- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Preciso participar de todas as programações da igreja para ser envolvido com a obra?

Você Pergunta: Sou cristã há cerca de 2 anos e faço parte de uma pequena igreja em meu bairro. Eu sou uma pessoa muito envolvida com a obra de Deus, mas também trabalho, estudo e sou casada. O problema é que meu pastor insiste que devo participar de todas as programações da igreja e isso tem me deixado muito cansada e causado problemas com meu marido. Eu vou à igreja praticamente todos os dias. Quando eu falto por algum motivo sempre me questionam porque eu não fui e me falam várias coisas. Será que se eu não ir algumas vezes à igreja é pecado? Tenho que ir em todas as programações para estar envolvida na obra de Deus? Por favor, me ajude.

Cara leitora, a situação que você enfrenta infelizmente é enfrentada por muitas pessoas hoje em dia por causa da falta de uma orientação mais centrada na Palavra de Deus por parte das lideranças de algumas igrejas. Vamos refletir um pouco sobre a sua situação e pensar em alguns pontos importantes a considerar sobre ela:

Preciso participar de todas as programações da igreja para ser envolvido com a obra? [1]

Preciso ir à igreja todos os dias?

(1) A obra de Deus não acontece apenas dentro de um templo. É evidente que as reuniões em comunidade são importantes e têm o seu lugar, mas não podemos reduzir a realização da obra de Deus a reuniões na igreja, pois a obra é muito mais do que isso. Ela pode acontecer em qualquer lugar.

(2) Vejo com muito receio igrejas que entopem a semana de seus membros com reuniões e meio que os “obrigam” a participar de todas com o argumento de que apenas fazendo isso estarão fazendo a obra de Deus, fazendo com que eles fiquem quase que morando na igreja. Geralmente essas pessoas acabam tendo problemas na família, no trabalho e nas relações interpessoais porque acabam virando pessoas bitoladas e 100% centradas apenas em atividades na igreja. Não sobra tempo para viver o evangelho na sociedade. Isso é um ativismo muito prejudicial.

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [2]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [3]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [4]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [5]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [6]
- Outros Materiais (Comece aqui) [7]

(3) A nossa vida não é feita apenas de uma área. A igreja tem o seu lugar, mas é muito importante equilibrar as prioridades para que haja saúde. Por exemplo, foi citado em sua pergunta que você está tendo problemas com o marido por conta do exagero nas saídas de casa para ir à igreja. E ele tem razão! Quanto a isso, veja o que a Bíblia diz: “Ora, se alguém não tem cuidado dos seus e especialmente dos da própria casa, tem negado a fé e é pior do que o descrente” (1Timóteo 5:8). Isso mostra claramente que existem prioridades que a Bíblia nos manda cuidar com todo zelo. Não podemos negligenciá-las. Uma delas é a nossa família. Se as saídas exageradas para ir à igreja estão prejudicando o casamento, algo está errado e precisa ser consertado.

(4) Em minha concepção a ordem das prioridades em nossa vida deve ser: Deus, que é o primeiro lugar; depois nossa família, em segundo lugar; depois nosso ganha-pão em terceiro; e só depois a igreja. Veja, não devemos confundir a “igreja” com Deus. Deus é a prioridade máxima. Já a igreja tem também o seu lugar, mas desde que as prioridades anteriores estejam em ordem. Explico: Se vou à igreja, mas não tenho Deus em primeiro lugar em minha vida, logo, está errado. Se sou um grande colaborador na igreja, mas minha família não tem minha atenção, está errado.

(5) A grande sacada é o equilíbrio entre as coisas que são prioridade em nossa vida. Saber dosar o nosso tempo e a nossa presença nas diversas ocasiões importantes é o segredo para a saúde da agenda e das relações. Busque dar boa atenção à sua família, ter momentos de qualidade com eles e também participar da igreja em alguns momentos onde puder fazer isso. Não há a necessidade de ir à igreja todos os dias para estar envolvida com a obra. Mas também não ir quase nunca não é bom. O segredo é o equilíbrio. Ajuste isso com sua família, com seu trabalho e compromissos e será uma bênção. Eu, por exemplo, exerço um cargo de liderança na igreja, tenho diversos compromissos com ela. Mas de forma alguma deixo de separar momentos para me doar totalmente a minha esposa e a minha filha, ainda que exija que eu falte de alguma programação. Eu e meus irmãos nos revezamos na obra, dando a cada um a oportunidade de ser bênção tanto na igreja quanto em outras atividades também importantes.