inferno é esse:

    “Pois Eu os chamei, e vocês nem responderam; falei, e não me deram ouvidos”. Isaías 65:12

    Afastados de Jesus por suas próprias escolhas, os ímpios descobrirão que a única alternativa que lhes resta é a morte eterna.

    6. QUAL SERÁ O CUSTO DE PERDER-SE?

    Apesar das Escrituras não nos ensinarem que o fogo do inferno resulta num sofrimento sem fim, ela nos dá um vislumbre da terrível experiência que será estar perdido para sempre. Os ímpios irão perder a vida eterna. Que desespero será perceber que a alegria da vida eterna com Deus escorreu por entre os seus dedos; que nunca jamais experimentarão a alegria dos perfeitos relacionamentos de amor por toda a eternidade.

    Quando Cristo foi crucificado na cruz e tinha os pecados do mundo separando Ele do Pai, Ele deve ter sentido a agonia da perdição eterna. Quando os ímpios olharem para a nulidade das trevas à sua frente, perceberão que só lhes restará a destruição eterna. Eles devem morrer sem esperanças de uma segunda ressurreição. Ao mesmo tempo, eles verão como expulsaram Cristo cada vez mais de sua vida, sempre que Ele tentava se aproximar com sussurros de amor. Ao final, eles cairão de joelhos e reconhecerão a justiça de Deus e o Seu amor (Filipenses 2:10, 11).

    Não é de admirar que os escritores bíblicos nos alertassem com urgência para que ponderássemos sobre o peso das nossas escolhas e as reivindicações de Cristo.

    “Insistimos com vocês para não receberem em vão a graça de Deus. Pois Ele diz: ‘Eu o ouvi no tempo favorável e o socorri no dia da salvação'”. II Coríntios 6:1, 2

    Não posso imaginar outra tragédia pior do que alguém desperdiçar o sacrifício incalculável de Jesus para escolher perder-se. As alternativas que temos diante de nós são bastante claras: destruição eterna: ser excluído eternamente da presença de Deus, ou uma amizade eterna com Cristo que supre nossos anseios mais profundos. Qual será a sua escolha? Por que não descobrir o destino que Deus tem para você agora mesmo?

    Responder
  • Felipe Cesar disse:

    Só confirmando,um dia à muito tempo,eu estava
    na igreja,e do nada eu disse o espirito santo não podia existir,foi ima blasfêmia?

    Responder
    • Janilton disse:

      O Simples fato de você está perguntando mostra que não foi blasfêmia , a blasfêmia se origina do coração da pessoa , ela tem que querer do fundo do seu coração ofender o espirito sando de Deus , se você disse da boca pra fora (Não tinha intenção de ofende – lo) , então você não blasfemou.

      Responder
  • kênia disse:

    Pastor, deixa eu ver se eu entendi: você quis dizer que blasfemar contra o espírito é o fato de a pessoa jamais se arrependrr de ter se voltado conscientemente contra Deus? Se alguém se voltar conscientemente contra Deus, fizer o que os faristeus fizeram, ela pode se arrepender e ser perdoada?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Não, você compreendeu errado. Se a pessoa cometer o pecado imperdoável nunca se arrependerá. O fato de alguém “achar” que cometeu o pecado imperdoável e estar com profundo arrependimento por algum ato errado indica que ela não cometeu especificamente esse pecado imperdável

      Responder
  • flavia88 disse:

    pastor acho que minha mente chegou em um estado muito ruim de devagação e pacividade ao ponto de chegar a ser tentada a pecar contra o espirito santo e morrer logo sem salvaçao e um tormento eu me sinto muito mal com isso queria nunca ter existido se sobesse que poderia ter tido esse tipo de pensamento um dia, já pedi pra Deus me levar com salvação se ainda existisse uma esperança pra mim levasse logo, ou se não tivesse perdão pra mim fosse morrer logo também,vou do contraria preferia perder a memoria em um acidente por tenção igual antes fosse qualquer uma outra mais essa…..

    Responder
  • Tenente Pedro Paulo disse:

    Pastor,só uma pergunta:podemos xingar o espírito de Ddeus para fazer justiça?tipo,para fazer um pederasta ter…

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Não entendi. Xingar o Espírito Santo? Não devemos xingar ninguém.

      Responder
  • Sâmara Feitosa disse:

    Se uma pessoa ver outra cheia do Espirito Santo e falar que ela esta possuida por demonios e Blasfemia contra o Espirito Santo?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Não necessariamente. Nem sempre é possível saber exatamente quando alguém está cheia do Espírito Santo. O melhor é deixar Deus julgar

      Responder
  • pedro disse:

    A minha pergunta é:um molestador de crianças,convertido,tem direito ao perdão do Altíssimo,visto que algumas bíblias em mateus 18:6(falam que é o suicídio) dizem que é um pecado imperdoável e outras dizem que merece apenas a pena de morte,ou seja, é perdoável….gostaria de saber a sua opinião,pode dizer a verdade….essa pessoa é um parente meu e está pagando por seus erros.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Pedro, ele pode ser perdoado, mas é evidente que terá de pagar pelos seus delitos aqui nessa terra.

      Responder
  • João Oliveira disse:

    André, veja esta estória.

    Líderes abandonados!
    Será que existe o “crente zumbi”?
    Segundo o folclore holywoodyano, o zumbi é uma espécie de “morto-vivo”, ou seja, é uma pessoa que morreu mas ainda permanece interferindo no mundo dos vivos, de forma material.

    É claro que, biblicamente, isso não existe, pois os mortos não têm mais qualquer contato com os vivos. Mas esta metáfora parece se encaixar perfeitamente com uma espécie de cristão que nem está “morto” nem “vivo”. Como assim?!

    Hoje eu quero refletir com vocês sobre a maneira como a Igreja, como instituição humana, costuma tratar alguns de seus membros (suas “ovelhas”). Em todas as congregações é possível encontrar pessoas que já foram vivas e atuantes na igreja, mas que hoje não passam de meros espectadores cultuais (“papa-sermões” como alguns costumam dizer aqui no Nordeste). Em alguns casos, estas pessoas já foram até líderes na Obra, mas que em sua trajetória de vida cristã levaram uma rasteira do inimigo, e não receberam muito apoio para se levantarem. Resultado: viraram “crentes zumbis”, pois seu amor pela mensagem de salvação as impede de se voltarem totalmente para o mundão, enquanto que a frieza e rigidez das “normas” e “regulamentos” barram o resgate do vigor espiritual de outrora.

    Quero dividir com vocês o exemplo de um ex-pastor, contemporâneo de teologia há uns 10 anos, lá no IAENE. Não citarei nomes, por respeito aos envolvidos. Ficticiamente vamos chamá-lo de PR.

    No final da sua adolescência ele conheceu a mensagem Adventista, batizou-se e tornou-se um destacado membro em sua congregação. Foi amor à primeira vista! Ele costumava dizer que a única função que nunca desempenhou foi a de diaconisa, pois todas as outras ele já havia realizado. Foi ordenado Ancião, e era o braço forte dos pastores distritais em sua igreja local, com grande influência também em outras igrejas do distrito e região.

    Pouco depois de casado, PR resolveu estudar teologia, e foi para o IAENE com sua esposa e filha pequena. Foram 4 anos de muita luta, sofrimento, lágrimas… e até sangue, para ter seu curso concluído. Seu desejo era servir à Obra do Senhor para o resto de sua vida.

    Foi chamado para o ministério, e começou a desempenhá-lo em um promissor distrito em uma cidade de dominação católica no interior do Nordeste. Logo de início os irmãos aprenderam a amá-lo (o que não é difícil para quem o conhece), respeitá-lo e seguir sua liderança. Ele fez daquele distrito morno e sem vida, um dos mais ativos e frutíferos de todo o seu Campo. Suas metas evangelísticas eram audaciosas, e ele conseguia batê-las ano após ano.

    Mas o inimigo já havia determinado que a vida de PR seria abalada, e era sua missão destruir aquele bonito ministério. E assim o diabo conseguiu…

    PR cometeu um dos 3 pecados imperdoáveis para um pastor Adventista. Infelizmente, desde o seminário os professores já costumavam alertar que as 3 armas que o diabo utiliza para derrubar um pastor são: mulheres, dinheiro ou poder. Quantos têm sucumbido diante destas arapucas!

