- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Explicando as parábolas de Jesus: A pérola de grande valor

Série explicando as parábolas de Jesus Cristo (Por André Sanchez)

parábolas de jesus cristo, pérola de grande valor, reino de deus, jesus cristo [1]A pérola de grande valor (Mateus 13. 45-46)

Resumo da parábola:
Nessa parábola, Jesus usa como ilustração um negociante em busca de boas pérolas. Esse negociante, quando acha uma pérola de grande valor, vende todas as pérolas que tinha em mãos e compra a de grande valor, reconhecendo o altíssimo valor dela.

Ensino:
A pérola de grande valor é o próprio Jesus Cristo e o Seu reino. Antes de conhecer Jesus, olhamos nossa vida como se tivéssemos verdadeiras pérolas em nosso poder, mas quando reconhecemos o valor de Jesus Cristo, essa mentalidade muda, pois ele nos faz ver que as nossas “pérolas”, na realidade, não são tão valorosas como a que Ele nos oferece.

O grande desafio do ensino dessa parábola é o negociador (cada um de nós) saber reconhecer a pérola de grande valor, Jesus Cristo. Isso não é algo fácil, já que o negociador precisa reconhecer o valor da grande pérola e sacrificar suas outras “pérolas” por ela.

Temos o exemplo de um jovem que falhou em reconhecer o valor de Jesus Cristo. Ele até tinha boas intenções, mas quando Jesus o chamou para reconhecer que Ele, Jesus Cristo, tinha que ser a pérola de maior valor em sua vida, ele preferiu ficar com as outras de pequeno valor. “E Jesus, fitando-o, o amou e disse: Só uma coisa te falta: Vai, vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; então, vem e segue-me. Ele, porém, contrariado com esta palavra, retirou-se triste, porque era dono de muitas propriedades.” (Mc 10. 21-22).

Porém, temos também pessoas que “venderam” tudo que tinham para fazer de Jesus Cristo sua única pérola valorosa. Uma dessas pessoas foi Paulo: “Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo…” (Fp 3. 08)

Diante do ensino da parábola da pérola de grande valor, cabe a cada um de nós avaliarmos: Sou como o jovem rico que recusou a pérola de grande valor (Jesus Cristo) ou como Paulo que “vendeu” tudo para que ela fosse sua única e mais preciosa pérola?

Veja outros artigos interessantes: