- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

O que significa a segunda vinda de Cristo ao mundo?

A Bíblia revela de forma ampla e clara a respeito da primeira vinda de Jesus Cristo ao mundo. Existem no Antigo Testamento [1] textos aos montes mostrando que o Filho de Deus viria ao mundo e Ele veio. Da mesma forma, temos também menções claras de que a segunda vinda de Cristo será um evento que ocorrerá e marcará o final dos tempos.

Segunda vinda de Cristo na Bíblia [2]

O que significa a segunda vinda de Cristo?

Enquanto o Velho Testamento promete a vinda de Cristo, o Novo Testamento mostra como foi esta primeira vinda e nos aponta para a segunda vinda de Cristo para finalizar os planos de Deus para esta terra.

Quarenta dias após Sua ressurreição, Jesus sobe aos céus diante dos olhos de várias pessoas. (Atos 1. 3, 9). E é nesse momento que é revelado claramente àqueles discípulos que haveria uma segunda vinda de Cristo. “E, estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto Jesus subia, eis que dois varões vestidos de branco se puseram ao lado deles e lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir.” (Atos 1. 10-11)

Esta segunda vinda de Cristo foi predita pelo próprio Jesus várias vezes, das quais destaco: “Então, aparecerá no céu o sinal do Filho do Homem; todos os povos da terra se lamentarão e verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu, com poder e muita glória.” (Mateus 24. 30).

Esta segunda vinda de Cristo não tem uma data que seja conhecida pelos homens, somente é conhecida por Deus. “Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai” (Mateus 24. 36).

Leia também: Como Jesus não sabia a data da sua segunda vinda se Ele é Deus? [9]

Nesta segunda vinda, Jesus Cristo não virá num corpo de humilhação, como um ser humano, mas virá como Rei dos reis e Senhor dos senhores. Ele virá para triunfar sobre as forças do mal e para colocá-las debaixo de Seus pés: “Tem no seu manto e na sua coxa um nome inscrito: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES” (Apocalipse 19. 16)

Nesta segunda vinda, Ele virá como juiz de toda a terra e julgará o mundo, separando os seus eleitos [10] dos ímpios. “Quando vier o Filho do Homem na sua majestade e todos os anjos com ele, então, se assentará no trono da sua glória; e todas as nações serão reunidas em sua presença, e ele separará uns dos outros, como o pastor separa dos cabritos as ovelhas…” (Mateus 25. 31-32) 

Os ímpios serão julgados e condenados de forma justa e plena. “Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.” (Mateus 25. 41).

Leia também: O que significa a ressurreição dos mortos segundo a Bíblia? [11]

Os justos serão também julgados, mas não se achará condenação para eles, o Cristo os justificou. Gozarão da presença viva de Jesus por toda a eternidade. “então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo” (Mateus 25. 34)

Então, Jesus Cristo, restaurará todas as coisas. “a fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério, e que envie ele o Cristo, que já vos foi designado, Jesus, ao qual é necessário que o céu receba até aos tempos da restauração de todas as coisas, de que Deus falou por boca dos seus santos profetas desde a antiguidade” (Atos 3. 20-21).