    Com apenas 2 anos e alguns meses de ministério pastoral, o jovem PR foi desligado da Obra Adventista. Envergonhado, ele mudou-se com sua esposa e filhos para a capital do Estado onde residiam, para tentarem recomeçar a vida destroçada. Mas outros golpes ainda viriam… Ele e a esposa foram excluídos da Igreja (ela inocentemente, pois pediu para ser desligada junto com seu marido, por entender que estavam sendo exageradamente duros com ele, haja vista que o erro que ele cometeu não merecia tanta intolerância). A filha mais velha adoeceu, e agora sem a cobertura do plano de saúde, tiveram que mendigar nos gabinetes de assessores políticos para que a menina fizesse um custoso exame, pois havia suspeita de grave doença. O que acabou por confirmar-se.

    Sozinhos, esquecidos pelos ex-colegas de ministério, pelos “pastores” com quem já haviam trabalhado por tantos anos, longe dos familiares, sem poderem trabalhar ativamente na Igreja… o casamento também foi se desgastando.

    Encurtando a estória, que é muito longa e triste, PR vive hoje como ex-Adventista. Não prega, não dirige lição na Escola Sabatina, foi impedido até mesmo de dirigir seminários de estudos na igreja que estava frequentando. Todo o seu potencial foi colocado de lado. O inimigo, certamente, dá gargalhadas quando olha para este jovem ex-pastor.

    Constrangido com a situação, ele visita igrejas diferentes a cada sábado, na esperança de que não o conheçam, não se lembrem dele como “pastor PR”. Como eu sou um dos poucos que conhece sua história (até mesmo porque quase ninguém se interessou em ouvi-lo, chorar com ele, emprestar-lhe o ombro…), sei que ele sofre muito, pois ainda é apaixonado pela mensagem que um dia abraçou, e a qual dedicou os melhores anos de sua juventude. Trabalhava até pouco em uma profissão que não lhe trazia muito prazer, que servia apenas para pagar as contas do mês, pois o que ele queria mesmo era estar pregando, dando aconselhamento, dirigindo conferências, classes bíblicas, encontros de casais, de jovens, plantando novas igrejas, etc. Que talento desperdiçado!

    Creio que faltou discernimento e tolerância aos que “julgaram” o caso do PR, pois a Bíblia dá claras evidências de que a maneira como Jesus tratava casos semelhantes era muito diferente. Lembram de Manassés? De Madalena? De Pedro? De Marcos? Infelizmente não apareceu nenhum “Barnabé” na vida do PR quando ele mais precisou. Apenas os “doutores da lei” que, como Paulo, não tiveram disposição de lher dar uma segunda chance (relembre aqui).

    Como Igreja, os Adventistas têm uma linda e poderosa mensagem de justificação pela fé, de perdão, de restauração, de transformação de vida. Mas, muitas vezes, tem-se esquecido de praticar esta libertadora Verdade.

    Setenta vezes sete… cremos mesmo nisso?! Ou achamos que um erro repetido não merece perdão?!
    “Eu também não te condeno”… se Ele proferiu tais palavras, por que nós, miseráveis pecadores, insistimos em condenarmo-nos mutuamente?!
    O Deus da segunda chance… será que esta frase só ganha significado quando utilizada em algum arranjo musical?!
    “Senhor, quando foi que Te vimos com frio, fome, nu…?” – nossos olhos estão tão fechados pela “letra da lei” que não conseguimos enxergar Jesus naqueles que mais necessitam dEle.

    Há alguns meses, estudamos um trimestre inteiro (por 13 semanas!) sobre a REDENÇÃO EM ROMANOS, mas a maravilhosa mensagem daquele livro parece não passar de teoria na vida de muitos, especialmente líderes e “pastores”.

    Um “crente zumbi”, é assim que eu definiria o meu amigo PR. Já o aconselharam até mesmo a mudar de denominação, e procurar uma que o aceite e lhe dê uma outra oportunidade de servir a Deus como pastor. Mas ele ama a Igreja Remanescente, e não consegue frequentar uma que o aceite, mas que rejeite a fé que ele guarda no coração. Por outro lado, o “sedentarismo espiritual” está minando sua vida religiosa, deixando-o cada vez mais vulnerável ao golpe fatal do inimigo.

    Para afundá-lo ainda mais, há pouco tempo ele separou-se da esposa, pois a convivência já estava quase insuportável. Sabe quantos ex-colegas o visitaram ou mandaram um simples e-mail de apoio, desde que começou esta tempestade em sua vida? Sabe quantos secretários ministeriais se preocuparam em ligar para ele para saber como estava sua família, sua vida, suas dores? Sabe quantas vezes o presidente que o dispensou do ministério foi em seu lar para orar com ele, e tentar resgatar esta alma que se estava desgarrando do rebanho?

