- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Série virtudes: cada santo com seus problemas?

Série Virtudes (Por André Sanchez)

necessidades dos santos, compartilhar, colaborar, ajudar, contribuir [1]“compartilhai as necessidades dos santos” (Rm 12. 13)

Compartilhar as necessidades dos santos é uma virtude das mais importantes. É importante observar que “os santos” aqui mencionados não têm nada a ver com imagens, estátuas ou qualquer pessoa morta ou “milagreira”. Em nosso tempo se confunde o verdadeiro significado do termo. Os “santos” aqui mencionados são os verdadeiros servos de Deus. No contexto, os servos de Deus vivos.

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [2]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [3]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [4]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [5]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [6]
- Outros Materiais (Comece aqui) [7]

O desejo que Deus tem para a Sua comunidade é que haja um compartilhar não só de momentos de alegria e festa, mas também das necessidades e momentos difíceis. Num mundo cada vez mais egoísta, onde um dos lemas é “cada um com seus problemas”, a necessidade dos outros é encarada [fingidamente] como se não existisse.

No entanto, Deus não aceita esse comportamento entre os seus. O início da igreja narrado em Atos dos Apóstolos mostra claramente a virtude de compartilhar as necessidades dos santos de forma bastante prática: “Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum. Vendiam as suas propriedades e bens, distribuindo o produto entre todos, à medida que alguém tinha necessidade.” (At 2. 44-45)

Numa análise rápida constatamos como temos falhado nessa área: Que tipo de reunião é mais concorrida: Uma reunião de comemoração e festa ou uma reunião de oração e ajuda aos servos de Deus que estão sofrendo e passando por necessidades? Qual a nossa atitude diante das notícias dos sofrimentos e necessidades dos nossos irmãos no campo missionário? Como encaramos os servos de Deus necessitados que há entre nós ou que conhecemos?

Muitas vezes fingimos que não é com a gente! Se esquivamos e vamos vivendo nossas vidinhas egoístas como se Deus não nos enxergasse e não visse nossas atitudes.

Tudo que Deus nos deu, desde a nossa vida até os nossos bens, experiências e prosperidade, são para nossa bênção e também para compartilharmos as necessidades dos nossos irmãos também servos de Deus. Isso é exercitar o amor e a comunhão.

Compartilhe das necessidades dos servos de Deus que estão próximos de você e de quem você tem notícia na medida de suas possibilidades. Deus sabe de suas possibilidades e sabe se você tem sido egoísta ou não.

Cultive esta virtude!