- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

É correto chamar os músicos da igreja de levitas?

Você Pergunta: Sou líder do ministério de louvor da minha igreja há vários anos e sempre me apresento dizendo que sou levita na obra do Senhor. Alguns dias atrás um irmão me questionou a respeito disso, dizendo que não existem mais levitas. Gostaria de saber se existe algum erro da minha parte em me apresentar como levita da obra do Senhor.

Caro leitor para responder a sua pergunta biblicamente, vamos avaliar o que a Bíblia [1] diz a respeito dos levitas, de quem eles eram, o que faziam. Saber disso é imprescindível para termos uma posição bíblica sobre o assunto.

É correto chamar os músicos da igreja de levitas? [2]

Quem eram os levitas na Bíblia?

(1) Do ponto de vista genealógico os levitas eram descendentes de Levi, filho do patriarca Jacó com Lia (Gênesis 29.34). Com o passar dos anos os levitas viraram uma tribo de Israel, porém, não faziam parte das 12 tribos de Israel [3], pois foram escolhidos por Deus para um trabalho especial e, por isso, não tiveram um território próprio na terra prometida, antes, viveram em meio as possessões das outras tribos (Números 35.2). Ou seja, para ser um levita era necessário ser descendente de Levi.

(2) Do ponto de vista do trabalho que Deus os incumbiu, os levitas pertencentes a família de Arão, irmão de Moisés, foram escolhidos para trabalharem diante de Deus como sacerdotes (Êxodo 29.44). Arão foi o primeiro Sumo Sacerdote [10] e seus filhos os primeiros sacerdotes da Lei. Além deles uma parte dos levitas que não eram da família de Arão foram designados por Deus para os trabalhos no tabernáculo e mais tarde no tempo: “mas incumbe tu os levitas de cuidarem do tabernáculo do Testemunho, e de todos os seus utensílios, e de tudo o que lhe pertence; eles levarão o tabernáculo e todos os seus utensílios; eles ministrarão no tabernáculo e acampar-se-ão ao redor dele.” (Números 1. 50)

(3) Do ponto de vista das funções, além de sacerdotes os levitas também serviam a Deus como cantores, instrumentistas, guardas, porteiros, padeiros, enfim, tudo que era relacionado ao que era realizado no tabernáculo [11] ou no templo era de responsabilidade dos levitas (conferir 1 Crônicas 9.26; 9.32; 15.22). Os levitas não eram apenas músicos como muitas pessoas pensam. Eles realizavam um enorme número de funções diferentes.

(4) No Novo Testamento não temos qualquer menção de que as pessoas que realizam algum trabalho na obra de Deus sejam chamadas de levitas. Pelo contrário, vemos que, por exemplo, o sacerdócio agora é de cada crente e não mais de um grupo específico: “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as grandezas daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz” (1Pe 2:9).

(5) Assim, concluo que usar o termo levita para os músicos da igreja hoje em dia não é algo que se encaixa nas definições bíblicas que temos do que é um levita. Alguns dizem que usam a palavra em um sentido mais amplo e figurado, mas isso traz mais confusão do que esclarecimento e é algo totalmente desnecessário, pois a referência bíblica que temos de levita é que expliquei acima e ela não se encaixa nesse tipo de uso.