    Espero que PR esteja no Céu, junto com sua ex-esposa, filhos e amigos verdadeiros. Mas fico imaginando qual seria a reação daqueles que o encontrarem lá, mas que não fizeram nada para ajudá-lo a vencer os desafios da jornada…

    Reserve um tempo para orar por este jovem ex-pastor, pois o diabo não merece ser vitorioso em mais esta batalha.

    “mas onde abundou o pecado, superabundou a graça” (Rom. 5:20)

    Responder
  • Jesus Meu Amor disse:

    Irmão so de pensar em coisas falando mal do espíritos santo é blasfemia?porque um dia eu sentir-me oprimido pelo diabo dizendo espirito santo não presta,ele não ajuda e etc,fiquei triste e desesperado achando que eu tinha blasfemado,blasfemei?vo a igreja sinto emoções ao escutar a pregação mas estou com duvida ainda!??

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Se você está desesperado achando que blasfemou é porque não blasfemou.

      Responder
      • Jesus Meu Amor disse:

        obrigado irmão,certamente não blasfemei fiquei desesperado…muito obrigado por me responder

        Responder
  • josimar disse:

    OI ANDRE EU QUERO TE FALAR EU ESTOU MUITO ARREPENDIDO DE OFENDER JESUS CRISTO EU QUERO SER PERDOADO por favor me ajude

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Josimar, peça perdão e será perdoado.

      Responder
  • Maria Rocha disse:

    Maria Rocha: uma vez fui le a biblia, aquela parte que fala que Jesus curava os doentes e os farizeus falaram que era atravez de belzebu, entao eu queria saber por que eles pensavam assim , ai passou no meu pensamento que o que eles pensavam era verdade, mas logo me arrependi e fiquei com medo de ter pecado contra o espirito santo…..será que eu pequei? estou com medo me ajude.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Maria, se houve arrependimento e você entendeu o seu erro não foi o pecado imperdoável

      Responder
      • Bernardo Andrade disse:

        André, se eu xinguei Deus no tempo da ignorância (com a boca) mas por não conhecer ele totalmente de verdade, hoje eu entendo o quanto isso foi errado. Tem perdão ? Fica com Deus !

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Bernardo, se houve arrependimento de sua parte tem sim perdão

          Responder
          • Bernardo Andrade disse:

            Obrigado, estava desesperado ! Tenho 12 anos. Obrigado, que a paz do Senhor esteja sempre com você, Deus te abençoe.

  • Anderson Silva disse:

    Ola Boa tarde estou aqui para conversarmos a respeito do que o D. L. Moody diz que “A essência do “pecado eterno é a atitude do coração que sustenta o ato.Se perguntarmos o que e uma atitude a sim poderemos aprender e ver se conseguimos ver o restante pois, atitude vem de um pensamento ou não, bom se persamos assim podemos ver que o que somos porque pensamos ser,agora se podermos ver isso na sua completude e unico,veremos que o pensamento fez tudo e assim fez o hoje é DFato, não, veremos o que temos hoje? como vemos o mundo pois sabemos que o mundo são nossos pensamento e que somos o hoje é porque pensamos não?

    Responder
  • carlos disse:

    Pastor André é Blasfemia falar o nome o nome de DEUS so por falar tipo quando machuca o pé? tem que falar o nome de DEUS só se for para exaltar???.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Carlos, não vejo que seja uma blasfêmia, mas sim um mal costume que temos muitas vezes, que pode ser mudado.

      Responder
  • Gabriel disse:

    Pastor André, esse pecado pode ser feito por pensamento? Se eu atribuir uma obra de Deus ao diabo por pensamento eu blasfemei? e se foi um pensamento involuntário? por que o diabo trabalha muito nessa parte de nos atormentar com o pensamento..

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Claro, podemos pecar sim por pensamentos. Penso que algo que se faça involuntariamente não está ligado ao desejo veemente da pessoa em fazer aquilo. Por isso vejo que uma forma boa de saber se houve o pecado imperdoável é observar se existe desejo de arrependimento e se acertar com Deus.

