O cristão pode ter árvore de natal em casa?

Postado por em: #VocêPergunta

Com a proximidade do Natal recebi algumas perguntas de leitores do blog Esboçando Ideias questionando se haveria algum problema em o cristão ter uma árvore de natal em casa, já que muitos dizem que a árvore de natal tem uma origem pagã e tê-la em casa (dizem) seria o mesmo que estar adorando a deuses pagãos da antiguidade. Segundo relatos, algumas igrejas chegam até a proibir seus fieis de terem esse ornamento em casa.

Esse tipo de tema traz muitas dúvidas na mente das pessoas, principalmente pelo fato de que a Bíblia não fala diretamente sobre eles. Muitos ficariam super tranquilizados se houvesse um décimo primeiro mandamento, dizendo: “não montarás árvores de natal em casa”. Porém não existe tal orientação na Bíblia. Assim, creio que precisemos pensar um pouco na questão para chegarmos a uma opinião madura sobre o tema.

O cristão pode ter árvore de natal em casa?

QUAL A SUA INTENÇÃO QUANDO COLOCA UMA ÁRVORE DE NATAL EM SUA CASA?

O simples argumento de que algo foi usado por pagãos no passado não me convence de que não podemos usá-lo hoje. Isso porque os ímpios têm a capacidade de macular todo tipo de coisa em que põe a mão. Imagine, por exemplo, que os ímpios usavam o sexo (criado por Deus) em seus rituais pagãos. Então não vamos mais fazer sexo por causa dos ímpios? Os ímpios faziam cultos aos seus deuses debaixo de árvores frondosas (criadas por Deus). Não podemos então cultuar Jesus Cristo debaixo de uma bela sombra de uma árvore frondosa?

Para mim, em primeiro lugar, o que está em questão é a intenção. Com qual intenção você quer colocar uma árvore de natal em sua casa? Se houver qualquer intenção que fira algum mandamento bíblico, já está errado. Por exemplo, se você coloca essa árvore em sua casa, e com ela faz qualquer oferenda ou faz qualquer adoração que não seja ao Deus Todo Poderoso, você está pecando por isso. Se acha que ela lhe trará prosperidade, sorte e coisas do gênero, também está no caminho errado. Porém, se você usa a árvore de natal apenas como uma decoração, sem qualquer intenção direta de infringir os mandamentos do Senhor, por que estaria errado montar essa árvore em casa? Ninguém adora um deus pagão só pelo fato de ter uma árvore de natal em casa. É preciso haver a intenção de fazer isso.

Paulo trabalhou uma questão semelhante com a igreja em Corinto. Observe o que ele disse:

“No tocante à comida sacrificada a ídolos, sabemos que o ídolo, de si mesmo, nada é no mundo e que não há senão um só Deus. Porque, ainda que há também alguns que se chamem deuses, quer no céu ou sobre a terra, como há muitos deuses e muitos senhores, todavia, para nós há um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas e para quem existimos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós também, por ele. (…) Não é a comida que nos recomendará a Deus, pois nada perderemos, se não comermos, e nada ganharemos, se comermos.” (1 Co 8.4-6, 8)

Ou seja, seguindo na mesma linha de raciocínio, proibir alguém de montar uma árvore de natal por causa de que alguém algum dia usou esse ornamento para adorar seus deuses, (se é que isso é verdade), é um absurdo, já que Deus é quem é o Criador real de todas as coisas e não o maligno.

TER ESSA ÁRVORE DE NATAL EM SUA CASA ESTÁ TRAZENDO CONFLITOS?

Infelizmente muitos cristãos ainda não têm amadurecimento suficiente para viver a liberdade que Cristo os deu. Na sequência do texto que citei acima, Paulo faz uma ressalva importante, que devemos considerar:

“Entretanto, não há esse conhecimento em todos; porque alguns, por efeito da familiaridade até agora com o ídolo, ainda comem dessas coisas como a ele sacrificadas; e a consciência destes, por ser fraca, vem a contaminar-se. Não é a comida que nos recomendará a Deus, pois nada perderemos, se não comermos, e nada ganharemos, se comermos. Vede, porém, que esta vossa liberdade não venha, de algum modo, a ser tropeço para os fracos. Porque, se alguém te vir a ti, que és dotado de saber, à mesa, em templo de ídolo, não será a consciência do que é fraco induzida a participar de comidas sacrificadas a ídolos? E assim, por causa do teu saber, perece o irmão fraco, pelo qual Cristo morreu. E deste modo, pecando contra os irmãos, golpeando-lhes a consciência fraca, é contra Cristo que pecais. E, por isso, se a comida serve de escândalo a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que não venha a escandalizá-lo. (1 Co 8.7-13)

Assim, penso que não devemos, por causa do desejo de ter uma árvore de natal em casa, causar brigas, discórdias, facções, escândalos e outras desinteligências. Se for para causar qualquer dessas coisas, que não agradam a Deus, melhor optar por não ter árvore de natal alguma em casa. Não por ser pecado em si, pois como diz Paulo, “Não é a comida que nos recomendará a Deus, pois nada perderemos, se não comermos, e nada ganharemos, se comermos.”, mas visando um bem maior.

Concluindo, creio que com essa breve análise nesse texto, você possa ter embasamento suficiente para tomar a sua decisão de ter ou não uma árvore de natal em casa, sem qualquer peso na consciência e com embasamento para explicar a quem quer que seja a razão dessa sua escolha. Na maioria dos casos não haverá problema algum em você montar sua árvore em casa. Pelo contrário, sua casa ficará mais bonita com essa ornamento! Porém, seja sábio na sua decisão para não se arrepender depois.

   

Gostou desse artigo? Receba novas postagens em seu e-mail!

