- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Por que existe o relato de duas criações do homem na Bíblia? Ele foi criado duas vezes?

Você Pergunta: Por que o livro de Gênesis cita a criação do homem duas vezes? No capítulo 1 de Gênesis é citado que Deus fez homem e mulher. Depois, no capítulo dois, temos novamente citado a criação do homem e da mulher. Gostaria de saber se isso indica que tivemos a criação de outros seres humanos antes de Adão e Eva, que ajudaram a povoar a terra? Ou temos alguma outra explicação para essas duas narrativas?

Caro leitor, muitos estudantes da Bíblia se confundem nessa questão. Inclusive existem pessoas que afirmam que Deus fez outros seres humanos antes de Adão e Eva [1] e que estes povoaram outras regiões da terra. Inclusive existem pessoas que afirmam que Deus fez outra mulher além de Eva e ela se chamava Lilith [2]. Mas vamos entender o que realmente significa a criação do homem e mulher narradas de formas diferentes em Gênesis 1 e 2.

Por que existe o relato de duas criações do homem na Bíblia? Ele foi criado duas vezes?

Deus criou duas vezes os seres humanos?

(1) Após o relato da criação de Deus de todos os elementos importantes à vida em Gênesis 1, temos o relato da criação de homem e mulher: “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra” (Gênesis 1:26). Observe que temos em Gênesis 1 um resumo que compreende toda criação de Deus, de forma que o leitor saiba como Deus fez. Esse resumo compreende tanto a forma como o planeta [3] ganhou a sua forma totalmente organizada para a vida, a criação dos animais, a criação de homem e mulher, tudo isso de forma direta e resumida em poucos versos.

(2) No capítulo 2 de Gênesis o que muitos não percebem é que NÃO estamos diante de uma nova criação, mas de um detalhamento da criação já mencionada no capítulo 1, mas agora com foco no detalhamento da criação, principalmente do homem e mulher com maiores pormenores. Logo no início é dito: “Esta é a gênese dos céus e da terra quando foram criados, quando o SENHOR Deus os criou” (Gênesis 2:4). Observe que essa frase mostra que o autor, a partir desse texto, passa a mostrar mais detalhes sobre a criação já realizada. Observe o trecho “quando foram criados”. O foco, claro, é no detalhamento da obra prima da criação de Deus já realizada, o ser humano.

(3) O autor passa a detalhar questões da criação já citadas em Gênesis 1. Veja: “Não havia ainda nenhuma planta do campo na terra, pois ainda nenhuma erva do campo havia brotado; porque o SENHOR Deus não fizera chover sobre a terra, e também não havia homem para lavrar o solo” (Gênesis 2:5). Observe que aqui o autor detalha como estava a terra criada e narrada em Gênesis 1:1-25, ou seja, antes do homem entrar nela. Ou seja, não é uma nova criação de uma nova Terra, mas uma citação da mesma já criada. E a partir de Gênesis 2:7 ele narra os pormenores da criação do homem e de como Deus estabeleceu um “casa” para ele: “Então, formou o SENHOR Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente…” (Gênesis 2:7). E mais à frente vem os detalhes da criação da mulher.

(4) Isso é suficiente para demonstrar que não temos duas criações, mas apenas uma. Mas para aqueles que são mais “desconfiados” é importante que pensemos que se realmente houvesse uma outra criação antes de Adão e Eva, a Bíblia entraria em uma grande confusão: Por que essas pessoas não teriam sido mais mencionadas? O que ocorreu com essas pessoas por conta do pecado de Adão e Eva, já que elas não teriam pecado? Por que Adão é citado na Bíblia como o primeiro criado e não essas pessoas? “Pois assim está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente. O último Adão, porém, é espírito vivificante” (1 Coríntios 15:45).

(5) Esses questionamentos e argumentos apresentados mostram que achar que houveram pessoas antes de Adão e Eva não é algo razoável e acaba por trazer muita confusão às narrativas bíblicas, além de deixar várias perguntas sem resposta. Por isso, a ideia de que Gênesis 2 é um desbobramento de Gênesis 1, onde existe detalhamento da criação já feita, é bastante correta e se harmoniza corretamente com as narrativas bíblicas.