- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Jesus Cristo não falou contra a homossexualidade na Bíblia? Sim, falou!

Você Pergunta: Eu tenho um amigo que é homossexual e nós conversamos numa boa sobre a Bíblia Sagrada. Ele me disse que um dos argumentos deles de que a Bíblia não proíbe a homossexualidade é que Jesus não disse nada contra na Bíblia. Ou seja, se Jesus não tratou da questão é porque não há nada de errado nela. O que posso dizer a ele?

Caro leitor, nunca antes tivemos um esforço tão grande para tentar enquadrar a Bíblia a uma causa. O sonho de muitos homossexuais tem sido encontrar na Bíblia a aprovação a essa prática ou algo que diga claramente que eles não estão errados. Mas, infelizmente, não existe tal versículo. Assim, o que sobra é tentar fazer malabarismos com textos bíblicos e lógicas infundadas, como essa de que Jesus por não ter falado sobre homossexualidade a teria aprovado. Mas será que Jesus não disse nada mesmo? Vejamos:

Jesus Cristo nunca falou contra a homossexualidade na Bíblia?

Jesus nunca falou sobre homossexualidade?

(1) Não temos nos evangelhos nenhum registro de Jesus Cristo falando diretamente sobre a homossexualidade. Porém, isso não significa que Ele não tenha se posicionado sobre a questão mesmo que indiretamente. Uma das falas mais claras de Jesus sobre isso está em Mateus 19:4-6: “Então, respondeu ele: Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e que disse: Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne? De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem”

(2) No texto acima Jesus afirma algumas verdades fundamentais que se chocam fortemente com os argumentos a favor da homossexualidade como, por exemplo, argumentos de que a pessoa nasceria homossexual. Analisemos mais profundamente:

a) Jesus afirmou que Deus criou homem e mulher: “Então, respondeu ele: Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher…”. Isso deixa claro que na ótica de Jesus não se nasce homossexual, ou seja, não existe uma terceira opção de sexualidade dentro do padrão de Deus. Deus fez da forma que fez, e a forma da criação é homem e mulher, macho e fêmea. Aqui cabe ressaltar que nem sempre uma verdade precisa ser dita diretamente para que seja dita. Por exemplo, se eu digo que aquele copo de leite está quente, indiretamente estou também afirmando que ele não está gelado. Quando Jesus mostra qual é o padrão de Deus, está claramente excluindo do padrão de Deus as outras posições defendidas por alguns.

Leia também: Jesus disse que as pessoas podem nascer homossexuais? [7]

b) Jesus afirmou que o casamento é entre homem e mulher: “Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne…”. Não temos da parte de Cristo qualquer tratamento para outros tipos de uniões fora do padrão de Deus, ou seja, uniões de homens com homens, mulheres com mulheres e outras. Isso mostra claramente que Cristo se posicionou sim sobre uniões fora do padrão de Deus quando afirmou o padrão de Deus.

c) Jesus afirmou a sexualidade entre homem e mulher e dentro do casamento: “e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne…”. O padrão de Deus mais uma vez é afirmado por Cristo agora falando da sexualidade. A sexualidade dentro da vontade de Deus, segundo a fala de Jesus, se dá quando da união entre um homem e uma mulher e dentro do casamento. É ali que se tornam uma só carne em conformidade com o desejo de Deus. O que está fora disso está incorreto.

Leia também: Não fazer sexo antes do casamento é uma invenção dos religiosos? [8]

(3) Tudo Isso nos mostra claramente que Jesus se posiciona de forma conservadora, ratificando a posição bíblica a respeito do padrão de união que Deus estabeleceu para o ser humano. Lembrando que nos tempos de Jesus temos o comportamento homossexual também de forma muito marcante na sociedade, principalmente no império Romano [9] através de seus imperadores que adotavam práticas homossexuais abertas. Sendo assim, Jesus se posiciona não diretamente sobre o tema, mas afirmando as verdades fundamentais da palavra de Deus sobre o padrão criado por Deus na sexualidade e uniões amorosas humanas.

(4) Sendo assim, é uma inverdade afirmar que Jesus Cristo não se pronunciou sobre a homossexualidade e isso seria um aval da parte Dele que apoiaria o comportamento homossexual. Devemos interpretar a Palavra de Deus de forma correta e rejeitar quaisquer malabarismos que visem adequar a Bíblia a qualquer visão. O que deve ocorrer é o contrário, qualquer visão deve se adequar aos ensinos da Palavra de Deus!