Comente usando seu Facebook ou use o sistema de comentários normal no fim da página

62 comentários

  • Leandro Santi disse:

    André, então me ajude com essa, exatamente neste momento estou passando algo parecido minha filha de nove anos foi chamada para participar do coral de natal, eles vão cantar entre outras canções uma sobre Hanuka e outra sobre Kwanzaa (links abaixo), não sei se devo permitir que ela cante. Não vou ser hipócrita, tenho vontade e é sempre mais fácil dizer não vai e pronto, mas não quero tolhê-la sem necessidade. Gostaria de saber qual seria sua posição no meu lugar. O wikipedia em Português tem menos informação, me preocupou esta citação que está no Wikipedia em Inglês “During the early years of Kwanzaa, Karenga said that it was meant to be an alternative to Christmas, that Jesus was psychotic, and that Christianity was a white religion which black people should shun.However, as Kwanzaa gained mainstream adherents, Karenga altered his position so that practicing Christians would not be alienated, then stating in the 1997 Kwanzaa: A Celebration of Family, Community, and Culture, “Kwanzaa was not created to give people an alternative to their own religion or religious holiday.” traduzindo ” Durante os primeiros anos do Kwanzaa, Karenga disse que era para ser uma alternativa para o Natal, que Jesus era psicótico, e que o cristianismo era uma religião branco que os negros devem shun.However, como Kwanzaa ganhou adeptos mainstream, Karenga mudou sua posição para que os cristãos praticantes não seria alienado, em seguida, declarar na Kwanzaa 1997: uma Celebração da Família, Cultura Comunidade, e, “Kwanzaa não foi criado para dar às pessoas uma alternativa para a sua própria religião ou feriado religioso.” Sempre fico na dúvida se o que conta é a nossa intenção ou a origem da coisa, são momentos delicados em que temos que nos posicionar e que pagamos preços por estas posições. Sinta-se livre para opinar e tranquilo de que não será responsabilizado, já conheci pastores que temiam se posicionar, sorry, mas seria muito bom ouvir dos irmãos, afinal na multidão de conselhos há sabedoria. Grande Abraço. Deus te abençoe.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Kwanzaa
    http://www.santasearch.org/music.asp?PID=1&SongID=930

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Leandro, eu ainda não sou pai, mas tenho uma opinião sobre isso: Creio que se a letra da música fere frontalmente os princípios cristãos que você tem ensinado, não deve deixá-la participar. Nesse caso ela estaria dizendo e aprendendo coisas prejudiciais à fé. Como ela é criança, a sua função como pai é de ser firme e coerente na educação dela, mesmo que tenha que enfrentar a sociedade.

      Mas reconheço que não é uma decisão confortável de se tomar…

      Responder
      • Sidney Andrade disse:

        nesse ponto é realmente interessante não permitir que a criança cante (declare) algo que vai de encontro à fé professada por ela e sua família, principalmente levando em conta que ela não possui senso critico formado, para ela é só mais uma interação social da qual ela necessita para se encaixar ao meio, mas é justamente aí que entra o cristianismo, não estamos aqui para nos encaixar, nada doque fazemos deve possuir essa motivação.

        Responder
      • Jeiel Lemes disse:

        Concordo, afinal ensinamos nossos filhos a nao mentir, entao tanto mentir por uma causa ruim ou boa ainda e uma mentira! Entao isto seria um exemplo de que se tu ensina teu filho no que e certo nao deve haver exeçoes! Abraço

        Responder
      • Leandro Santi disse:

        André, desculpe não ter te passado o “feedback” antes, nós decidimos que ela não participaria do show, e logo no dia seguinte fomos informados que o professor gostaria de falar conosco, então compareci à escola e fui falar com o professor que também é cristão (nós já sabiamos disso), expliquei à ele a situação devidamente munido da página do wikipedia que contava a origem do Kwanzaa, ele ficou chocado, me agradeceu, disse que para o próximo ano (uma vez que estava em cima da hora) a música seria eliminada e pediu que ela participasse apenas das outras, com o que eu concordei, mas o mais importante é que o Senhor foi honrado e o conhecimento espalhado. Valeu André, Deus te abençoe e…….MERRY CHRISTMAS

        Responder
    • Fernando Inocente disse:

      A Paz do Senhor. Querido, tenho uma filha de 7 meses apenas, mas em seu comentário, me senti a vontade para expressar minha opinião.
      Como disse o André, também creio que, ferindo o Evangelho, não se deve realmente deixar participar, entretanto é louvável que ela (sua filha) entenda a sua real intenção ao tomar tal atitude, já que mesmo que venha a ficar decepcionada por alguns instantes (ou dias) entenderá com o passar do tempo que foi educada conforme instrui a Palavra da Verdade, além de que, caro irmão, tirará de seus ombros a responsabilidade de ter deixado, quando não convinha, sua prole participar de eventos que se confrontam com os princípios básicos da Palavra de Deus e seus ensinamentos.

      Espero ter contribuído.
      Forte abraço. Paz do Senhor Jesus!

      Responder
    • pb.alex vieira disse:

      a bíblia diz ensina a criança o caminho em que deve andar e atè quando estiver velho não se esquecera dele.os ensinamentos embutido nesta canção ferem a deus e confrontam diretamente os anseios cristão,sendo assim o irmão podesse pensar em ser categórico em não deixar. a paz do senhor jesus

      Responder
  • Francisco disse:

    Bom dia André!

    Excelente sua explanação sobre as árvores de natal. O embasamento bíblico contido nela e a forma clara e simples com que você aborda o assunto ajudam os leitores a tomarem suas próprias decisões, sem medos ou culpas. É isso aí. Que cada vez mais pessoas possam descobrir o “esboçando idéias” e participar dele, colaborando, comentando, perguntando e assim ajudá-lo nesse trabalho tão importante.
    Um abraço e que ELE te ilumine sempre!
    Francisco

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Obrigado, Francisco. Fico feliz! Espero que esse humilde artigo possa ter esclarecido!

      Responder
  • werllys disse:

    os crentes em Deus ,não precisa disso arvore de natal ,isso e do mundo,tem coisas mais importantes,ora ,isso e importante ,buscar a Deus ,fica preocupado com arvore de natal,bom post

    Responder
    • ronaldo disse:

      Sabe de uma coisa, as pessoas que não gosta de arvore de natal em sua casa, são as mesmas pessoas que vão a igreja com celulares top de linha que custam muito caros, e fica no face book durante o culto.
      Se não precisa de arvore de natal, pra que ir no culto com celulares caros roupas de grife perfumes caros…Deus precisa disso? Vou ficar com minha arvore de natal e abrir mão do resto…..

