- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Por que José do Egito foi esquecido pelo faraó mesmo tendo feito tanto pelo Egito?

Você Pergunta: Algo me deixou intrigado em minha leitura: Como pode o faraó em Êxodo ter esquecido o que José do Egito fez pelo Egito? José liderou com grande maestria os esforços para estocar alimentos nos 7 anos de abundância e depois conduzir todo o processo nos 7 anos de fome. Isso certamente deixou grandes marcas no Egito [1]. Por que José não foi lembrado pelo faraó de Êxodo?

Caro leitor, nesse capítulo da história temos a Bíblia sendo bastante descritiva, mas não explicativa com tantos detalhes. Ou seja, a Bíblia descreve como ocorreu, mas não traz detalhes adicionais explicando pormenores como esse da sua pergunta. No entanto, nesse caso, podemos facilmente levantar algumas possibilidades que nos ajudam a entender porque José do Egito foi esquecido pelo faraó. Vejamos:

Por que José do Egito foi esquecido pelo faraó mesmo tendo feito tanto pelo Egito?

(Foto: Rede Record)

Por que José do Egito foi esquecido pelo faraó?

(1) De Gênesis 37 a 50 temos a narrativa da linda história de José do Egito, desde o momento onde foi vendido pelos irmãos, até seu triunfo como governador do Egito e sua morte. José fez grandes feitos no Egito. Alguns são citados na Bíblia de forma grandiosa: “Assim, comprou José toda a terra do Egito para Faraó, porque os egípcios venderam cada um o seu campo, porquanto a fome era extrema sobre eles; e a terra passou a ser de Faraó” (Gênesis 47:20). José tinha grande prestígio no Egito nessa época, o que o levou a declarar a seus irmãos: “Assim, não fostes vós que me enviastes para cá, e sim Deus, que me pôs por pai de Faraó, e senhor de toda a sua casa, e como governador em toda a terra do Egito” (Gênesis 45:8). Mas por que José do Egito foi esquecido?

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [2]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [3]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [4]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [5]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [6]
- Outros Materiais (Comece aqui) [7]

(2) O primeiro fator que podemos levantar é o tempo que se passou. Moisés relata isso no início da sua narrativa de Êxodo: “Faleceu José, e todos os seus irmãos, e toda aquela geração” (Êxodo 1:6). O tempo traz esquecimento. Isso é muito fácil de comprovar. Por exemplo, você se lembra do nome de seu tataravô? Provavelmente não, não é verdade? Esse é o efeito do tempo. No entanto, por que um homem como José, de tão grande importância histórica seria esquecido? É muito comum que nos lembremos de pessoas importantes da história, mesmo com certo tempo decorrido, pois elas são muito mencionadas devido seus feitos. Como explicar isso? Vejamos:

(3) O segundo fator que podemos levantar é que José era um estrangeiro fazendo sucesso fora de seu país. É muito provável que egípcios de gerações posteriores não tivessem muito interesse em exaltar um estrangeiro, ainda mais um que não cria em seus deuses e vinha de uma cultura totalmente diferente da deles. Esse pensamento pode ser o motivo de o nome de José do Egito ter sido como que apagado aos poucos da história dos egípcios, ao ponto de ser declarado: “Entrementes, se levantou novo rei sobre o Egito, que não conhecera a José” (Êxodo 1:8). Mas temos ainda um outro fator interessante!

(4) Sabemos que o faraó era a autoridade máxima no Egito. Ele assim era, pois era considerado um deus. O faraó da época de José do Egito certamente era dotado de maior humildade que outros, pois viu a mão poderosa de Deus agindo na ocasião da interpretação dos sonhos [8] e posteriormente no sucesso de José em seu trabalho. No entanto, por que outros faraós iriam se rebaixar diante de um estrangeiro que não tinham conhecido? Por que exaltariam um estrangeiro que poderia ofuscá-los? Isso pode ter levado os faraós que governaram entre a morte do faraó dos tempos de José e o faraó que escravizou os israelitas, a menosprezar qualquer honra a esse israelita e até mesmo “apagar” da história antiga o que ele fez, a fim de exaltarem a si mesmos.

(5) Todos esses motivos, então, nos levam a entender claramente porque José do Egito foi esquecido propositalmente no Egito, mesmo tendo feito grandes obras ali. E também porque os israelitas, que moraram ali por muitos anos, foram também hostilizados e transformados em escravos, sendo considerados uma ameaça a soberania nacional.