- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

O que devemos fazer quando Deus diz não para as nossas orações?

Uma das grandes dificuldades do ser humano é lidar com os nãos da vida. Apesar de ser algo muito natural e cotidiano dizermos e recebermos nãos todos os dias, não é algo que aceitamos com muita naturalidade, principalmente quando recebemos nãos de Deus. Nãos que não estavam em nossos planos, que não desejávamos, que não aceitamos, muitas vezes.

Dois personagens bíblicos chamam a atenção sobre receber nãos de Deus. Um deles, Paulo, recebeu três nãos de Deus a três orações que fez: “Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim” (2 Coríntios 12:8). Deus disse não para as três vezes em que ele pediu. Outro personagem, ainda mais famoso que Paulo, foi Jesus Cristo. Ele estava a pouco tempo de ser entregue para passar pela dolorosa crucificação, e orou a Deus por duas vezes, pedindo que Deus o livrasse daquele momento: “E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível; passa de mim este cálice; contudo, não seja o que eu quero, e sim o que tu queres” (Marcos 14:36 – veja também o versículo 39). Deus também respondeu não a Jesus, pois a missão Dele era morrer naquela cruz.

O que Jesus e Paulo têm a nos ensinar a respeito dos nãos de Deus e de como devemos encará-los? Vejamos algumas lições preciosas, pois todos nós receberemos nãos de Deus em nossa vida em algum momento:

O que devemos fazer quando Deus diz não para as nossas orações? [1]

O que devemos aprender quando Deus diz não?

(1) Aprenda a hora de parar de orar por algum pedido

A nossa maior dificuldade na vida e nos livrar de coisas que Deus não quer que tenhamos. Algumas de nossas orações são insistentes, e devem ser assim, a menos que saibamos que Deus nos disse um não. Nesse caso, é hora de parar de orar por aquilo, é hora de aceitar o não de Deus, de voltar os olhos para o caminho que Deus indicou e não o nosso. Paulo, depois de ter orado por três vezes, entendeu que Deus tinha um propósito com aquele espinho na carne e que, mesmo na dor, Deus o levaria a ficar fortalecido para vencer aquilo. Jesus Cristo também teve em mente que era a hora de parar de orar por aquilo e enfrentar a via dolorosa. Devemos buscar ter essa sensibilidade para estarmos afinados com a vontade de Deus.

Leia também: O que pode significar o silêncio de Deus? [2]

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [3]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [4]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [5]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [6]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [7]
- Outros Materiais (Comece aqui) [8]

(2) Aprenda a confiar na vontade de Deus

Quando a vontade de Deus é diferente daquilo que queremos, isso gera desconfiança em nosso coração. Gera desconfiança porque achamos que os caminhos que desejamos devem ser os melhores caminhos a trilharmos. Nesse caso, Jesus nos ensina algo precioso para enfrentarmos os preciosos nãos de Deus: “… contudo, não se faça a minha vontade, e sim a tua” (Lucas 22:42). Jesus confiava na vontade de Deus acima da Sua, ainda que ela não fosse o que desejava o coração atribulado Dele naquele momento. A vontade de Deus é a nossa fortaleza, é a certeza de que estaremos no melhor caminho, na melhor direção. Não é fácil confiar na vontade do Pai, principalmente nos momentos de dor, angustias e tristezas. Mas é necessário fazermos isso e enfrentarmos os nãos de Deus como bênçãos para as nossas vidas e não como maldições.

Leia também: O que fazer quando Deus não responde as minhas orações? [9]

(3) Aprenda a enfrentar o não de Deus com a cabeça erguida

Alguns, ao receberem um não ficam desanimados, na linguagem infantil “ficam de mal” de Deus, da vida, das pessoas. Fazem birra, como se tudo isso servisse para alguma coisa positiva. A atitude de Paulo e Jesus é um exemplo. Ao receberem o não de Deus eles não ficaram se lamentando, murmurando, antes, levantaram a cabeça, entenderam o propósito de Deus e seguiram firmes. Jesus foi ser crucificado. Paulo foi plantar igrejas e pregar o evangelho aos gentios. O que você faz quando recebe um não de Deus? Que não seja abaixar a cabeça e virar um murmurador!

(4) Aprenda a viver plenamente em cenários desafiadores

Paulo e Jesus são exemplos de grandes homens de Deus. Diante dos nãos que receberam de Deus aprenderam a enfrentar os cenários dolorosos e desafiadores que passaram. Jesus Cristo ergueu a cabeça e enfrentou a morte de cruz, com todas as dores que ela lhe trouxe. Paulo, com seu espinho na carne, enfrentou a sua fraqueza e fez dela força para desbravar os mais difíceis terrenos para evangelizar. Qual é o cenário desafiador que Deus está te dando? Viva plenamente nele! Viva com Deus nele. Faça dele uma bênção para sua vida e para o próximo! Foi isso que Paulo e Jesus fizeram.

Leia também: O que era o espinho na carne que Paulo teve de suportar? [10]

Dessa forma, não veja os nãos de Deus como se Ele tivesse o prazer de te negar coisas apenas para te fazer sofrer. Não! Deus tem planos para a sua vida! E esses planos incluem, muitas vezes, que sejamos podados em nossas pretensões que vão contra o que Deus quer para nós. Deus, amorosamente, nos coloca de volta no caminho que Ele quer quando nos diz um não. Saibamos reconhecer isso, ainda que difícil, para que tenhamos uma vida abençoada na presença de Deus.