      Responder
  • George Gonsalves disse:

    Muito bom, André. Precisamos ir ao centro das coisas. O paganismo religioso é abominável a Deus. Mas, nossa vida está permeado de “paganismo”, que não ofende a Deus. Os instrumentos musicais, a escola, a universidade, e a internet (!) são pagãs, mas os crentes devem usá-los para a glória de Deus. Um abraço.

    Responder
    • Josué Corrêa Lima disse:

      Perdão, mais quem disse que Instrumentos Musicais estão ligados ao paganismo? Sempre foram usados desde o principio para adoração a Deus…

      Responder
  • adson Câmara disse:

    comentário muito bom sobre se devemos ou não montar a arvore de natal, creio que o pior de tudo é o “espirito natalino” ou seja o consumismo desenfreado desse mês, comilança desenfreada, bebedeiras, e o pior, pessoas que não se suportam o ano inteiro fingir que se amam na noite de natal, como Deus não suporta hipocrisia, para mim esse é o grande pecado do natal (é claro que muitos também se reúnem sem hipocrisia e se amam de verdade) porém de modo geral não passa de uma festa social, muito distante do Jesus bíblico!

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Sim, Adson, como eu disse, os ímpios têm a capacidade de transformar tudo que colocam a mãos em coisas que não agradam a Deus. Porém, existem muitos cristãos que fazem dessa data o que ela realmente significa, evangelizam e mostram ao mundo o salvador que nasceu…

      Obrigado pelo comentário!

      Responder
      • MARCO ANTONIO DAS NEVES disse:

        Muito bom o estudo, o que não podemos é entrar no mérito e mentir para nosso filho, ai sim estaremos pecando, meu filho pediu para montar uma árvore, não coloquei duendes como muitos colocam, mais falei a verdade para ele, “filho não é o papai noel que tras presente para você, é o papai e a mamãe que compra para vc. Agora são tantas coisas que deixamos de lado que a arvore de natal passa de longe, olhem só, vi uma reportagem de torcedores do corinthans que para entrar na torcida e ser um bando de louco eles tem que fazer um juramento que se os pais morrerem eles serão obrigado a ir no jogo e não ir no velório, isso sim são valores inversos, deixar de adorar à Deus e ficar assistindo a novela das 09 horas da Globo, a tal da Carminha e agora o tal de salve Jorge, o diabo tem roubado a adoração de muitos cristãos pq na hora de irem adorar a Deus na igreja ficam adorando salve jorge na globo.
        Temos que nos policiar mais muitos cristãos tem dado mais valor na telinha da globo em vez de dar valor na Adoração do Senhor!!!!!reflitam.

        Responder
  • Dorian Anderson Soutto disse:

    Oi André. Como cristãos devemos buscar a verdade, e quem guia-nos até a verdade é o Espírito Santo; entendo que se temos o mesmo espírito, penso que o meu desejo de servir a esse nosso Deus maravilhoso e gracioso de forma correta deve ser também o seu desejo. Vou dizer porque particularmente eu não tenho arvore de natal na minha casa. Não é porque minha igreja proíbe, e nem porque algum pastor pregou sobre costumes pagãos. Não monto uma árvore por fazer a seguinte pergunta a mim mesmo:Por que e para que?

    Mas digamos que eu queira ter uma porque minhas filhas viram no shopping, ou na televisão e querem uma.

    Como filho vou ao pai perguntar o que ele tem a dizer sobre o assunto,ou seja, vou para as escrituras.

    A primeira pergunta que faço é eu posso? Sim a bíblia responde. Eu devo? Bom.. Segundo 1Co 6:12 é outro assunto se me convém. Vou para o velho testamento e encontro o alerta que não devo andar segundo os costumes das nações, vou para o novo testamento e encontro o mandamento de Rm 12:2 : “E não vos conformeis a este mundo…”. Lanço a pergunta novamente a bíblia e tenho como resposta: “E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as.(Ef 5.11)”.

    Volto para minha realidade e me pergunto: Se tenho a árvore, por que não o papai noel? Por que não cantar “sino de Belém” sem a bíblia nunca mencionar sobre tal sino?

    Não me dou por vencido e vou novamente as escrituras procurando um versículo que me diz para eu ter tal arvore, pelo menos um. Não encontro.

    Sendo assim, com temor e tremor diante dAquele que haveremos de prestar contas eu prefiro não ter.

    Abraços,

    Dorian

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Dorian, você pode fazer essa avaliação pessoal sobre o tema e decidir não ter. A Bíblia te dá essa liberdade. E te dá também a liberdade, como demonstrei no texto, de ter sem com isso estar pecando!

      Responder
      • Aluisio Melo disse:

        Sr. André, não sei realmente qual é a sua postura cristã…. Sobre a arvore de natal, não sei você tem conhecimento de algumas tradições, p. ex. você sabe o que representam as bolas que ficam na arvore de natal?
        È uma homenagem a deusa da fertilidade Astarote. E o que dizer dos cartões de natal do papai noel que a galra colocam nas arvores? Saiba que representa o santo do catolicismo são Nicolau. Camarada não tente alegrar aos gregos e aos troianos pois o dever do verdadeiro cristão
        é mostrar a verdade e o sr. Dorian está de parabéns pelos seus comentários a luz da Bíblia tendo em vista que o que passar disso: a ´Bíblia diz que é do maligno e contra fatos não existem argumentos… Abraços.

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Aluisio, você sabe a história da criação de cada invento que você desfruta? Sabe de onde veio a medicina e os remédios que você toma? Sabia que a maioria dessas coisas foram feitas em ambientes pagãos e por pessoas pagãs? Devemos também parar de usar todas essas coisas? Devemos pesquisar a origem de cada coisa que faz parte de nossa vida e se tiver alguma origem pagã devemos rejeitá-la?

