- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

E se os pregadores da teologia da prosperidade se convertessem e pregassem o Evangelho verdadeiro?

Todo homem de Deus verdadeiro tem prazer em ver pessoas que estão longe do caminho do Senhor possam se arrepender e dedicar-se totalmente a Deus e a propagação das boas novas de salvação. Inclusive a própria Bíblia diz que “haverá maior júbilo no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.” (Lc 15. 7). Por isso gostaria de fazer um breve exercício do que seria o arrependimento de alguns homens que têm deixado o verdadeiro Evangelho e pregado outro, estranho ao que diz a Bíblia Sagrada.

O que aconteceria se alguns dos pregadores mais famosos de hoje em dia se arrependessem? [1]O que aconteceria se Edir Macedo, R.R. Soares, Valdemiro Santiago, Silas Malafaia, Estevan Hernandes, Rene Terra Nova e muitos outros se arrependessem de sua teologia da prosperidade e de outras teologias heréticas e abraçassem a verdadeira fé e o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo?

UM GRANDE IMPACTO POSITIVO NA IGREJA BRASILEIRA

Não podemos negar que esses homens tem talento em se comunicar, cativam as pessoas e têm forte influência na sociedade de hoje. Suas palavras (uma parte delas heréticas) contagiam multidões. Se fossem homens convertidos e se as palavras que proferissem fossem simplesmente o Evangelho que prega a Jesus Cristo o Salvador, eles falariam cheios do poder de Deus e, certamente, causariam um impacto muito positivo na igreja brasileira, apresentando a mensagem tal qual como os apóstolos nos entregaram. Seria um reboliço (positivo) a conversão deles! Não podemos negar que eles têm em mãos uma poderosa mídia de divulgação que se bem usada poderia sim glorificar em muito o nome do Senhor e trazer algo positivo para a igreja de Cristo no Brasil.

UM GRANDE IMPACTO POSITIVO NA IGREJA EM OUTROS PAÍSES

Sabemos que o povo brasileiro é muito solicitado e aceito em campos missionários pelo mundo. Se os tais homens citados deixassem de pregar apenas a prosperidade financeira e outras heresias e trouxessem a verdadeira mensagem do Senhor, creio que haveria uma grande mover para missões, tal qual nos é apresentado na Bíblia e tal qual foi abraçado com todas as forças pelos primeiros cristãos. O foco deixaria de ser o egoísmo e passaria a ser a missão de cada um e da igreja como um todo. A mensagem deixaria de ser antropocêntrica e seria cristocêntrica; e isso causaria grande mudança no cenário mundial.

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [2]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [3]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [4]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [5]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [6]
- Outros Materiais (Comece aqui) [7]

UM GRANDE IMPACTO POSITIVO NA SOCIEDADE

Assim como a conversão de Zaqueu provocou um grande impacto em sua sociedade, pois ele mudou de vida (de verdade) e devolveu tudo que havia roubado, voltando a ser um homem de bem, creio que se esses homens se entregassem totalmente à mensagem do Evangelho, a sociedade seria impactada muito positivamente. O exemplo de Paulo também é pertinente. De fariseu passou a cristão verdadeiro e proclamador da Palavra de Deus. Hoje, apesar das igrejas estarem cheias de pessoas em busca “de Deus”, a sociedade vê com maus olhos a igreja de um modo geral, pois não buscam o Deus verdadeiro, mas seus próprios interesses. E essa visão “ruim” da sociedade acontece justamente pela contribuição maléfica que esses senhores e senhoras fazem à sociedade. Talvez com a mudança acontecendo na vida desses homens, somadas às vidas de outros milhares que vivem de verdade o Evangelho, teríamos as qualidades da primeira igreja e a sociedade seria impactada: “Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam pão de casa em casa e tomavam as suas refeições com alegria e singeleza de coração, louvando a Deus e contando com a simpatia de todo o povo. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos.” (At 2. 46-47)

NÃO HAVERIA PROBLEMAS DE FALTA DE DINHEIRO PARA A OBRA DE DEUS

A maior preocupação de muitos, a falta de dinheiro, em minha opinião, não seria um problema significativo. Quem é o dono da obra é Deus, assim, quando se faz a obra pautado nos valores bíblicos, e quando as pessoas vivem esses valores, quando são incentivadas por seus líderes a isso, não há falta de nada. Tudo é suprido pelo Senhor no momento certo! Cada um contribuí e faz parte da obra de Deus com tudo que é e com tudo que tem. Não é necessário apelar e até extorquir as pessoas como se vê hoje em dia.

A IGREJA ESTARIA MAIS UNIDA E FORTALECIDA

Não podemos negar que as atuais pregações desses senhores têm trazido muitos prejuízos e divisões à igreja visível. Sim, pois em muitas de suas mensagens afirmam heresias destruidoras que outrora já foram combatidas pelos apóstolos de Cristo, mas que voltam com força para minar as forças da igreja de Cristo e trazer a ela tempos de grandes dificuldades. Se eles deixassem essas teologias destruidoras, certamente haveria uma união maior em torno do verdadeiro Evangelho e sua propagação. O resultado disso seria uma igreja mais unida e forte. Não seria como o ecumenismo buscado por muitos e que afronta a palavra de Deus, mas sim uma união em torno dos mesmos propósitos de Deus e de Seu reino.

E VOCÊ, O QUE ACHA QUE MAIS MUDARIA COM A CONVERSÃO DE HOMENS COMO ESSES?