- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Cristãos e finanças: A importância do aprendizado nas finanças

Por André Sanchez 
finanças, aprendizado, vida financeira [1]Interessante como muitas pessoas tem uma relação de amor e ódio com o dinheiro. Ou o amam excessivamente, adorando-o, ou o amaldiçoam, fazendo dele uma espécie de demônio. Esses extremos são errôneos e acabam fazendo com que as pessoas levem sua vida financeira de forma incorreta, acarretando grandes complicações para suas famílias e para suas vidas.

Usar o dinheiro com sabedoria é a vontade de Deus. Ter uma visão equilibrada sobre ele também. O dinheiro vem de Deus e deve ser uma bênção em nossa vida. Aprender a usá-lo de forma equilibrada deve ser a meta de todos nós, já que ele é necessário para nossa existência.

O segredo está no aprendizado! Eis uma necessidade de todos nós.

Veja também:
- Conheça Sua Bíblia de Capa a Capa (Comece aqui) [2]
- Teologia sem mensalidades (Comece aqui) [3]
- Formação de Professores Para o Ministério Infantil (Comece aqui) [4]
- Memorização Fácil da Bíblia (Comece aqui) [5]
- Método Como Ler a Bíblia E Entendê-la Mais Facilmente (Comece aqui) [6]
- Outros Materiais (Comece aqui) [7]

Hoje vou falar um pouco sobre aprendizado. Você sabia que a indústria capitalista gasta bilhões de dólares para estudar você e eu? Para saber como pensamos, como agimos, o que gostamos, quanto gastamos, onde gastamos, o que queremos? Sabia que até as gôndolas dos supermercados são posicionadas de modo a nos fazer comprar mais? Os doces, os danones, os salgadinhos, as bolachas ficam onde? Onde as crianças podem facilmente pegar, e por aí vai.

Sabia que o comércio emprega técnicas para conseguir nos seduzir e nos fazer gastar mais? Essas são as regras do jogo. Eles não fazem nada contra a lei, mas acabam por passar uma “rasteira” nos menos preparados, que acabam comprando coisas que não precisam, gastando mais num produto que custa menos, comprando errado, pagando juros altíssimos, contraindo empréstimos loucos, entrando no cheque especial que tem os maiores juros do mundo…

É nós consumidores? Acabamos não investindo praticamente nada para saber lidar com esta indústria espertíssima. Acabamos sendo sempre vencidos. Não sabemos negociar, organizar, comprar, planejar. Não investimos em aprendizado. A balança fica desigual. Uma “briga” onde somos facilmente levados a nocaute.

Você sabe como fazer compras no mercado de forma eficiente? Você sabe negociar as margens de descontos que os vendedores podem te dar? Você sabe montar um orçamento para sua casa? Sabe poupar, mesmo que não tenha um salário alto? Sabe planejar seus gastos? Sabe precisamente quanto gasta e quanto ganha? (…)

Pois é, precisamos aprender. O aprendizado nos abençoará e nos ajudará a ter uma vida financeira equilibrada e até a ajudar outras pessoas, a obra missionária, instituições carentes ou simplesmente fazer aquela viagem para descansar, passear mais com a família, etc.