          Responder
    • Higor Santana disse:

      Não encontrei claramente um versículo que permita o uso de àrvore de Natal em sua casa, nem de colocar um frasco de cidra para enfeitar, nem de não fumar, também não encontrei um de não usar sunga na praia ” outro comentário: você pode usar cueca na praia? Não. e sunga?sunga sim! e calcinha e sutiã? Não. E biquine? Sim!. “isso é ironia minha”

      Povo de Deus Qual a diferença de um para o outro em se tratando da nudez que Deus não permite ser exposta? sabe o que é isso? é cultura dos homens bem intencionados na diversão na praia!, no Sol! e biquine sem comentários.

      Tem coisas que não convém, Deus ensina a separação para Ele, a santidade, e foco nas coisas do alto e não nas coisas que perecem.

      Para ser mais claro a árvore ela alimenta esta cultura que sobrepõe o nascimento de Jesus que deveria ser o centro da comemoração.

      Veja todo o enfeite que nós utilizamos é vaidade, inclusive a arvore.
      Veja é mais válido você tomar uma posição não vou alimentar a cultura de papai Noel vou contribuir para que somente seja falado do nascimento de Jesus neste período. Creio que isso gerará frutos válidos para o Reino.

      Não é pecado muitas coisas, mas não convém. Recomendo não se misturar com a maioria das culturas dos homens. Se inspire a viver pela palavra.

      André Sanchez, percebo em você um homem de Deus, não podemos julgá-lo pelo que come ou o que não come pelo que faz e pelo que não faz (como diz os versículos da nossa palavra). Mas se escandaliza o teu irmão sugiro como homem que é Presbítero não praticá-las ou não incentivar de certo modo o uso, somente incentive a palavra.

      Deus continue te abençoando de verdade!!! Continua com Deus que esse trabalho que faz de divulgar a palavra de Deus não é, com certeza não é vão no Senhor.

      Higor

      Responder
    • EDMIR MARCIO disse:

      REALMENTE DEVEMOS LANÇAR NOSSA OPNIÃO SEGUNDA A PALAVRA DO PAI ETERNO E CRIADOR, BUSCAR NA BÍBLIA A RESPOSTA É PRECISO!!! OBRIGADO SENHOR POR GUIAR TEU SERVO E ME ORIENTAR TÃO SABIAMENTE!!! DEUS TI ABENÇOE SEMPRE MAIS E MAIS!!! GLÓRIAS A DEUS. JESUS ESTA VOLTANDO, NÃO COMO SALVADOR E SIM COMO JUIZ!!! TODOS PRESTARÃO CONTAS…. PREPAREM-SE… AMÉM E AMÉM!!!!

      Responder
  • Bruno de Sá Ramos disse:

    A árvore era usada na época de Jeremias não só para fazer ídolos, mas também era ornamentada com prata e ouro e colocada dentro da casa dos pagãos. Isso remonta a história de Ninrode. Ninrode era tão perverso que se diz que casou-se com sua mãe, cujo nome era Semíramis.
    Depois de sua morte prematura, sua mãe-esposa propagou a doutrina maligna da sobrevivência de Ninrode como um ente espiritual.
    Ela alegava que um grande pinheiro havia crescido da noite para o dia, de um pedaço de árvore morta, que simbolizava o desabrochar da morte de Ninrode para uma nova vida.
    Todo ano, no dia de seu aniversário de nascimento ela alegava que Ninrode visitava a árvore “sempre viva” e deixava presentes nela.
    Esta é a verdadeira origem da “Árvore de Natal”.

    Não me admiro de ver cristãos defendendo o seu uso, pois falta-lhes conhecimento e por isso perecem (Os 4.6). E o Salvador também disse que nos últimos dias aumentaria a iniquidade e chegaria um tempo de apostasia antes de Seu retorno a Terra ( Mateus 24:12; 2 Tessalonicenses 2.2,3 ).
    E pra quem acha que não há referência bíblica sobre a árvore de ‘natal’ lá vai:

    “Porque os costumes dos povos são vaidade; pois corta-se do bosque um madeiro, obra das mãos do artífice, feita com machado;
    Com prata e com ouro o enfeitam, com pregos e com martelos o firmam, para que não se mova”. Jeremias 10:3-4

    Fiquem todos com Deus e a paz do Senhor Jesus a todos!!!

    https://www.facebook.com/fieisdecristojesus

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Bruno, poderia indicar a bibliografia usada em suas considerações?

      Responder
  • liana gomes freire disse:

    Devemos fazer o que o Senhor Jesus mandou, celebrar a sua morte até que ele volte, qual a intençao de se montar esta árvore, não é a de celebrar o seu nascimento?, Jesus não mandou fazer isso, e tudo o que não é de fé é pecado, se fiser com dúvida está pecando. Imagino que Deus deve está se remoendo lá de cima vendo tanta festa, tantas luzizinhas piscando, tanta celebração sem fundamento na sua palavra. Jesus não é mais um nenenzinho indefeso, eu particurlamente acho que esta seja a intenção desta festa maligna,tirar Jesus da cruz e coloca-lo numa manjedoura.Jesus não está mais numa manjedoura.

    Responder
  • Judite Rocha disse:

    Achei seu comentário muito sábio. Já houve muita caça às bruxas, como inquisição por causa desta questão. É irritante ver como algumas pessoas se apegam a coisas tão insignificantes para julgar outros. Olhar para si e examinar-se ainda é a melhor coisa a fazer, seja para que questão for. Também não colocar pensamentos e sentimentos nossos em Deus não é algo edificante.
    Quem convence não é árvore, não é o natal, não é nada disso. Quem convence é o Espírito Santo, com ou sem árvore…Ele usa o que Ele quiser, até uma mula.
    Fiquemos em paz, e prossigamos em fé. Nem o coração pode nos condenar, pois maior é Deus que nossos corações. Um abraço, bom natal e um ano ano de revelação da parte do Senhor em nossas vidas!!!

