- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Existe cristão homossexual?

Por André Sanchez

cristão, homossexualidade, pecado, conversão [1]Hoje vivemos num tempo de grande hipocrisia na vida de algumas pessoas e também dentro de algumas igrejas. Isso porque estigmatizamos certos tipos de pecados e fazemos um tipo de diferenciação que na verdade não cabe a nós fazer. Assim, um cristão homossexual nos parece algo impossível, mas um cristão com vícios já nos parece algo mais dentro da normalidade.

Em primeiro lugar, precisamos saber que a Bíblia condena todos os tipos e todas as classes de pecados, inclusive a homossexualidade mencionada nesse artigo. No entanto, sabemos que quando uma pessoa se converte ao Senhor Jesus Cristo, ela ainda tem em si uma série de erros morais, sociais e espirituais que vem da “velha vida” distante de Deus. E, muitas vezes, esses erros foram praticados por várias décadas, se tornando algo muito forte na vida da pessoa.

O detalhe dessa situação é que ninguém se converte e acorda no outro dia totalmente livre de todas as práticas erradas que vivia anteriormente. A pessoa as deixa dia a dia, através da ação do Espírito Santo, do conhecimento da vontade de Deus e também do seu esforço em direção à santificação (muita oração, busca de Deus, jejum…). Isso explica a expressão usada por Paulo para se referir há alguns crentes que viviam em Corinto: “Eu, porém, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, e sim como a carnais, como a crianças em Cristo.” (1Co 3. 10). Pessoas crentes em Cristo, porém, ainda, carnais. Com certeza ainda tinham presente em suas vidas práticas que não agradavam a Deus. O apóstolo reprova as atitudes de pecado daquelas pessoas, mas vemos que Paulo não as trata como não crentes.

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [2]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [3]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [4]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [5]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [6]
- Outros Materiais (Comece aqui) [7]

Assim, é evidente que existem muitos crentes homossexuais, assim como existem muitos crentes mentirosos, crentes adúlteros, crentes com vícios, crentes ladrões, etc. Esses crentes (se verdadeiros) estão na busca da sua santificação, mas ela não acontece do dia pra noite, mas num processo de cura que às vezes pode ser bem rápido, às vezes mais demorado. É evidente que isso não deve ser uma desculpa para pecar.

O que vai determinar se essas pessoas são verdadeiramente crentes, além de um encontro verdadeiro com Jesus, é a vontade evidenciada de deixar as práticas que desagradam a Deus, dia a dia, num esforço contínuo. E nessa caminhada, os crentes vão se tornando ex-homossexuais, ex-mentirosos, ex-adúlteros, ex-viciados, ex-ladrões… Essa é a vontade de Deus e todos nós, se crentes, deveremos passar por ela!

Assim, existem sim crentes homossexuais, mas eles não devem permanecer como tal se são verdadeiramente cristãos. Na mesma carta as Corintios, Paulo deixa claro que deveria haver mudanças em suas vidas e que eles, como crentes, deveriam deixar as práticas típicas de quem não conhece a Deus: “Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas [homossexuais], nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus.” (1Co 6. 9-10)

Por isso, se você já está numa fase mais madura da vida cristã, paciência e sabedoria com os que estão chegando agora. Ajude-os com paciência, conselhos, orações, mostrando o que a palavra de Deus diz e, principalmente, haja pautado pelo amor.

Veja outros artigos interessantes: