- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

É errado dar o dízimo em dinheiro e mensalmente? Na Bíblia não era assim?

Você Pergunta: assistindo a um vídeo na internet a pessoa disse que no Antigo Testamento o dízimo não era em dinheiro e que hoje dia dar dízimo em dinheiro é contra a Bíblia. Eu gostaria de saber se isso está certo mesmo. Qual seria a forma correta de dizimar hoje em dia? O dízimo só era válido se fosse de frutos da terra e animais? Em dinheiro era proibido?

Caro leitor, esse assunto de dízimo [1] sempre provoca discussões acaloradas, pois existe gente contra e gente a favor. Mas devemos sair desse “calor” de discussões infundadas e nos basear no que ensina a Bíblia Sagrada. Vamos juntos fazer algumas análises.

É errado dar o dízimo em dinheiro e mensalmente? Na Bíblia não era assim?

Como o dízimo era entregue na Bíblia?

(1) O primeiro mencionado dando o dízimo nas escrituras é Abraão, que deu o dízimo dos despojos de uma batalha ao rei e sacerdote Melquisedeque: “e bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus adversários nas tuas mãos. E de tudo lhe deu Abrão o dízimo” (Gênesis 14:20). Que “tudo” era esse que Abraão usou como base para dizimar? É bem provável que seja os bens citados em Gênesis 14:16 e mais aquilo que pegou da vitória da batalha. Nessa primeira menção sobre dízimos é bem provável que Abraão o tenha dado de coisas variadas (tanto dinheiro como algo precioso também, bem como até alimentos e animais).

(2) O dízimo depois passa a fazer parte da lei no tempo de Moisés, onde cada israelita [2] deveria tirar a décima parte de seus ganhos (dízimo) e trazer ao Senhor no local em que o Senhor escolheu: “Então, haverá um lugar que escolherá o SENHOR, vosso Deus, para ali fazer habitar o seu nome; a esse lugar fareis chegar tudo o que vos ordeno: os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta das vossas mãos, e toda escolha dos vossos votos feitos ao SENHOR” (Deuteronômio 12:11). É evidente que em uma sociedade onde a maioria das suas atividades eram ligadas à agricultura e à pecuária houvesse uma orientação em como dizimar focado na agricultura e pecuária: “No tocante às dízimas do gado e do rebanho, de tudo o que passar debaixo do bordão do pastor, o dízimo será santo ao SENHOR” (Levítico 27:32). Não faria sentido Deus exemplificar aqui como dizimar em dinheiro quando isso não era uma realidade da maioria das pessoas naquele momento.

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [3]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [4]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [5]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [6]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [7]
- Outros Materiais (Comece aqui) [8]

Não era permitido dar dízimos em dinheiro?

(3) Mas temos casos especiais em que o dízimo poderia ser em dinheiro. Por exemplo, quando a viagem até o lugar em que Deus escolheu para que os dízimos fossem levados fosse muito longa e levar cargas fosse algo complexo demais. Então, a pessoa poderia converter seu dízimo em dinheiro e levar: “Quando o caminho te for comprido demais, que os não possas levar, por estar longe de ti o lugar que o SENHOR, teu Deus, escolher para ali pôr o seu nome, quando o SENHOR, teu Deus, te tiver abençoado, então, vende-os, e leva o dinheiro na tua mão, e vai ao lugar que o SENHOR, teu Deus, escolher” (Deuteronômio 14:24-25). Isso deixa claro que o dízimo em dinheiro era também permitido nesse tipo de situação. Observa-se também que não existia nenhuma proibição na lei de que uma pessoa assalariada, ou seja, que tivesse seus ganhos em dinheiro, pudesse também dizimar dessa forma, já que não tinha animais e colheita.

Leia também: O que o Novo Testamento diz sobre dízimo? É obrigatório? [1]

Por que os dízimos não eram entregues mensalmente?

(4) Evidentemente que em uma sociedade agrícola e pecuária [9] os dízimos não eram entregues mensalmente, pois existia certo ciclo das colheitas e da criação de animais que deveria acontecer para só então a pessoa ter realmente algum lucro para dizimar. Isso explica porque os dízimos não são citados como mensais na Bíblia. Mas toda essa narrativa mostra, então, que se eu, um trabalhador que recebo meu salário mensalmente, resolver dar meu dízimo em dinheiro e mensalmente estarei errado? Evidentemente que não! Hoje nossa sociedade em grande parte não é mais do campo. Por isso, aqueles que desejam dar seus dízimos para a obra de Deus em que estão inseridos não estão errados nem em fazer isso em dinheiro e nem quando o fazem mensalmente caso recebam dessa forma. É preciso compreender que a forma com que as pessoas dizimavam no Antigo Testamento [10] era baseada no tipo de ganhos mais comum que tinham naquela época e que o foco do dízimo era honrar a Deus com a décima parte dos ganhos, sejam eles quais forem: “Honra ao SENHOR com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda” (Provérbios 3:9).