    Responder
  • liana gomes freire disse:

    O pecado desta festa é associa-la á Deus, a única festa fundamentada nas escrituras é as bodas do cordeiro, e será realizada no céu, junto com o Senhor, o resto é invenção para agradar á Deus, comemorar como uma fraternização familiar tudo bem, mas, dizer que é uma festa cristã? Devemos olhar para a palavra não para o que o mundo faz.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Liana, você comemora aniversário? Comemora alguma outra ocasião em sua vida? Se o faz, segundo seu argumento, está pecando, pois a Bíblia não prevê essas comemorações…

      Responder
      • alex moura disse:

        amigos, como comemorar alguma ocasiao é pecado?
        e jó , nao comemorava o aniversario dos filhos e fazia banquete e tal?
        a biblia prevê essas comemorações sim, mas a questao do natal é que queremos mascarar o errado e faze-lo certo, dizendo que eu é que sei sobre comemorar natal, ter arvore em casa, ou ate colocar arvore dentro da igreja alegando que é para lembrar uma data de amor e esperança.
        realmente as comemoraçoes estao na biblia , mas sobre arvores de natal, e comemoraçoes de natal nao estao, nós é que queremos adaptar estas festividades no cristianismo
        grande abraço a todos e maranata.

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Alex, também não está na Bíblia sobre andar de automóvel ou ônibus. O pessoal lá só andava a pé ou em lombo de animais. É correto andar de carro ou de ônibus já que não está na Bíblia?

          Responder
  • liana gomes freire disse:

    Estou falanddo de coisas espirituais, não há nemhuma referência bíblica para se comemorar, como uma confraternização familiar tudo bem, mas dizer que é uma festa cristã? È a minha opinião, tenho muitas coisas à comemorar na minha vida; e comemoro,mas, a principal delas é a minha salvação em Cristo Jesus. Todas as coisa me são lícitas, e tudo o que eu procuro fazer´eu o faço para glória de Deus. Um abraço

    Responder
    • André Sanchez disse:

      O nascimento de Cristo é a referência Bíblica.

      Responder
  • adriane disse:

    Arvore de natal, o proprio natal, papai noel( que muitos cristãos tem a capacidade de mentir para seus filhos a respeito disso), presentes para todos, luzes piscando e mais um monte de coisa, as escrituras não tem parte com isso.
    Muitos na ancia de andar de acordo com o costume do mundo se metem em dívidas q não conseguem pagar para presentear a todos, o que diremos dos filhos dos menos favorecidos financeiramente,seus amiguinhos ganham ganham presentes caros, lindos ,em quanto eles….e muitos nem ganham nada, e como ja vi crianças chorarem por causa disso!
    E se o natal tivesse sido criado para adorar a Cristo, pq o noel é adorado então? podemos até argumentar com nossos lábios mas com nossas atitudes mostramos o contrário.
    Se realmente quiséssemos comemorar o aniversário de Cristo não precisaríamos de toda essa cultura natalina.
    No natal( q não tem ordenança bíblica p essa festa) existe o papai noel, na páscoa (festa bíblica) existe o coelho, e Jesus…até quando vai ser deixado de lado?
    Amados irmãos em Cristo se não conseguimos renunciar a essa pequenas coisas, como vamos renunciar a propria vida por Ele?

    Perdoem-me não quero ofender ninguém, é só minha opinião.
    Paz a todos!

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Adriane, o mundo sempre tentará ofuscar a verdadeira adoração a Deus. Isso não é novidade. Se deixarmos isso acontecer, daqui a pouco não haverá ninguém mais falando sobre Cristo. Devemos sim comemorar o natal de Jesus Cristo em contraste com aquilo que o mundo comemora.

      Responder
      • souza disse:

        Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
        1 João 2:15, de qual lado você está, com um líder cristão ou como um apostata.
        você traz duvidas em sua fé, quando só compara com o mundo e não convence pelo espirito de Deus.

        Responder
        • André Sanchez disse:

          Souza, defina pra mim o que você considera que seja “mundo” nesse texto citado.

          Responder
  • Jose Antonio Eliziario disse:

    um lider espiritual não ver nada de uma arvore de natal? pagã e muito estranho porque aorigem da arvore de natal e satanica ta tudo liberado mesmo.so DEUS pra nos dar misericordia.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      José, se você está fazendo esse comentário de um computador ligado a internet saiba que ele foi inventado por um ímpio e alguns dos programas que usa por ateus. Você vai parar de usá-lo também?

      Responder
      • Jose Antonio Eliziario disse:

        se tudo que comentarmos no seu blog, vçe coloca isso ou aquilo como resposta, fica dificil agente comentar seja mais convinçente com as respostas um abraço.
        pelo geito pode tudo.

        Responder
        • fatima disse:

          Parabéns Andre Sanchez gostei muito de suas colocações!

          Responder
  • Uilian Franca disse:

    Fico perplexo diante de um povo sem esclarecimento das coisas de Deus, ficam entregando tudo para o diabo, no texto ficou muito claro e muito bem explicado pelo amado presbítero André Sanchez, sobre a intenção de praticar algo, se você está fazendo algo que fere a santidade de Deus você está arruínado, porém se faz algo que não te afasta de Deus, pelo contrário te aproxima entendendo que um ornamento em sua casa não pode afastar a presença de Deus, o que realmente afasta é o pecado, existem muitos líderes vendendo coisinhas supostamente ungidas, pregando a teologia da prosperidade, fazendo dos púlpitos um palco, arrebanhando ovelhas somente por estatus, e isso realmente me preocupa, pois uma alma não tem preço, então tomemos cuidado com o que realmente desagrada a Deus e deixamos que cada um exerça a sua liberdade em Cristo, não podemos é perder o foco, Jesus está voltando, espero que aqueles que julgam essas festas como algo profano possam estar com as suas vidas no altar, para que não entre em condenação, sei que podem surgir comentários maledicentes como alguns que fizeram em relação ao estudo citado pelo nosso irmão, por isso deixo para a meditação de todos o seguinte texto:1 Co11: 31 Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados.32 Mas, quando somos julgados, somos repreendidos pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo.
    Graça e paz!!!

