- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Você é do tipo que gosta de receber chicotadas?

Por André Sanchez
Série Sabedoria dos provérbios

insensato, repreensão, açoites [1]“Mais fundo entra a repreensão no prudente do que cem açoites no insensato.” (Pv 17. 10)

Este versículo fala de dois tipos de pessoas diferentes e opostas entre si. O prudente e o insensato. O prudente é aquele que tem juízo, que é sábio, que avalia as situações e busca tomar decisões equilibradas. Acima de tudo é receptivo a criticas construtivas. No contexto bíblico é o que deseja fazer a vontade de Deus. O insensato é o desajuizado, o que não gosta de criticas e nem de ser contrariado, o que faz as coisas segundo seus próprios desejos sem pensar muito nas conseqüências. No contexto bíblico é aquele que não deseja fazer a vontade de Deus.

Um tempo atrás, meu pastor me dizia que grande parte das pessoas que o procuram para aconselhamento estão sofrendo porque elas mesmas criaram as condições para o seu sofrimento. Agiram como o insensato, não como o prudente. Ele ainda compartilhou que uma boa parte delas o procura buscando uma resposta favorável aos seus desejos e pensamentos, mas normalmente acabam ouvindo uma repreensão que vai contra as suas atitudes erradas, e nesse caso, ficam descontentes e desprezam os seus conselhos. Preferem manter-se na pele de insensatos a aceitar a repreensão, pesar seus maus caminhos e mudar, tornando-se pessoas prudentes.

O provérbio lança luz sobre esta questão com uma comparação forte, mas verdadeira. O prudente ouve mais, observa mais, é humilde para reconhecer erros, mudar de direção. Ele sabe reconhecer os seus erros, sabe receber a “repreensão”, que é uma espécie de “puxão de orelha” com o objetivo de abençoar.

Já para o insensato, a repreensão que visa o seu bem não vale de nada, já que ele, normalmente, é orgulhoso, e não aceita que outras pessoas digam-lhe o que fazer. Ele não aceita aquilo que vá contra os seus pensamentos e desejos. Não aceita também os conselhos da palavra de Deus para sua vida.

Veja o mesmo versículo na Tradução na linguagem de hoje: “Quem tem juízo aprende mais com uma repreensão do que o tolo, com cem chicotadas.” (Pv 17. 10 – NTLH)

O ensino do provérbio nos mostra que é importante que cultivemos um espírito prudente, pois assim sofreremos bem menos na vida. É preferível receber uma repreensão e aceitá-la, que receber chicotadas dolorosas da vida e, ainda assim, permanecer agindo como um tolo; a dor será muito maior, não vale à pena agir assim!

Veja aqui todos os artigos da Série sabedoria dos provérbios [8]