- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

A igreja está acabando com meu casamento, o que devo fazer?

Você Pergunta: Vou ser bem sincera para o senhor, a igreja está acabando com meu casamento! Eu sempre sonhei que meu marido se convertesse, orei muito por isso. Depois da conversão dele, alguns anos atrás, ele vive quase 24 horas dentro da igreja. Nada mais para ele tem valor, somente a igreja, os cultos, as programações. Já faz muito tempo que não saímos só nos dois, que ele não tem tempo para mim e para nosso filho. Sempre que questiono ele, a resposta é que Deus é em primeiro lugar na vida dele. Eu sei disso, mas e nós? Em que lugar nós estamos? Estou muito triste, não sei o que pensar. Como devo agir com ele para que ele entenda que nós também somos importantes na vida dele?

Cara leitora, existe um grande risco na vida de todos nós, que é o de trocarmos as prioridades de lugar. Quando fazemos isso, as coisas desandam em nossa vida, pois prioridades devem estar em seus devidos lugares, caso contrário, áreas de nossas vidas serão muito afetadas. Creio que não é a igreja [1] que esteja acabando com seu casamento, mas a forma com que seu marido tem elencado as prioridades dele, deixando vocês à margem. Gostaria de deixar algumas orientações para te ajudar a resolver essa questão:

A igreja está acabando com meu casamento, o que devo fazer? [2]

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [3]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [4]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [5]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [6]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [7]
- Outros Materiais (Comece aqui) [8]

Meu marido vive na igreja, o que fazer?

(1) Creio que a primeira coisa a ser feita é no campo da oração [9]. Orar pela vida dele é muito importante. Apesar de estar colaborando de certa forma com a obra de Deus, ele está invertendo as prioridades corretas da vida dele, e isso é o que tem trazido esses problemas. A igreja tem o seu lugar, mas nunca deve ser colocada antes da família. No campo da oração, ore para que Deus abra os olhos dele para essa realidade.

(2) Além de orar, é preciso que você também o confronte sobre essa questão. Minha sugestão é que você programe uma conversa a sós, em um lugar tranquilo, onde possam conversar com tranquilidade, sem interrupções. Nessa conversa é importante que você seja sincera com ele, expondo como tem se sentido e cobrando dele uma postura mais correta a respeito da priorização da família na vida dele.

(3) Creio que seja interessante que você use também uma base bíblica para expor o erro dele com amor e visando a restauração. Um texto muito importante é o de 1 Timóteo 5:8: “Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente”. Diga a ele que tem se sentido negligenciada, que vocês não têm saído mais, que ele não tem cuidado do casamento, dedicado um tempo de qualidade a vocês, que o filho de vocês sente a falta de um pai mais presente, etc. É importante que ele entenda que você o ama e que espera que ele faça o papel de marido e pai na vida de vocês. Tenho certeza que essa conversa franca irá mexer com o coração dele.

(4) Como não conheço seu marido, vou deixar aqui mais uma dica importante: A maioria dos homens cristãos verdadeiros, certamente, diante de uma conversa carinhosa da esposa, pensarão em mudar as suas atitudes, serão impactados com essa conversa. Mas existem homens que chamo de cabeças-duras. Esses são mais difíceis, temperamentais, complicados, cheios de si, etc. Se seu marido for assim, talvez seja importante conversar com o pastor da igreja e pedir que ele também converse com seu marido, a fim de ajudá-lo a ser mais equilibrado nas escolhas das prioridades e no cuidado da família. Uma boa opção é um aconselhamento matrimonial, onde os dois possam conversar com uma pessoa neutra e que possa ajudá-los a pensar melhor sobre essa questão e chegar a uma solução boa para a família no que se refere as prioridades de vida.