- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Não se reprima! Libera geral!

Por André Sanchez
Série sabedoria dos provérbios 

“Como cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio.” (Pv 25. 28)

domínio próprio, auto-controle, desequilíbrio [1]

As pessoas da atualidade estão desprotegidas, abertas aos ataques dos inimigos! Suas vidas estão abertas a qualquer tipo de atuação e influência, com a forte tendência de que seja por coisas ruins! Nunca se viu antes tantas pessoas vivendo vidas em total desequilíbrio, com total falta de domínio, totalmente entregues a todo tipo de sentimento, de desejo.

O provérbio ensina com razão que quem não se domina é como uma cidade sem muros. “Como cidade derribada, que não tem muros, assim é o homem que não tem domínio próprio.” (Pv 25. 28).Naquela época a proteção que as cidades tinham contra os inimigos eram as suas altas e grossas muralhas. Elas garantiam proteção contra os ataques quase sempre cruéis e fatais dos inimigos. Garantiam paz e vida aos seus moradores.

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [2]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [3]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [4]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [5]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [6]
- Outros Materiais (Comece aqui) [7]

Hoje, muitos estão abertos aos ataques dos inimigos, pois estão com as suas muralhas, que é o domínio próprio, destruídas. Isso porque o domínio de si mesmo tem sido desencorajado e pouco praticado. As mídias em geral e a sociedade incentivam fortemente esse comportamento.

Veja dois exemplos de músicas: “Não segure muito teus instintos porque isso não é natural (…) não se reprima, não se reprima, não se reprima. (Menudos)”. “Libera o corpo pra poder sentir os desejos, as vontades, o que pedir (…) libera geral, libera geral, libera geral, então libera! (Xuxa)”. Exemplos de incentivo às pessoas para fazerem o que quiser, sem domínio, sem pensar em nada, se encontram aos montes em todos os lugares.

Liberando geral, sem reprimir-se o homem torna-se totalmente aberto a todo tipo de influência maligna, do mundo, da sua natureza pecadora. O destino dessa pessoa é a destruição, pois assim como a cidade sem muros está sujeita facilmente a ser conquistada e destruída pelo inimigo, os sem domínio de si também, pois não quiseram abrigar-se na obediência a Deus. E longe de Deus os homens estão sem muralhas de proteção.

Precisamos o mais breve possível reconstruir os muros de nossa “cidade” e torná-la segura contra os inimigos. Isso se faz trazendo de volta o domínio próprio para as nossas vidas, submetendo-nos ao domínio da vontade do Senhor. Fazendo assim, teremos altas e grossas muralhas ao nosso redor e seremos diariamente protegidos por ela.

Veja aqui todos os artigos da Série sabedoria dos provérbios [8]