- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Meu marido tem me trocado pela pornografia. O que fazer?

Você Pergunta: Estou muito triste. Já faz um tempo que venho percebendo que meu marido não me procura como antigamente. Quando questiono ele sobre isso, ele me dá um monte de desculpas, diz que está cansado, que está trabalhando muito, etc. Mas já vi no computador e no celular dele vários filmes e imagens pornográficas e, às vezes, ele fica até tarde da noite acordado para ver pornografia [1]. O que devo fazer? Nós dois somos cristãos e creio que essa situação não tem agradado a Deus.

Cara leitora, esse é um problema que é enfrentado por milhares de pessoas, já que a pornografia tem sido muito difundida no mundo e com cada vez mais liberdade (e muitos a consideram algo normal). Antigamente era mais velada, mas hoje a vemos na tevê, nas ruas, em outdoors, e a apenas um clique através da Internet. Muitos casamentos têm sido prejudicados pela pornografia. Apesar de alguns acharem-na inofensiva, na realidade não é. Sobre seu marido ver pornografia e estar desinteressado em você, vamos pensar em algumas questões:

Meu marido vê pornografia. O que fazer? [2]

Meu marido vê pornografia. O que fazer?

(1) Creio que a primeira coisa a ser feita é na área da oração. Como você mencionou que vocês dois são cristãos, você poderia começar a chamá-lo para orar todos os dias por alguns instantes e mencionar em suas orações que deseja que Deus dê a ele mais interesse por você. A Bíblia diz que “…Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo” (Tiago 5:16). Quem sabe nesses momentos de oração “caia a ficha” dele e perceba que precisa mudar a postura não só com você, mas também diante de Deus, já que ver pornografia não é algo que agrada a Deus.

(2) Mas é provável que, inicialmente, ele fique incomodado com essas orações. Se esse pecado de ver pornografia estiver enraizado na vida dele como um vício, talvez ele esteja já com o coração insensível ou mesmo bastante ferido por estar tentando lutar contra esse vício. Nesse caso, o segundo passo é o diálogo. Ache um momento certo para confrontá-lo com amor. Diga que sabe que ele vê pornografia e que se sente muito triste por isso, pois o ama muito e que gostaria que a vida de casados de vocês fosse diferente nessa área. É muito importante reforçar os sentimentos nessa conversa, sem esconder nada. Esse tipo de conversa é dura, mas pode resultar no início do processo de cura.

(3) Agora vamos olhar para o seu coração, leitora. Eu sei que isso é um golpe muito duro no coração da mulher. O fato do homem fantasiar com outras mulheres fere o coração da esposa. Mas como estou vendo em você uma postura de buscar a solução para o problema, creio que está disposta a perdoá-lo para o bem da relação. Será muito importante que você também trabalhe seu coração para que haja perdão e cura e uma disposição para o recomeço, deixando o passado no passado. Não vai ser fácil, mas é importante que você desde já comece a buscar a presença de Deus em busca da cura da ferida que está em seu coração. Deus tem poder para sarar os corações: sara os de coração quebrantado e lhes pensa as feridas” (Salmos 147:3).

(4) Algo a se pensar é que não é incomum que casais com temperamento muito diferente e já muito distantes pelo fato de o problema não ter sido tratado logo, já estejam bem insensíveis um com o outro. Se esse for o caso de vocês, isso vai gerar muita dificuldade de diálogo e de entrarem em um acordo sobre a situação. Alguns preferem fingir que o problema não existe e o negam até o fim. Nesse caso é importante recorrer a pessoas cristãs de confiança que possam ajudar o casal a alcançar a cura nessa área. Geralmente o homem cristão fica com muita vergonha quando é descoberto em um pecado na área sexual e não quer se expor de modo algum. Aí entra a oração e a força da ação de Deus. Quando não se consegue resolver o problema sozinhos, é importante procurar ajuda, afinal, a cura da relação vale a pena. A ajuda é algo muito importante: Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados” (Tiago 5:16).

(5) Assim, cara leitora, e também outras mulheres que passam por esse problema, vale lembrar o que a palavra de Deus diz a respeito da mulher sábia: “A mulher sábia edifica a sua casa, mas a insensata, com as próprias mãos, a derriba” (Provérbios 14:1). Que vocês sejam sábias e vitoriosas em seu lar, ajudando os maridos a vencerem a pornografia e ajudando a trazer os maridos novamente para o centro da vontade Deus, construindo uma família sólida para a glória de Deus!