      Responder
      • Gabriel disse:

        Bom, a Igreja que eu frequento fica aqui do lado da minha casa, e certo dia eu tava em casa, e Deus tava agindo ali, e se nao me engano uma irmã começou a falar em linguas, e me veio um pensamento involuntario “isso é coisa do.. ‘-‘ ” e dpois disso fiquei meio quente e não consegui ter mais Paz sabe, só agora um pouco, mas mesmo assim to muito preocupado se cometi isso ou não, porque eu certamente nao pensaria isso, foi uma coisa que eu pensei e se foi, mais que agora eu to com medo se fiz ou não. Se eu nao me engano veio mais pensamentos assim, mas não da pra controlar, não é eu, que to pensando isso, acho que muita gente ja passou por isso, só pra deixar claro, eu ainda sinto sede de Deus, ainda sei que preciso do Senhor, e me sinto muito bem na Casa de Deus, e sinto vontade de Ler a Biblia, e ir na Igreja, e Orar, mas to preocupado.
        Noite passada eu até chorei, mas não sei se isso é arrependimento, to tão enrolado que nem sei oque eu mesmo to sentindo.. /:

        Responder
  • mary disse:

    irmao venho passando por uma tormenta enorme; primeiro começou com uma coisa dento de mim dissendo que Deus nao existe; depois vi sobre a guerra em israel e começou vim na minha mente q Deus era mau, mas isso vindo na cabeça e eu pedindo perdao, parou por uns dias, mas um dia vi minha mae falando do pecado eterno a blasfemia, mas antes de ver minha mae falando começou vim na minha cabeça na minha cabeça denovo q Deus nao existia por que eu ficava pensando como ele exixte si nos nao o vemos mas depois de um começei a cre novamente mas mesmo vindo tudo isso pedia perdao,Deus mi mandou uma palavra a travez de uma irma ai parei com esses pensamentos e fiquei em paz; mas depois que ouvi minha mae falando sobre a blasfemia começei a mi preoculpa, mas mi prelcupava pq eu tinha pensado uma vez si Deus era bom mesmo e si o satanas era mau mesmo mas na mesma hora pedi perdao mas isso começou a mi pertuba sem parar, um dia tava na igreja(sou evangelica da sembleia de Deus) e venhpo esse penssamento de novo eu pensei sera si Deus e bom mesmo e o satanas e rui mesmo, e isso vem mi atormentendo, mas ainda tem mas quando via uma ascidente pensava si Deus e bom pq permitil isso com essas pessoas falei com minha mae sobre isso e ela mi explicou sobre a maldade do mundo i eu parrei com esses pensamentos mas fica de vez enquendo isso mi atormentando e fica na minha cabeça sera que tenho perdao de Deus esses pensamentos continua tem dia que para e tem dia que vem fortimente e eu sempre pedindo perdao tem horas que nao tenho nem mas forças para pedir perdao, mas falo pra mim mesma nao si afasta da casa de Deus nunca mesmo que esses pensamentos mi atormente para sempre; pesquisei muito sobre isto na net mas tem horas que paro de pensar nisso e acho que meu coraçao endurecel e que nao tenho mas perdao, mas quando esculto falar de Deus esses pensamentos volta derepente.. irmao andre mi ajude pro favor ja pedi ajuda para um pasto no face mas ele nem si quer mi respondeu

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Mary, muitas pessoas que pensavam que Deus não existia vieram a se converter. Isso não é i pecado imperdoável, fique tranquila

      Responder
      • mary disse:

        obg irmao vou ficar bem mas tranquila

        Responder
  • Aline disse:

    Olá. Passei por isso de maus pensamentos durante uns 10 anos. Chorava, pedia para Deus todo tempo tirar a minha vida pois não merecia mais viver. Entrei em depressão. Depois passou, mas um tempo depois voltou. Fiquei uns 2 anos com isso. Era todo hora. Não tinha paz nem na hora de comer. Dormia, acordava com esses pensamentos, comecei a ficar exausta espiritualmente falando.Eu falava com Deus sobre a minha exaustão. Pedia forças pois já não estava aguentando mais. Me sentia como se estivesse cambaleando. Aí um dia veio um mal pensamento contra o Espírito Santo, eu já estava exausta com tudo aquilo, aquela pressão mental, senti nesse momento sobre o pecado contra o Espírito Santo ser imperdoável. Não era oq o meu coração dizia ou pensava sobre o Espírito Santo, mas acabei repetindo aquelas palavras em pensamento, mesmo sem tomar aquilo por verdade do meu coração. Numa fração de segundos senti um grande arrependimento e senti sobre a justiça de Deus e sobre o Seu juízo. Aí eu disse: “nãããão, não quero isso! Mas não sei se já é tarde demais… Me arrependo daquilo. Queria q isso nunca tivesse acontecido. Não sinto mais Deus me chamar… Quero voltar para Ele, mas não sei se Ele ainda me quer… Oq devo pensar?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Aline, pelo que senti de seu depoimento existe um desejo muito grande de estar na presença de Deus. Logo, você não cometeu o pecado imperdoável. O que acontece é que você mesmo não está se perdoando