    Responder
  • Uilian Franca disse:

    Graça e paz, fico perplexo diante da falta de conhecimento das pessoas, o estudo foi muito bem elaborado, infelizmente existem muitos líderes que precisam manter o povo os idolatrando, por isso não investe em estudos para esclarecer situações como esta, preferem dizer que tudo é pecado, afinal de contas existem muitas situações encobertas então é óbvio que tem que desviar o foco, por isso as pessoas sem esclarecimento ficam alfinetando, vamos ter o cuidado de observar o que realmente esta fora da vontade do Pai, este evangelho que pregam hoje em muitas igrejas, precisavam ser observados na íntegra, teologia da prosperidade, coisinhas ungidas sendo vendidas nas igrejas, púlpítos se tornando palcos, isso sim me preocupa, precisamos tomar muito cuidado para relmente observar o que gera problemas e problemas sérios em nossa caminhada cristã, o estudo está maravilhoso, aos defensores da lei, que vivem debaixo da lei, cuidado, Jesus está voltando!!! 1 Co 11:31 Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados.
    Graça e paz!!!

    Responder
  • alberto dos santos andrade alves ribeiro disse:

    Li com atenção e sob o espírito de aprender a verdade. Concordo plenamente com o que o nosso irmão André diz.
    Porém gostava de ser esclarecido sobre:
    1º Que relação existe entre o Nascimento de Alguém e uma árvore?
    2º Porquê um pinheiro e não outra qualquer?
    3º Não nos identificaríamos mais com um presépio, composto de todas aquelas figuras bíblicas?.
    A todos desejo um santo e feliz natal com Jesus.
    Amém.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Alberto, respondendo as suas questões:

      1º Que relação existe entre o Nascimento de Alguém e uma árvore?

      Nenhuma relação. A árvore é apenas um enfeite. Apenas.

      2º Porquê um pinheiro e não outra qualquer?

      Em se tratando de um enfeite, pode ser usado qualquer espécie sem problemas. Creio que não citei nada sobre obrigatoriedade de nada nem pinheiros.

      3º Não nos identificaríamos mais com um presépio, composto de todas aquelas figuras bíblicas?.

      Ai vai de cada um

      Abraço!

      Responder
      • souza disse:

        por que não usar ela o ano todo, e vem justo no dia em que se comemora o nascimento de Cristo e depois fala de uma arvore qualquer. a bíblia é a pedra angular, se não se encaixa bem pode jogar fora pois não provem de Deus.
        “Joao 5:39 Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam;”

        Responder
  • Luiz Antonio disse:

    Pelos comentários vejo que existe muita divergência entre os que se denominam evangélicos. Falta-lhes unidade doutrinária. Talvez o problema esteja na origem, como surgiram da divisão, parece ser esta a meta eterna, DIVISÃO! A Igreja deve ser sempre o corpo indivisível de Cristo!

    Responder
  • Rodrigo C. disse:

    A paz presbítero, A palavra do Senhor Jesus Cristo é bem clara ele não da o entendimento a todos, e ela fala em Apocalipse cap.22 ver.18,19;Eu, a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro, testifico: Se alguém lhe fizer qualquer acréscimo, Deus lhe acrescentará os flagelos escritos neste livro;
    e, se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará sua parte da árvore da vida, da cidade santa e das coisa que se acham escritas neste livro.Por isso nós devemos refleti bem tudo que nós passamos para as pessoas através da palavra Deus, e que Jesus Cristo te abençoa.

    Responder
  • elza parente veras disse:

    o meu comentario e sobre o natal ,nunca gostei do natal eu sempre passei fome no natal , porque na casa q eu morava so seiavam meia noite a comida era tartaruga aqueli bicho enrugado e nogento e porco ,eu sei q existe uma verme q cresce e vai parar no celebro q nojo ,q o porco transmite ,eu via a minha familia feliz , e os pobres triste ,essa festa nao e de Deus ,quando passa o dia 24 muita gente nao amanhece pq morre de bebedeira no transito etc , ate os ladroes rouba mais p tambem festejar ,na biblia nao achei o aniversario de Jesus ,e nem os apostulos festejavam eu acho q fora a historia q é o aniversario e de tamuz e samiramis ,em israel dezembro e frio nao tinha como Jose caminhar com uma gravida , nem fazer um senso no frio,essa festa e pra nos fazer a vontade da carne ,depois q passa a festa ta todo mundo lizo e endividado ,o que Deus quer que façamos ele deixou escrito ,a biblia e nossa erança esta escrito velho e novo testamento o livro de Deus,o que ele escrevel as pessoas nao querem fazer ,é como salomao escrevel ,é tudo vaidade.

    Responder
  • Antonio Belizário Neto disse:

    Bem, então, no tocante à árvore de natal, se a intenção não for pecaminosa, em casa também poderei ter postes-ídolos, estátuas de Aserá e de Baal, os baalins e o bezerro de ouro. Deus é que era muito chato antigamente. Estou com comichão nos ouvidos.
    Poderei usar, em casa ou em mim, a título de decoração, objetos, estátuas e penduricalhos usados nos rituais afro-demoníacos. Ainda no quesito decoração, poderei agora colecionar os pôsteres que vêm nas páginas centrais de revistas de mulheres nuas. Lembrem-se: o que vale é a intenção. Não preciso mais me preocupar em fugir de toda a aparência do mal, nem em não compartilhar com as obras infrutuosas das trevas e condená-las. Realmente, o cristão dos dias de hoje necessita mesmo ter uma árvore de natal em casa. Se isso poderia estar ligado ao culto que povos pagãos da antiguidade prestavam a outros deuses, eles que fritem no inferno. Se é que isso é verdade. De minha parte, eu quero é a minha árvore. Isso é imprescindível à minha subsistência como cristão e servo do Deus Altíssimo. Como poderia eu viver sem ela? Tomé é quem estava certo. Afinal, esse negócio de crer sem ver não é lá muito lógico mesmo. Preciso ter essa árvore em casa para que, nessses dias comemorativos do Natal, ela me lembre, com pinheiros, frutas e neve, que lá em Belém do Polo Norte nasceu um menino. Ou seria o tal de São Nicolau, Santa Claus, o Papai Noel, que é o Salvador?
    Senhor, aumenta-nos a nossa fé!

