Ilustrações Cristãs: Foi apenas um comentário!

Postado por em: Esboços e Ilustrações Quer receber os estudos bíblicos do Presbítero André gratuitamente em seu e-mail? Vagas limitadas, não deixe para amanhã, Cadastre-se grátis (em 30 segundos) clicando aqui

Um rapaz tinha um vizinho, mas não ia muito com a cara dele. Achava o vizinho soberbo, chato e desconfiava que ele não era tão bom caráter, apesar de não o conhecer muito bem. Um dia os dois vizinhos se estranharam, pois sumiu um bem muito precioso da casa de um deles. Logo, o homem que fora roubado desconfiou do vizinho que achava soberbo, pois todas as manhãs aquele vizinho andava estranhamente pela vizinhança e ficava olhando cada uma das casas que ali existiam.

Quando a polícia chegou, ele logo acusou o vizinho, achando que era o suspeito com mais probabilidade de ter feito aquele roubo.

Ilustrações Cristãs: Foi apenas um comentário!

A polícia, então, levou aquele vizinho para a delegacia e o manteve preso por alguns dias, pois não se sabia muito sobre a vida dele, e ele parecia ser a pessoa com a maior probabilidade de ter feito aquele roubo.

Dias depois, porém, após a investigação, os detetives descobriram uma câmera de segurança que conseguiu fazer imagens do ladrão levando apressadamente aquele objeto de valor. Para surpresa de todos, não era o vizinho acusado injustamente.

Veja também:
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui)
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui)
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui)
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui)
- Outros Materiais (Comece aqui)

Na audiência, o juiz do caso mandou chamar os dois vizinhos. Então, mandou que o vizinho que acusou o outro de roubo se levantasse e disse a ele:

– O que você tem a dizer sobre esse caso?

– Meritíssimo, foi apenas um comentário que eu fiz. Para mim ele ela o ladrão, então, disse isso aos policiais. Foi apenas um comentário, não é algo tão ruim assim, não acha?

O Juiz se levantou e ordenou:

– Escreva todos os comentários que você fez sobre seu vizinho em um papel. Vou te dispensar e você deverá picar esse papel em vários pedaços no caminho de sua casa e amanhã, nesse mesmo horário, te espero aqui para eu determinar a sentença sobre esse caso.

O homem, com medo do juiz, resolveu obedecer ao que ele havia mandando. Escreveu a acusação que fizera sobre seu vizinho, picou o papel e jogou os pedacinhos pelo caminho.

No dia seguinte, o juiz reabriu o julgamento e chamou aquele homem:

– Você fez o que te mandei?

– Sim, meritíssimo.

– Pois bem, agora faça o seguinte: Volte ao caminho da sua casa e pegue todos os pedaços de papel que espalhou ontem e traga para mim. Vamos! Agora!

– Mas, meritíssimo, isso é impossível! O vento deve tê-los levado, ou mesmo pessoas podem ter pegado algum pedacinho. Não tenho como juntar mais esses pedaços.

– Exatamente! Você chegou no ponto onde eu queria! Quando falamos o mal, a mentira, a calúnia, a injuria contra alguma pessoa, fazemos um comentário que se espalha a ponto de não mais conseguirmos contê-lo e nem consertar o mal feito. Por isso, antes de falar algo contra seu próximo, pense muito bem. Se o seu comentário é destrutivo e prejudicial ao próximo, é melhor que fique com a boca fechada.

Então aquele homem saiu cabisbaixo da sala de julgamento, mas compreendeu que se não tinha nada para falar de verdadeiro sobre o seu vizinho, deveria ter ficado calado.

Mais Estudos Bíblicos (clique para ver):

Compartilhe a Bênção:


> Curso Livre Bacharel em Teologia - Sem mensalidades e 100% online (vagas abertas - clique)

Recomendado Pra Você

Tem 33 anos, ama escrever e estudar a Bíblia Sagrada. Escreve artigos aqui no Blog Esboçando Ideias há mais de 7 anos. É membro da Igreja Presbiteriana Bela Jerusalém, onde atua como presbítero, líder do louvor e professor da Escola Dominical. É o autor do Método Como Ler a Bíblia e Entendê-la Mais Facilmente e do Manual Bíblico das questões difíceis da Bíblia. O presbítero André Já escreveu mais de 1200 artigos neste blog. Contato: andre@esbocandoideias.com

Comente usando seu Facebook ou use o sistema de comentários normal no fim da página

3 comentários

  • Charles Simão (@CCharlessim) disse:

    Apesar de já conhecer há bastante tempo essa ilustração, acho-a muito oportuna vê-la publicada aqui no blog porque na minha opinião essa atitude nefasta de caluniar e denegrir a reputação de alguém deixará muita gente (inclusive membros e líderes de igrejas) fora do Céu!

    Graça e Paz a todos!

    Responder
  • Marlon disse:

    E verdade isto acontece muito dentro e fora da igreja.

    Responder
  • Rosimeri Mendes disse:

    Bem verdade a ilustração eu já fui alvo de acusação sem deve nada……..este e um trabalho que inimigo mais gosta. …
    Acusa!

    Responder

Seu comentário é muito importante! Comente! Regra 1 - Seja respeitoso - Regra 2 - Não aprovamos comentários de anônimos - Regra 3 - Não publicaremos mais comentários que não tenham a ver com o tema do artigo - Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.