      Responder
  • Italo disse:

    André, xingar a Deus sem conhecer sua palavra, depois de conhece-la se arrepender é buscar têm perdão?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Italo, é como disse no texto. Se houver arrependimento e a pessoa receber a Cristo é sinal de que não cometeu esse pecado

      Responder
  • Jorge disse:

    esta acontecendo comigo pensamentos horriveis e quando eu penso eu fico com tanta raiva pq eu não quero choro peço a Deus , vou até me batizar, eu arepreendo peço a Deus ajuda só que eu nunca xinguei Deus nunca saiu nada da minha boca mas quando eu fico com tanta raiva e tristeza eu acabo demostrando me bato penso em morrer e varias coisas mas eu quero Deus mais do que tudo !!!! então eu blasfemei pq demonstrei ?

    Responder
  • Luana disse:

    A biblia Diz que o Espirito santo é que nos convence do pecado e juizo, ou seja se vc sente arrependimento, ou se vc sabe que aquilo é pecado, e se arrepende, logo foi influenciado pelo E>S>, ouseja nao esta em baixo da blasfemea, pois se tivesse o espirito santo nao te convenceria de nada, e vc ia pro Inferno

    Responder
  • Aldimesio Chagas disse:

    Vendo pelo o significado da palavra Blasfemia ( Expressão contra a divindade ). Não creio que o Cristão, o
    servo de Deus, blasfeme cntra o Espirito Santo. Pelo contrário, procura o adorar em espirito e em verdade, é
    o que Jesus procura , um adorador que o adore em espirito e em verdade. Que seja você, eu , ou nós.
    Para que sejamos um testemunho do Senhor. Amém Igreja.

    Responder
  • Janilton disse:

    Me ajude ultimamente venho pensamentos ruins sobre o Espirito Santo na minha cabeça que eu não queria , até que chegou um tempo em que eu não senti a culpa , eu nao queria fazer isso o que devo fazer?
    A Pessoa que blasfema procura ajuda? Eu blasfemei? Não sei se estou arrependido mais quero mudar de atitude

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Janilton, leia cuidadosamente o texto acima que você achará a resposta

      Responder
  • vilma disse:

    esse pecado imperdoavel estaa em me por nao ter sabido ouvir A VOZ DO ESPIRITO SANTO

    Responder
    • vilma disse:

      QUERO A RESPOSTA

      Responder
    • André Sanchez disse:

      Vilma, não entendi bem o que você quis dizer

      Responder
  • Janilton disse:

    Olá , sou eu de novo vim aqui de novo para saber se você pode me ajudar , Aqueles pensamentos que eu tinha foram vindo , vindo , vindo sem eu querer , ai chegou um tempo que eu começei a falar (com a boca) , dizendo o Espirito santo não é ( o insulto que vinha na mente) , e ele existe , só que tinha hora que eu dizia que eu insultava ele sem perceber e dizia que ele não existia , e eu não percebia , agora eu não se se realmente blasfemei , não sei se estou arrependido , eu quero me arrepender , mais não se dizer se estou , antes eu tinha medo de ter blasfemado , mais agora não , antes eu tinha medo de ir pra Geena (Destruição eterna) , mais agora não tenho , não se dizer se ainda tenho perdão , eu não quero me afastar de Deus.

    Responder
  • Janilton disse:

    Me ajude , algumas dias atraz eu tinha pensamentos que insultavam o espirito santo , esses pensamentos vinham toda hora e eu não queria que eles viessem , só agora a pouco eu tomei uma atitude e começei a falar com a boca Defendendo o espirito santo e dizindo que ele existe , so que tinha vezes que eu insultava ele sem eu perceber e dizia que ele não existia , agora eu não sei dizer se estou com medo de ter blasfemado , estou pensando em me suicidar pra saber se eu realmente blasfemei , se eu me ressucitar quando Deus chamar todos os mortos , blasfemei , se não … bom você ja sabe , eu só sei que quero me arrepender mais não consigo , não sinto mais o peso na consciência , pra isso ja me parece normal , não tenho medo de nunca mais ser ressucitado ou deixar de existir , só sei que não quero me afastar de Deus , não era do meu coração insultarar o espirito santo dele

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Janilton, a vida pertence a Deus. Pensar em tirar a vida não deve sequer passar pela sua cabeça. Se você sente pesar no coração por tudo isso, se sente arrependido então não blasfemou, fique tranquilo

      Responder
  • Giovani disse:

    DEUS SEJA LOUVADO.E QUE ELE TE ABENÇOE EM TODOS OS TEUS CAMINHOS ANDRÉ……….

