- Esboçando Ideias - https://www.esbocandoideias.com -

Deveria eu me calar diante das heresias e dos hereges?

[1]
Por André Sanchez
Nos últimos dias fui bastante criticado pelo fato de postar artigos denunciando pessoas que exploram a fé e que inventam teologias bastante duvidosas, que tem como objetivo lesar as pessoas e as fazerem acreditar que o verdadeiro Evangelho de Jesus é a teologia da prosperidade ou outras destas heresias destruidoras que estamos vendo por ai.
Como sempre fazem, as pessoas criticam dizendo que é melhor deixar pra lá,  que devo ficar quieto, que não tenho o direito de falar desses estelionatários da fé, que vou ser castigado, que não posso julgar; me  chamam de fariseu, de invejoso e coisas do gênero. Por esse fato resolvi apenas dar alguns exemplos bíblicos de servos de Deus que não abaixaram a cabeça para as heresias e as denunciaram com veemência:

Jesus Cristo, abertamente falou do comportamento reprovável dos escribas e fariseus:
“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que, por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia!” (Mt 23:27) 
Paulo, de forma explicita, através de uma carta, coloca um ponto final em uma situação:
“mantendo fé e boa consciência, porquanto alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé. E dentre esses se contam Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para serem castigados, a fim de não mais blasfemarem.” (1 Tm 1. 19-20)
João deixa claro que não vai tolerar o que é errado:
“Escrevi alguma coisa à igreja; mas Diótrefes, que gosta de exercer a primazia entre eles, não nos dá acolhida. Por isso, se eu for aí, far-lhe-ei lembradas as obras que ele pratica, proferindo contra nós palavras maliciosas. E, não satisfeito com estas coisas, nem ele mesmo acolhe os irmãos, como impede os que querem recebê-los e os expulsa da igreja. Amado, não imites o que é mau, senão o que é bom.” (3 Jo 1. 9-11)
Creio que estes três exemplos já sejam suficientes para demonstrar que não podemos ficar calados diante das heresias que tentam, sorrateiramente, entrar nas igrejas e na vida dos crentes.
Se Jesus Cristo, Paulo, João e outros tivessem se calado eu também me calaria! Mas como eles não fizeram isso, também eu não me calo!