- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Os animais têm alma? O que a Bíblia ensina sobre isso?

Você pergunta: Eu sou apaixonada por bichinhos desde de criança. E todos que têm bichinhos sabem que a nossa maior dor é quando eles morrem. Sempre me perguntei se os animais têm alma, se são como nós, mas nunca achei essa resposta na Bíblia. Você pode me ajudar a compreender essa questão?

Cara leitora, essa é realmente uma pergunta muito interessante. Quero te convidar a analisarmos juntos à luz da Bíblia aquilo que é revelado sobre se os animais têm alma.

Os animais têm alma? [1]

Animais têm alma? O que a Bíblia diz?

(1) A primeira coisa que precisamos definir é o que entendemos por alma. Na Bíblia, alma e espírito são sinônimos e apontam para a parte imaterial do ser humano em todos os aspectos. É por isso que algumas vezes a Bíblia se refere, por exemplo, aos nossos sentimentos como alma (Salmos 13:2) e, em outras, usa alma para falar do nosso ser espiritual (Ezequiel 18:4). Para saber mais sobre essa questão de corpo, alma e espírito, leia este estudo clicando aqui [2]. Agora que definimos o que é alma, vamos considerar em nossa análise se os animais têm alma como os seres humanos têm.

(2) Quando analisamos a criação observamos a criação dos animais em Gênesis 1:20-25. Nessa criação não existe qualquer detalhamento falando a respeito de alma. Mas nos chama a atenção que é revelado que Deus fez os animais “segundo as suas espécies”. Isso nos ajudará a entender melhor a situação daqui a pouco. Continuemos: Já na criação do ser humano, encontramos dentro do detalhamento dado por Deus, que o ser humano foi criado à imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:26) e também que Deus o criou com corpo e alma ou espírito (Gênesis 2:7). Aqui temos uma diferença fundamental entre animais e seres humanos.

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [3]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [4]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [5]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [6]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [7]
- Outros Materiais (Comece aqui) [8]

(3) Feitas essas colocações podemos concluir algumas coisas: os animais não têm uma alma como os seres humanos têm, ou seja, uma parte imaterial imortal, sendo imagem e semelhança de Deus. O que os animais possuem é o instinto. O instinto foi dado por Deus a eles quando os criou “segundo as suas espécies”. Deus escreveu dentro deles leis naturais que cada espécie iria seguir. É por isso que cada espécie de animal age de uma forma, que algumas são selvagens enquanto outras se deixam domesticar, e outras diversas ações características de cada espécie. O instinto é o fôlego de vida do animal.

(4) Não podemos negar, no entanto, que existe certo nível de emoções e inteligência dentro do ser de cada animal. Veja este texto: “O boi conhece o seu possuidor, e o jumento, o dono da sua manjedoura…” (Isaías 1:3). Como um boi ou um jumento poderiam “conhecer” o seu dono se não existisse algo dentro dele que o possibilitasse interagir dessa forma como os seres humanos? Alguns entendem que isso poderia ser um indicativo de que os animais têm alma como nós seres humanos temos, no entanto, isso é pouco provável. O mais provável é que dentro do instinto dos animais exista essa capacidade, especialmente em espécies de animais domésticos; uma capacidade que permite que eles interajam com o mundo a sua volta, especialmente com os seres humanos.

(5) Alguns ainda usam o texto de Eclesiastes 3: 16-22, principalmente o verso 19 para afirmar que os animais têm alma: “Porque o que sucede aos filhos dos homens sucede aos animais; o mesmo lhes sucede: como morre um, assim morre o outro, todos têm o mesmo fôlego de vida, e nenhuma vantagem tem o homem sobre os animais; porque tudo é vaidade” (Eclesiastes 3:19). Analisando, porém, esse texto e o seu contexto, observamos que quando o autor fala de “fôlego de vida” não está falando da alma, mas do corpo e da morte igual de homens e animais, que quando morrem voltam ao pó. Logo mais à frente o autor fala sobre a alma dos homens de forma detalhada e esclarecida: “e o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu” (Eclesiastes 12:7).

Leia também: Para onde vai a nossa alma quando morremos? [9]

(6) Assim concluímos que, biblicamente, não temos elementos claros para afirmar que os animais têm alma como nós seres humanos temos. Antes, eles têm o seu instinto que os capacita a cumprir a missão que Deus deu a cada espécie dentro da natureza e também na interação com o ser humano dentro do período de vida de cada um.