    Responder
  • souza disse:

    caro irmão seu testo é até convincente para dar suporte ao uso da arvore de natal, se não fosse observado os capítulos seguintes, vejamos.
    I Cor 08:10 ” Porque, se alguém te vir a ti, que tens ciência, sentado à mesa em templo dos ídolos, não será não será a consciência do que é fraco,induzida a comer das coisas sacrificadas aos ídolos?”
    vemos que o apostolo não deixou um opção de escolha e que se deve ou não comer, esta claro estar no templo mas não participa da comida sacrificada aos ídolos.
    . a apostasia tomou conta dessa geração e mudaram algumas tradições bíblicas dando enfase a duvida no que se deve ou não fazer, para justificar algumas condutas iníquas praticadas por alguns que se dizem cristão.
    veja o testo a seguir.
    l Cort 10
    19 Portanto, que estou querendo dizer? Será que o sacrifício oferecido a um ídolo é alguma coisa? Ou o ídolo é alguma coisa?
    20 Não! Quero dizer que o que os pagãos sacrificam é oferecido aos demônios e não a Deus, e não quero que vocês tenham comunhão com os demônios.
    21 Vocês não podem beber do cálice do Senhor e do cálice dos demônios; não podem participar da mesa do Senhor e da mesa dos demônios.
    agora percebe-se que ha uma separação bem distintas entre o cristão e o mundo. não se pode comparar a conduta do impio com a do cristão, mesmo no adorar e no fazer sexo, quando nos igualamos ao mundo, ainda não fomos libertos.
    bom assim, não é necessário incluir mais um mandamento e sim ser obediente aos preceitos bíblicos e sigo os concelhos do apostolo paulo “Por isso, se a comida escandalizar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que meu irmão não se escandalize”. 1 Coríntios 8:13
    abraços e vamos seguir a orientação de Cristo “Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
    João 4:23.

    Responder
  • Neilton disse:

    Amados irmãos.
    Meu nome é Neilton, meu ministério não é pastoral, mas de apoio eclesiático. Sou da igreja Batista.
    A amior dificuldade que temos é que o mundo joga seus costumes e não respeita os nossos. Colocar uma arvore de Natal, comer lentilhas, participar de festas juninas, comer peixe na semana santa, visitar os mortos dia 2 de novembro, e por ai vai.
    Tudo isso fazem parte do mundo. `Participar disso não nos faz diferentes do mundo e o mundo fica feliz quando fazemos isso pois é uma forma de não diferenciarmos e nos chacotiarmos.
    Entretanto Paulo esteve no meio dos impios, nãos e fazendo igual a eles e mostrou sua diferenças.
    Que nós façamos o mesmo é bem simples.
    Vamos continuar pregando a Crsito no Natal, combatendo Papai Noel e suas crenças pagãs.
    Que Deus nos ajude

    Amém

    Responder
  • Murillo Rodrigues (@MurilloRodrigu8) disse:

    no livro de genesis satanas fes isso, pode ,nao pode ,pode nao pode, no fim estamos afundado em um mundo de puro sicretismo religioso,paganismo,idolatria,ceticismo,arnaquia,babel religosa.exodo 20.econhecerei a verdade e a verdade vos libertara.pr.claudio de ilheus.

    Responder
  • Iury Drayton disse:

    Irmão André, permita-me contra-argumentá-lo.

    1) O argumento da relação sexual usado por você:

    Achei interessante o argumento em que você fala que os pagãos maculam tudo quanto põem a mão e aí então deu o exemplo da relação sexual. Mas você esqueceu de considerar uma coisa: De onde vem a relação sexual? Quem a criou? Sabemos que foi Deus. Portanto, este argumento não foi convincente, porque é algo que não tem origem no mundo nem no paganismo, mas em Deus. Mas os adereços de Natal tiveram também sua origem em Deus?

    2) As necessidades humanas:

    Esses adereços são necessidades humanas? Falo assim, porque normalmente alguém diz: “então deixe de usar suas roupas, porque estilistas ateus as fizeram”. Bom, mas elas são necessidades humanas e portanto não fazem parte da origem pagã (até porque neste ponto quem inventou as roupas foi Deus conforme Gênesis 3.21, se o caso fosse esse não é?), então não tenho nada a ver com quem as inventou. Mas quanto a árvore e seus adereços de Natal? É impossível alguém dizer que ou ela tem sua origem em Deus ou ela faz parte da necessidade humana, porque seria tremendamente injusto consigo mesmo.

    3) A ordem de Deus

    Deuteronômio 18.9 diz: “Quando entrares na terra que o Senhor teu Deus te dá, então não aprendas a fazer conforme os costumes daqueles povos.”

    Bom, este costume de adereços de Natal, nós não aprendemos com Deus, mas com povos pagãos, correto? Se aprendemos com povos pagãos, como fica nossa posição diante deste verso? Ah, permita-me fechar brechas…
    Normalmente ao usarmos textos do AT, muitas pessoas querem iniciar uma confusão sobre dispensações. Mas, só porque estamos debaixo da Graça e não da lei, então nos manteremos em comunhão com as coisas originadas no paganismo só porque nós saímos debaixo daquelas ordenanças sobre: “não faças, não toques, não manuseies?” Bom, se fosse assim então poderíamos continuar na nossa antiga vida, pois não nos contaminaríamos, mas as coisas não são bem assim. E quanto a 2 Timóteo 3.16? Se Deuteronômio faz parte da inspiração divina, então estas palavras de Deus tem o poder de nos ensinar e instruir em justiça. Não estou pegando textos isolados, mas usando apenas um verso de um texto completo que trata da questão sobre receber coisas oriundas de costumes pagãos.

    Conclusão

    Acredito firmemente que o Senhor é contrário a estas coisas, porque afinal de contas Colossenses 3.1 é uma boa recomendação para resolvermos toda essa questão.

    Que Deus abençoe a todos!

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Iury, permita-me te contra argumentar.

      1) Creio que você não compreendeu bem o argumento. De acordo com seu argumento os adereços de natal não tiveram a sua origem em Deus. Bom, que eu saiba o criador de todas as coisas é Deus. O diabo é usurpador, manipulador. Nenhum ser humano ou qualquer outro ser é criador de nada. A criação goza da graça comum de Deus e pode, em muitos casos, macular aquilo que Deus fez e que é bom.