    Responder
  • Josué disse:

    Me ajuda pastor eu disse “Oh coisa do demonio”, me referindo a um pernilongo que estava me incomodando no ouvido, mas logo que falei senti um negócio estranho. Será que eu blasfemei? Porque eu falei coisa do demonio, deu entender que o demonio seria Deus, pois ele que criou o inseto, mas eu não falei referindo Deus ao demonio, to me sentindo muito angustiado, não sei nem se ainda estou com o Espirito Santo ou nao no meu coração. Eu blasfemei?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Josué, não há necessidade que essa história tome esse tamanho. Você não blasfemou, apenas disse algo sem pensar direito

      Responder
  • LUCAS disse:

    SE UM HOMEM XINGAR DEUS DE ALGO ELE VAI PARA O INFERNO?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Lucas, creio que uma pessoa que xinga a Deus realmente está com o coração longe Dele. Se não houver um arrependimento sincero essa pessoa já está condenada pelos seus pecados.

      Responder
  • Amber disse:

    Por favor, alguém pode me mostrar aonde tem dizendo que a pessoa que realmente cometeu esse pecado fica com o coração endurecido? e não se arrepende mais?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Amber, é óbvio, se o pecado é imperdoável, e quem opera em nós o arrependimento é o Espírito Santo, como a pessoa se arrependerá dele?

      Responder
      • Amber disse:

        então, tal pessoa que cometeu esse pecado de fato, o E.S se afasta dela pra sempre, assim a pessoa não vai ser convencida do pecado né?

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Sim, se o pecado é imperdoável é porque o agir regenerador de Deus não agirá naquela pessoa

          Responder
          • Amber disse:

            Obrigado ! já vi pessoas que dizem que mesmo que se arrependa, peça perdão a Deus por ter falado algo que não devia, Deus não iria perdoar…isso é totalmente contraditório em relação a bíblia! se tivesse pecado,mesmo que a pessoa pedisse perdão sincero pra Deus e Deus não perdoasse, então o sacrifício de Jesus teria sido insuficiente!

          • Amber disse:

            Se a pessoa se voltar pra Deus pedindo perdão ele irá perdoar, se ele não perdoasse, isso faria de Deus um mentiroso.

          • André Sanchez disse:

            Exatamente. O único pecado que não é perdoado é a blasfêmia contra o Espírito Santo

  • Amber disse:

    Tenho uma dúvida ainda…esse pecado pode ser cometido nos dias de hoje? de que forma?

    Responder
  • Amber disse:

    Tenho uma dúvida ainda…esse pecado pode ser cometido nos dias de hoje? de que forma?

    Responder
  • matheus disse:

    bom dia!
    gostaria de saber se esse pecado é cometido de forma involuntaria ou por falta de conhecimento ? li quando jesus foi tentado e q o espirito levou-o ate o deserto e não soube na hora decifrar qual espirito depois cheguei em casa e fui pesquisar..não lembro se falei ou só pensei alguma coisa depois fui pequisar em casa e batei um arrependimento um medo..o sr acha que cometi esse pecado ?

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Matheus, em minha opinião não. Esse pecado só é cometido voluntariamente. Não acho que você o tenha cometido

