- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

O que significa o reino dos céus ou reino de Deus está próximo?

A primeira vez que esta frase “o reino dos céus está próximo” foi dita na Bíblia foi pela boca do profeta João Batista, em Mateus 3:2: “Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus”. Aqui uma pequena observação inicial: reino dos céus e reino de Deus são a mesma coisa na Bíblia, são expressões sinônimas. Em alguns textos os autores usam reino dos céus e, em outros, reino de Deus para apontarem para as mesmas coisas que vamos explicar abaixo (por exemplo, veja: Marcos 1:15; Mateus 12:28).

O que significa o reino dos céus está próximo? [1]

O que significa reino dos céus e reino de Deus está próximo?

Mas o que João Batista estava querendo dizer com isso? Dizer que o reino de Deus está próximo é uma clara referência ao cumprimento das profecias do Antigo Testamento sobre a vinda do Messias. Jesus já havia nascido, estava na terra crescendo em sabedoria, graça e estatura (Lucas 2:52). O Rei dos reis aguardava apenas o momento certo para realizar a Sua obra. Em um primeiro sentido João Batista estava descrevendo o cumprimento dos planos de Deus, das profecias antigas que todos aguardavam e a urgência do arrependimento.

Leia também: Quais passagens do Antigo Testamento dizem que Jesus viria? [2]

Mais à frente, porém, temos o próprio Jesus usando essa expressão, vejamos: “Daí por diante, passou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus” (Mateus 4:17). A pregação de Jesus é a mesma de João Batista, mas agora a ótica é muito mais poderosa e clara!

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [3]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [4]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [5]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [6]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [7]
- Outros Materiais (Comece aqui) [8]

O reino de Deus está próximo, dito pela boca de Jesus, tem um forte significado não de tempo futuro, como se ainda não estivesse entre nós, como se estivesse perto, mas ainda chegando. Antes, o sentido é de lugar, de presença. Jesus está deixando claro que o reino dos céus está muito perto de nós, já chegou, está aqui. Daí a importância de uma resposta de cada um arrependendo-se e sendo participantes deste reino.

Leia também: Como posso receber de verdade o perdão de Deus? [9]

Mais tarde Jesus orientou os seus discípulos a também pregarem a mesma mensagem: “e, à medida que seguirdes, pregai que está próximo o reino dos céus” (Mateus 10:7). Em outras palavras, a pregação dos apóstolos e também a nossa hoje deve também ser esta: o reino de Deus está aqui, está diante de nós, vejam as nossas vidas, vejam a transformação que Deus promoveu em nós, vejam quão grande é a mensagem de Jesus! Vejam aqui a Palavra de Deus, a Palavra do Rei sendo cumprida! O reino de Deus está diante de vocês, está perto, está aqui e agora! O reino de Deus não é uma promessa para o futuro, mas uma realidade que vivemos agora e que se cumprirá de modo pleno e magnífico quando Jesus voltar segunda vez.

As marcas do reino dos céus devem ser mostradas no aqui e agora através da vida dos servos de Deus: “Curai os enfermos que nela houver e anunciai-lhes: A vós outros está próximo o reino de Deus” (Lucas 10:9). Quando somos crentes verdadeiros, quando cumprimos a palavra de Deus, quando somos santos, quando impactamos o mundo sendo sal e luz, mostramos e pregamos ao mundo que o reino dos céus está presente na terra, que está bem perto e que todos são chamados ao arrependimento e a fazer parte desse reino, respondendo a esse chamado de fé.

Dessa forma, o reino dos céus ou reino de Deus não está lá em um tempo futuro. Está aqui, está próximo, perto de nós. Precisamos, no entanto, notá-lo, prestar atenção nele e, claro, fazer parte dele de forma efetiva, pois fazendo assim estaremos agindo de acordo com o desejo do Rei desse reino, do Soberano que efetua em nós tanto o querer quanto o realizar.

Os dias vão passando e todas as profecias sobre esse reino se cumprirão. A plenitude desse reino se dará na segunda vinda de Cristo, no cumprimento de cada profecia dada por Deus. Porém, ele já está inaugurado e entre nós, basta que o notemos e façamos parte dele como nos ensina as Escrituras Sagradas.