- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

É um pecado muito grande olhar outras mulheres além da minha?

#VocêPergunta: Será que é um pecado muito grande ver outras mulheres além da minha?

cobiçar a mulher do próximo, olhar outras mulheres [1]Caro leitor, pelo que entendi de sua pergunta, você já é compromissado com uma moça. Sendo assim, creio que primeiramente devamos entender o que é ver uma mulher e o que é cobiçar uma mulher. Ver, basicamente, é enxergar, olhar, perceber, avistar. Nesse sentido todos nós vemos mulheres o dia todo na rua, no trabalho, na TV, etc. Cobiçar é o que vai além do olhar. É olhar além do simples enxergar. É desejar o que se está vendo, nesse caso, outra mulher.

Nesse sentido, vemos que Jesus traz uma palavra clara àqueles que são casados, mas insistem em cobiçar outras mulheres: “Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura, no coração, já adulterou com ela.” (Mt 5. 28)

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [2]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [3]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [4]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [5]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [6]
- Outros Materiais (Comece aqui) [7]

Observe que Jesus emprega o termo “adulterou”, ou seja, é uma palavra clara àqueles que têm um compromisso de casamento com alguém, pois quem é solteiro não tem como adulterar. Observe também que Jesus usa a expressão “olhar” seguida da expressão “intenção impura”, o que deixa claro que se trata de uma atitude de cobiça. Note ainda que Jesus vai além do ato carnal de transar com outra mulher, o que é reconhecidamente um adultério, mas mostra que a cobiça que ganha forma no interior do homem é também um adultério.

Assim, se você olha outras mulheres com olhos de cobiça, está sim desagradando a Deus. Nesse ponto nós homens precisamos de muita atenção, pois o nosso mundo é extremamente voltado à sexualidade desenfreada e as tentações são muito grandes. Precisamos sempre buscar a presença de Deus e o domínio próprio para não pecarmos contra Deus e contra nossa parceira, diante da qual fizemos promessas testemunhadas pelos homens e por Deus!

Creio que devamos meditar em textos da palavra que nos mostram que tipo de amor devemos ter com nossa parceira. Textos como Efésios 5.25: “Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela”, nos mostram que devemos focar na qualidade do nosso amor diante de nossa parceira, e não ficarmos deixando escapar o nosso olhar para outras.

Precisamos ser tal qual Jó, que declarou: “Fiz aliança com meus olhos; como, pois, os fixaria eu numa donzela?” (Jó 31. 1)

Pra finalizar, creio que não podemos relativizar ou tentar minimizar aquilo que Jesus disse a respeito desse assunto. Deus não minimizou seu desejo de santidade com o passar dos tempos. A palavra de Deus vale exatamente como é para os dias de hoje!

Dessa forma, homens e mulheres compromissados, precisam agir como tal diante do parceiro, da sociedade e diante de Deus na intimidade do coração.