- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Diante dos gigantes somos todos fracos!

[1]

Por André Sanchez
A história de Davi e Golias ilustra muito bem as nossas batalhas do dia a dia. Todos nós somos como o pequeno e franzino Davi. O mundo, a nossa natureza pecaminosa e o Diabo são os Golias de nossas vidas. São mais fortes do que nós e tem a capacidade de nos vencer facilmente. A diferença de força é descomunal.

Por que então Davi venceu o gigante Golias? 


O diferencial de Davi estava na forma com que ele encarou o desafio de lutar contra Golias. Ele sabia que Golias era mais forte e que ele pouco podia contra esse gigante, mas a sua consciência de que o poder de Deus o faria superar Golias em tamanho e em força, era o seu maior diferencial. A sua fé em Deus o fazia mais forte do que os músculos do guerreiro gigante.
“Disse mais Davi: O SENHOR me livrou das garras do leão e das do urso; ele me livrará das mãos deste filisteu [Golias].” (1 Sm 17. 37)
Davi sabia que apenas Deus poderia fazer com que ele vencesse a batalha. Sem Deus, Davi seria como os homens do exército de Israel: “Todos os israelitas, vendo aquele homem [Golias], fugiam de diante dele, e temiam grandemente” (1 Sm 17. 24)
Os gigantes sempre vão aparecer para nos aterrorizar. Olhando para nós mesmos e para a nossa pequenez, certamente vamos deixá-los nos derrotar, assim como os covardes do exército de Israel; mas se, ao contrário, tivermos fé e confiança em Deus, seremos vitoriosos como Davi. 
Essa consciência nos faz reconhecer que não temos por nós mesmos a força para derrubar gigantes, mas ela vem de Deus.
Assim, em cada batalha ganha, e a cada gigante derrubado, o louvor cabe Àquele que verdadeiramente nos fortaleceu e nos fez vitoriosos: O Senhor!
Em tempos de lutas contra gigantes, não há arma maior do que a fé no Deus Todo-Poderoso!