- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

5 passos para ter uma vida de oração mais produtiva e proveitosa

Orar é algo que a Bíblia nos ensina em praticamente todas as suas páginas. Todos os servos de Deus oravam. Todos mantinham essa forma de comunhão com Deus e a incentivavam. Mas, apesar disso, sabemos que a oração sempre é uma grande batalha em nossa vida. Isso porque nossa natureza humana e os inimigos da nossa alma (o diabo, o mundo e nós mesmos) sempre se levantam quando estamos decididos a ter uma maior comunhão com Deus. Vemos isso de forma prática nas dificuldades que temos para orar. Muitas pessoas sentem sono, desânimo, passam o dia tão depressa, tão ocupadas que acabam não orando. Mas será que isso tem uma solução prática? É o que vou ensinar hoje nesse pequeno estudo.

5 passos para ter uma vida de oração mais produtiva e proveitosa [1]

Como ter uma vida de oração mais produtiva?

Passo 1 – Por que você vai orar?

Entender as razões pelas quais fazemos certas coisas é muito importante para sustentar a nossa decisão de fazê-las, vencendo todos os obstáculos que se levantarem. Quando sabemos as razões para orarmos, a nossa decisão de orar fica mais forte! Por que você quer orar? Tente responder para você mesmo essa pergunta. Algumas respostas poderiam ser: porque é importante, porque existem muitos motivos para intercedermos, porque confio no poder de Deus, porque sei que Deus ouve, porque preciso de mais comunhão com o Pai, porque preciso me fortalecer espiritualmente, etc….

Passo 2 – Quando você vai orar?

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [2]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [3]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [4]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [5]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [6]
- Outros Materiais (Comece aqui) [7]

Qualquer atividade sempre será realizada dentro do nosso tempo. Quando esperamos passivamente sobrar tempo para orar, o fato é que não vamos orar. Nossa natureza sempre vai pender para a distância de Deus e não para se aproximar Dele. Isso significa que se você não se organizar, você não terá uma vida de oração, pode ter certeza. Sendo assim, pare agora por um instante e escreva em um papel quando você irá orar. Vai ser quando? Antes de ir trabalhar? Na hora do almoço? No final do dia? Você precisa definir quando fará essa atividade e fazê-la constar em sua programação das atividades a serem feitas no seu dia.

Passo 3 – Quanto tempo você vai orar?

Se você tem tido dificuldades na sua vida de oração, não adianta achar que do dia para a noite você conseguirá separar uma hora inteira para orar. Isso não irá acontecer. Ao contrário disso, separe um tempo realista. Que tal, por exemplo, separar as suas orações do dia em três períodos de cinco minutos? Quando? Cinco minutos de oração antes de sair para trabalhar, cinco minutos na hora do almoço e cinco minutos antes de dormir. Faça a sua programação de forma realista e, com o tempo, você pode ir aumentando. O mais importante é você determinar esse “quando”. Se você não determina quando fará suas orações, outras atividades irão tomar conta do seu tempo e, mais um dia, você não irá orar.

Passo 4 – Onde você vai orar?

Apesar de podermos orar em qualquer lugar, penso que, por exemplo, orar na sala assistindo televisão não seja algo muito produtivo. Busque um local que facilite sua oração, que lhe traga paz, privacidade e sossego, pois orar é falar e também ouvir a Deus. Procure um local que facilite a sua concentração e que te passe paz. Porém, se não achar esse local, arrume um bom fone de ouvido, feche os olhos e ore ao Senhor. Na falta da situação ideal, devemos orar mesmo que não tenhamos a situação mais ideal possível

Passo 5 – Pelo que você vai orar?

Pensar em como você vai orar é algo muito importante também. É muito comum separarmos um tempo de oração e, quando chega na hora de orar, ficamos com a mente “voando”, pensando em mil coisas e, quando percebemos, acabou o tempo de oração e não oramos nadica de nada! Por isso, é muito importante que você não confie apenas em sua memória. Minha recomendação é que você tenha o seu caderno de oração ou uma folha de oração onde você escreve todas as semanas os motivos de oração pelos quais você quer orar. Isso vai te ajudar a focar mais no que está fazendo e evitar distrações em sua mente. Sem contar que vai te ajudar a saber mais precisamente pelo que está orando.

E você, tem alguma dica para melhorar a vida de oração? Escreva nos comentários!