- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Deus só está presente onde estão dois ou três reunidos?

Você Pergunta: André, você poderia me explicar esse versículo?: “Mateus 18:20 – Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.” Sei lá, sempre achei esse versículo esquisito, pois dá a impressão que quando a gente está orando (sozinha), Ele não estará presente, nem nos ouvirá. O que significa esse versículo? O que ele tem a nos ensinar?

Cara leitora, a confusão na interpretação desse versículo está em tirá-lo do seu contexto (o que vem antes e o que vem depois de um texto) [1]. Lendo o contexto vemos mais claramente o significado dele e conseguimos realmente entender o que Jesus quis ensinar ali (Mateus 18. 15-20):

Deus está presente apenas onde tem dois ou três reunidos? [2]

Deus só está presente onde tem dois ou três reunidos?

Se você observar os versos 15 a 20, verá que eles tratam de um processo de disciplina na igreja. Eles falam de uma busca de reconciliação de dois irmãos, onde um pecou contra o outro (v.15). O primeiro passo dessa reconciliação é uma conversa pessoal como vemos no verso 15. Diante de uma negativa de reconciliação, era necessário avançar com mais alguns passos a serem feitos.

O verso 16 mostra que, pela lei dos judeus, havia a necessidade de, no mínimo, duas ou três pessoas para que um depoimento de uma questão tivesse validade. Isso se dava se a conversa de forma pessoal não desse resultado para a resolução da questão (V. 15).

Veja que o texto ainda prevê o caso dessa pessoa não escutar nem esses dois ou três que estão ali tentando ajudar a resolver a causa. Nesse caso a questão deveria ser tratada com a igreja. (V. 17)

Assim, quando duas ou mais pessoas se reúnem no nome de Jesus, em obediência à Sua palavra, têm a autoridade vinda de Deus para a solução de questões (V. 18). O foco desse texto é a solução de uma “demanda” entre irmãos na igreja. Isso mostra que Deus está no meio do Seu povo, conferindo-lhe sabedoria e autoridade, quando estes se reúnem em Seu nome.

Assim, a presença de Deus, junto com a obediência das pessoas na condução da disciplina ao irmão que precisa rever sua posição errada, confere autoridade naquilo que eles estão fazendo. Esse é o significado focado nesse texto. A presença de Jesus confere validação à atividade judicial da igreja no tratamento da demanda.

Porém, não vejo nada de errado em pensar nesses dois ou três reunidos como a igreja de Jesus reunida com Ele abençoando-a e agindo no meio dela, pois Ele está ali. O que está errado é achar que isso é uma regra que estipule que Deus está presente apenas onde temos dois ou mais reunidos em Seu nome. É importante que fique claro que esse não é o significado do texto discutido dentro do contexto apresentado na Bíblia.

Lembre-se que Deus é onipresente [9], o que significa que Ele está em todos os lugares!