- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Ter amigos não cristãos prejudica a vida do cristão?

 

#VocêPergunta: Ter amigos descrentes sem ter um propósito de ajudá-los a conhecer a Deus é certo? Isso pode prejudicar minha vida com Deus?

Cara leitora, infelizmente muitos crentes têm proclamado por aí o “isolacionismo”, ou seja, que os crentes devem isolar-se para poder conseguir viver uma vida santa e que agrada a Deus. Esse isolamento é claramente visto quando olhamos para a vida de alguns crentes e vemos que eles têm apenas amigos cristãos que participam do mesmo grupo que eles, ou que se aproximam de pessoas com o único intuito de pregar o evangelho a elas, e só!

Amizade entre crentes e não crentes [1]Creio que isolar-se é contrário ao que a Bíblia diz, já que somos luz do mundo. Veja como Cristo definiu o discípulo: “Vocês são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte. Ninguém acende uma lamparina para colocá-la debaixo de um cesto. Pelo contrário, ela é colocada no lugar próprio para que ilumine todos os que estão na casa” (Mt 5. 14-15 – NTLH). Assim, o cristão deve ter contato com as pessoas descrentes para iluminá-las com suas boas atitudes e com a proclamação do Evangelho. O que ele não deve é moldar-se ao mundo. Jesus deu bons exemplos a respeito disso, pois teve amizade com todo tipo de gente descrente em sua sociedade. Porém, Jesus sempre influenciava as pessoas com o poder do evangelho que vivia.

Sou super contrário a aproximar-se de pessoas com o único intuito de pregar o evangelho a elas. Creio que pregar o evangelho às pessoas é algo que surge naturalmente quando amamos as pessoas e nos relacionamos com elas sem preconceitos e com verdade. Aproximar-se de pessoas só pra falar a elas a respeito do evangelho soa como atitude de interesseiros e não de cristãos que querem demonstrar o amor de Deus em seus relacionamentos.

Isso significa, então, que tenho que me relacionar fraternalmente com todo tipo de pessoa?

Não! Não devemos ter preconceitos, mas devemos ter cuidado com as amizades. Isso significa que devemos sim estar abertos às amizades, mas não significa que todo tipo de amizades será boa para o cristão. Existem amizades que podem ser muito prejudiciais à nossa vida e que devem ser evitadas ou muito bem avaliadas. A Bíblia nos aconselha: “Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.” (Sl 1. 1). Existem alguns tipos de amizades que não nos farão bem. No entanto, isso não significa que devemos rejeitar 100% da amizade de quem não é crente. Significa que devemos ser cuidadosos.

Cara, leitora, para finalizar, acho que você só pode ser prejudicada de alguma forma se não estiver bem firmada em sua fé e convicções. Se você tem uma fé bem firmada, ter amizades com pessoas de diferentes credos será uma oportunidade de evangelizá-las e também de curtir a amizade delas sem medo algum. Deus não deseja que nos isolemos para viver o cristianismo, deseja que nos aproximemos das pessoas, mesmo as mais diferentes de nós, para sermos luz.

E tem outra coisa: religião não define caráter. Tenha amizades sinceras mesmo que as pessoas sejam diferentes de você. Isso enriquece a vida, é saudável e agradável diante de Deus.