- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Cristãos e finanças: Como planejar uma aposentadoria bem sucedida financeiramente? [Parte 2]

Por André Sanchez

aposentadoria, vida financeira, dinheiro [1]No artigo anterior “Como planejar uma aposentadoria bem sucedida financeiramente? [Parte 1]” [2] iniciamos a conversa sobre a importância de se planejar uma aposentadoria para se ter tranqüilidade financeira quando ficarmos mais velhos. Hoje damos sequência com algumas dicas sobre previdência privada.

1- Entenda como funciona. A previdência privada funciona de forma parecida com a aposentadoria oficial (INSS). Primeiro você vai acumular dinheiro por um tempo (o tempo em que está trabalhando). Depois de chegar à idade de se aposentar, recebe mensalmente esse dinheiro que foi investido e cresceu . A previdência privada é a mesma coisa. A única diferença é que você é que a organiza.

2- Faça simulações em várias instituições financeiras. A maioria dos bancos oferece ferramentas onde podemos fazer simulações na própria Internet. Vou disponibilizar aqui um exemplo para você testar. (Simulador Caixa) [3].

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [4]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [5]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [6]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [7]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [8]
- Outros Materiais (Comece aqui) [9]

3- Escolha uma instituição sólida. É muito importante você escolher uma boa instituição bancária para fazer o seu plano de previdência privada. O motivo é que você terá um relacionamento de muito tempo com essa instituição. Imagine: uns 25 anos poupando nessa instituição, mais uns 20 anos recebendo dela sua aposentadoria mensal. São 45 anos de relacionamento. Evite surpresas, escolha instituições sólidas no mercado.

4- Verifique e compare as taxas. A principal taxa a se observar é a taxa de administração. Os bancos a cobram para administrar o seu dinheiro. Taxas muito altas “comem” os seus ganhos. Compare entre as instituições solidas a que tem as melhores taxas e que te dá maiores benefícios.

5- VGBL ou PGBL? Quando for fazer o seu plano de previdência privada você vai se deparar com essas duas siglas. Não há muita complicação: O PGBL é indicado para as pessoas que querem deduzir o dinheiro investido em seu imposto de renda (Limite de 12% da renda bruta anual). É para quem faz a declaração no formulário completo. Caso este não seja o seu caso, pode optar pelo VGBL sem problema.

6- Comece logo. Mesmo que ainda não tenha uma quantia muito grande para guardar mensalmente, comece! Existem planos de previdência privada que podem ser contratados a partir de R$ 50,00 ou R$ 70,00. Comece e com o tempo chegue ao seu valor ideal.Dica: pesquise um pouco mais sobre o tema antes de fechar negócio. Deixo a vocês um site que me ajudou muito: (Dr. Previdência). Passe por lá e estude um pouco o assunto. Lembre-se: é o seu futuro que está em jogo. Planeje bem , dedique-se, vale à pena!