      Responder
  • alefe de frança feitosa disse:

    parem com isso, Deus sabe dos seus pensamentos antes mesmo de pensarem, sabe das suas palavras antes mesmo de falarem! veja as profecias tudo o que o homem e os demônios pensaram em fazer Deus já sabia. vocês estão sendo SETADOS por forças demoníacas, não tenham medo disso porque eu passei por isso, e sei que não foi do meu coração pois amo a o PAI celestial o filho e o espirito santo de Deus mais que qualquer pessoa, e mesmo assim isso entrou na minha cabeça, fiquei com receio disso mas eu sabia que eu n poderia AMAR verdadeiramente e de tal forma que pareço estar apaixonado e no mesmo tempo estar pensando mal de Deus. isso é pensamentos que o demônio joga na mente, quando jogarem isso nunca pense que foram vcs pois é externo a sua mente, ou seja não veio da sua vontade em pensar ou imaginar qualquer coisa que seja, então não vem de você. eu ate hoje escuto vozes de demônios eles existem e são reais mas o disfarce deles é justamente agir em silencio confundindo suas mentes sem se mostrar a vocês. outra coisa importante ESPIRITO eu você os anjos e os demônios são, Deus tbm tem um ESPIRITO mas ele é SANTO e sempre foi e sempre será. o nome do Espirito Santo não é esse que chamamos, quando falamos achamos que é o nome, mas não é! eu mesmo já tive o privilegio de falar com o Espirito Santo de Deus. sou profeta pela graça e misericórdia de de Deus, pois não merecia isso. meus caros tomem cuidado com o coração duro do homem, que inventa as coisa que nunca viu e não sabe, é tanto que a humanidade não sabia nada de Deus, e só quem vem de Deus que poderia falar, como o profeta Jesus Cristo(pois ele veio em forma de servo, mas hoje foi glorificado e hoje ele é DEUS) ou quando Deus revela algo ha alguém, como é o caso de alguns profetas ex: Isaías. e outra coisa BLASFÊMIA contra o espirito santo vem em saber da existência dele e se levantar contra ele e sua LINDA, AMÁVEL, JUSTA e APAIXONANTE obra. quando entrar na sua cabeça toda “blasfêmia” contra Deus, sabendo você que n vem do seu coração somente repreenda nome de Jesus, pois ele sabe que n vem de Você e sim de DEMÔNIOS. e se escutar alguma voz de te dizendo que NÃO PERDOA repreenda fortemente e grosseiramente esse demônio que lhe fala mentira, pois ele tem boca e tem poder pra falar com você só não faz pq não quer que saibam dos planos deles. se não acreditam em demônios que falam com os homens perguntem a ex macumbeiros que pela graça e misericórdia de Deus hoje foram libertos! espero ter ajudado a vocês desse site! OBS: só existe um pecado que não tem perdão verdadeiramente o de tirar a própria vida, pois só temos o perdão(dos pecados) se em vida nós nos arrependermos dos pecados e aconselho ainda mais a vocês a terem raiva desse mundo injusto e imoral e repleto de demônios que a cada instante da sua vida querem lhe matar!!! que Deus esteja com todos vocês.

    Responder
  • alefe de frança feitosa disse:

    nós somos um espirito habitando uma carne, e quando aceitamos a jesus cristo nos somos batizados no espirito leia o livro de joão então nosso espirito é REFEITO e temos em nosso espirito e corpo o PAI o FILHO e o ESPIRITO SANTO habitando em nós como herança em acreditar jesus cristo pois ele é justo e desde criança foi justo, honesto, verdadeiro, sincero, amigo, fiel, e todos os adjetivo que provem do bem e uma das maiores alegrias de Deus é quando acreditamos em Jesus Cristo como filho e enviado de Deus pra nos ensinar a justiça e nos salvar, e não a condenação(como os homens fazem achando que fazem justiça), Deus nos ensinou AMOR e os profetas verdadeiros tem isso em seu coração e fazem tudo pelo AMOR ao próximo e AMOR a Deus, assim como Jesus Cristo fez! que Deus seja louvado, glorificado, santificado, adorado, AMADO, cheirado, abraçado, beijado, acariciado, que receba todas as honras e louvores pela sua grandeza, amor, carinho, cuidado, que tem conosco. que seu nome seja santificado eternamente, que o o santo de israel o deus criador com seu lindo e amado espirito desça sobre todos vocês e lhe preencham com todo o amor do pai, e que o espirito santo de Deus possa lhe consolar nesses momentos de ataque e aflição no santo nome de JESUS CRISTO! amem!

    OBS: ADMINISTRAÇÃO do site por favor coloca essas duas mensagens que enviei em evidencia no site, pelo amor de Deus ao próximo que precisa dessa palavra que vem de Deus. obrigado amigo. Deus te Abençoe!

    Responder

Seu comentário é muito importante! Comente! Regra 1 - Seja respeitoso - Regra 2 - Não aprovamos comentários de anônimos - Regra 3 - Não publicaremos mais comentários que não tenham a ver com o tema do artigo - Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.