É verdade que um pouco de ciúme é bom para o relacionamento?

Postado por Presbítero André Sanchez, em #VocêPergunta | Imprimir Imprimir
Você não acha que chegou a hora de você realmente CONSEGUIR ler e entender a Bíblia inteira? Eu quero ser o seu professor, vamos estudar a Bíblia de capa a capa (Gênesis a Apocalipse) em vídeo-aulas diretamente comigo, ai de seu celular, tablet ou computador no horário que você quiser! E ainda vou tirar suas dúvidas diretamente no ZAP. Vamos começar AGORA? Clique para saber mais...

Você Pergunta: Eu e meu marido temos uma boa relação, mas nem eu nem ele somos ciumentos. Algumas amigas dizem que isso é muito estranho, pois o ciúme dá uma temperada no relacionamento e faz com que seja melhor. Isso é verdade? Será que um casal pode ser feliz e ter um relacionamento abençoado sem serem ciumentos? Será que eu e meu marido estamos perdendo alguma coisa em nosso relacionamento não tendo pelo menos um pouco de ciúmes um do outro?

Cara leitora, esse é um assunto interessante, é importante esclarecermos alguns pontos para que haja um entendimento bíblico e equilibrado que contribua para um relacionamento à maneira de Deus, que é o tipo de relacionamento que, de verdade, fará o ser humano feliz.

É verdade que um pouco de ciúme é bom para o relacionamento?

Um pouco de ciúme ajuda o relacionamento?

(1) O dicionário define o ciúme como “receio ou despeito de certos afetos alheios não serem exclusivamente para nós. Inveja. Receio”. Na prática, isso significa que a pessoa que sente ciúmes deseja que determinado sentimento ou atitude de outra pessoa seja apenas e exclusivamente para ela. Esse sentimento muitas vezes desencadeia um desejo possessivo sobre outra pessoa, o que pode ser muito prejudicial, e geralmente é.

(2) Na maioria das vezes em que a Bíblia trata sobre o ciúme ela o trata como sendo um fruto da carne (Gálatas 5:20), ou seja, algo prejudicial e destrutivo nas relações humanas. Inclusive, no capítulo mais conhecido da Bíblia que fala a respeito das características do verdadeiro amor, é dito: “O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece” (1Coríntios 13:4). Isso nos mostra que o ciúme, na verdade, é um inimigo de uma relação e não um amigo como alguns pensam erroneamente.

(3) Muitas pessoas confundem o ciúme com o zelo cuidadoso pelo outro, pode ser o caso dessas suas amigas que te aconselharam. Sentir que a outra pessoa zela por você, que é fiel, que te ama de verdade, que tem atitudes carinhosas é o que todos querem, não há nenhum erro nisso, inclusive, isso deve existir muito nos relacionamentos. Mas isso não tem nada a ver com ser ciumento. A atitude de zelar pelo outro é muito abençoada e deve existir dentro de todas as esferas de relacionamento. Já o ciúme está mais ligado a um desequilíbrio desse zelo, onde a pessoa tem sentimentos de desconfiança frequentes e também de possessividade sobre o outro, coisas essas que não contribuem para um relacionamento melhor.

(4) Assim, melhor que cultivar o ciúme em um relacionamento (mesmo que seja um pouco), é cultivar o zelo um pelo outro. Isso pode ocorrer em formas de atitudes de confiança, de fidelidade, de carinho, de amor, de afeto, de atenção, de cuidado, enfim, todo tipo de atitude construtiva feita pelo outro com o objetivo de que o amor cresça e amadureça cada vez mais. Relacionamento maduros têm cada vez menos a presença do ciúme e cada vez mais a presença dos frutos do amor equilibrado. Quais são esses frutos? 1 Coríntios 13:4-7 nos ensina: “O amor é paciente, é benigno; o amor não arde em ciúmes, não se ufana, não se ensoberbece, não se conduz inconvenientemente, não procura os seus interesses, não se exaspera, não se ressente do mal; não se alegra com a injustiça, mas regozija-se com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”. Tempere o relacionamento com esses deliciosos temperos e ele será fantástico. Coloque nele o ciúme e ele começara a azedar mais cedo ou mais tarde.

Mais conhecimento da Bíblia em menos tempo?

Não sei se você é uma dessas pessoas que tem dificuldades de entender a Bíblia. Eu já fui e sofri muito! Mas não me dei por vencido, não me deixei ser derrotado pelos inimigos. E você, como anda sua leitura da Bíblia? Seu entendimento? Que tal melhorar nessa área da sua vida espiritual, aprendendo a entender assuntos da Bíblia de forma simples e rápida, ajudado por quem já superou as mesmas dificuldades que você enfrenta? Clique aqui agora e pegue seu Manual de estudos exclusivo

COMPARTILHE ESTE ESTUDO:

Mais Estudos Bíblicos (clique para ver):

*

Materiais para seu crescimento

Formação de Professores Para o Ministério InfantilFormação de Professores Para o Ministério InfantilO curso é direcionado para “Formação” do professor evangelista de criança, cada módulo apresenta de modo geral uma diretriz básica na formação do educador Saiba mais
Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (de Gênesis a Apocalipse)Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (de Gênesis a Apocalipse)Aprenda a entender a Bíblia de Gênesis a Apocalipse, no conforto de seu lar, em seu computador, tablet ou celular e com um professor à sua disposição Saiba mais
Kit – Curso Pregador Completo! Aprenda como preparar sermõesKit – Curso Pregador Completo! Aprenda como preparar sermõesConheça as ferramentas e técnicas para preparar sermões e se tornar um exímio pregador da palavra de Deus. Curso completo mais ferramentas Saiba mais
Curso de Memorização da Bíblia – Memo Bible 3000Curso de Memorização da Bíblia – Memo Bible 3000Você já tentou lembrar de um versículo ou fatos da Bíblia e não conseguiu? Este método vai te ajudar a memorizar tudo da Bíblia e com simplicidade! Saiba mais
Curso Livre Formação em TeologiaCurso Livre Formação em TeologiaVocê não tem muitos recursos financeiros e nem pode fazer um curso de teologia presencial? Conheça este curso! O melhor e mais acessível da atualidade Saiba mais
Clique aqui e veja mais materiais para seu crescimento cristão