      2) Quem inventou as árvores? Quem as cobriu de toda sorte de beleza, de flores, de frutos, de formas de toda sorte de beleza? Se pagãos observaram a criação de Deus e se inspiraram a criar coisas para seus deuses, erraram em fazer isso. Aqueles que estão em Cristo vivem em liberdade e podem usar dessa liberdade para usar a criação de Deus sem qualquer problema. Em 1 Corintios, no capítulo 8 você entenderá melhor que existe um só Deus e que os ídolos nada são para nós.

      3) Creio que cabe aqui um estudo mais detalhado sobre as leis cerimonias e leis civis do povo de Israel. As leis morais permanecem, as outras não. Esse texto que você citou é claramente direcionado ao povo de Israel. É óbvio que hoje em dia tudo aquilo que contrarie as leis morais deve ser rejeitado. Não é o caso de uma árvore decorativa em casa, que não tem objetivo de adoração a deuses pagãos.

      Gostaria de saber se devemos obedecer essa lei aqui hoje em dia?:

      “Levítico 24.16 – Aquele que blasfemar o nome do SENHOR será morto; toda a congregação o apedrejará; tanto o estrangeiro como o natural, blasfemando o nome do SENHOR, será morto.”

      Responder
  • roseli maria rodrigues cavalcante disse:

    A PAZ DO SENHOR ANDRE DIRIGIMOS UMA PEQUENA CONGREGAÇÃO AQUI EM SÃO PAULO E TEMOS O MESMO PENSAMENTO Q. VC. FOMOS INDAGADOS SOBRE A ARVORE DE NATAL NA (E.B.D.) E FOI TERRIVEL REALMENTE MUITOS CRENTES HOJE PENSAM ASSIM……ENGOLEM UM BOI E SE ENGASGAM COM UMA FORMIGA…….

    Responder
  • Nunes disse:

    A Paz do Senhor à todos!
    Li até aqui quase todos os comentários e gostei muito, pois creio que aprendi com todos.
    Entendo, apesar de ser convertido há pouco mais de três anos, que muitos costumes mundanostem entrado na igreja de forma sutil, em cotra partida há um dito radicalismo evangélico. O que eu quero dizer é a vontade de agradar aos ímpios que muito criticam a nossa crença e as nossas ações.
    A permissividade e achar que algumas coisas não ferem a vida cristã tem trazido algumas atitudes dentro de nossas igrejas e comportamentos fora delas que desacreditam a mudança que uma pessoa tem através de Jesus.
    Peço perdão aos irmão se cometer alguma gafe, mas nem todo caminho que parece bom nos leva a Deus. Dessa forma não creio que, independente da sua intenção, trazer ao seio famiiar costumes que contradizem a vida cristã, que tirem o foco do que deve ser o nosso alvo, que é Jesus, seja uma atitude condiggna de um servo de Deus.
    Que a maravilhosa Paz do Senhor esteja com todos.

    Responder
  • Marcos disse:

    Caro Andre, observei seus comentários atentamente sobre esse tema: a dita “árvore” e convesso suas respostas são inconsistentes e trazem mais dúvidas do que esclarecimentos apesar dos seus esforços em tentar amenizar as dúvidas dos mais dúvidos… Esse é o seu blog e sei que vc. se defende da maneira que melhor lhe convém… Como servo de Deus e pelo pouco que aprendi com a Palavra de Deus e também por deduções de fatos do nosso dia a dia…Digo com absoluta certeza e também orientaria outros que me perguntassem que NÃO COLOCARIA A DITA ARVORÉ pois a mesma apresenta propósitos que não são do SENHOR, posso citar um pequeno trecho da Bíblia Sagrada onde diz: “Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna” Mt 5,37… DEIXO AQUI ENTÃO UMA PERGUNTA PARA VOCÊ IRMÃO ANDRÉ: VOCE COLOCARIA ESSA “ÁRVORE DITA DE NATAL” EM SEU LOCAL DE HABITAÇÃO? …. SÓ MAIS UMA COISA, NÃO ENTENDA DE MANEIRA AFRONTOSA A MINHA PERGUNTA.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Marcos, eu colocaria sem problema uma árvore de natal em casa pelos motivos que expus no texto. A satanização das coisas é um problema muito sério. Eu coloco Deus acima de tudo e não o diabo. Se vivermos procurando coisas pagãs aqui e ali viveríamos na escravidão. Você sabe se o carro que você anda foi feito por um pagão, se o tênis que você usa foi consagrado ao diabo, se o brinquedinho que seu filho brinca foi consagrado ao diabo?

      Responder
  • Tiago Souza disse:

    Amém, Pr. André, muito esclarecedor seu comentário sobre algum muito questionado em nossa nação e no meio de nós, acrescentou muito em minha vida, que o Senhor abençoe sua vida e sua família. Shalom…

    Responder
  • Jessica disse:

    No meu caso, André, eu amo ornamentos natalinos, simplesmente pelo fato de amar o sentido do natal e isso me fazer ” voltar a ser criança” e me sinto muito feliz com isso, além de todos aqui em casa gostarem da ideia.

    Responder
  • judith nunes barros silva disse:

    Sou católica. Quando entra o mês de dezembro, eu me preparo para o grande acontecimento que virá: o nascimento de CRISTO. Todos nós cristãos ficamos cheios de alegria contagiante. À medida que se aproxima o dia 25 de dezembro, nossa sensibilidade aflora, a “ansiedade” toma conta do nosso ser. Então preparo meu coração e minha família, para receber Aquele que foi, é e será o Salvador. Acho que devo ornamentar também minha casa com uma árvore florida, frutífera, frondosa que simboliza a vida e aguardá-LO nesse clima. Com relação ao Papai noel, esse não entra na minha casa por se tratar de um personagem pagão.

    Responder
  • pedro luis soares de oliveira disse:

    bom dia irmao andre li alguns trechos e me pergunto se isso nao e pra que ficamos mais fortes na presença do amado jesus porque eu digo que tem tanta gente no nosso meio falo dos irmaos que se chegar um pastor e falar pra eles que aquilo e proibido muitos simplismente acatam eles nao consultao a quela grande que pra mim e uma ferramenta abiblia nao e uma critica e meu ponto de vista

    Responder

Seu comentário é muito importante! Comente! Regra 1 - Seja respeitoso - Regra 2 - Não aprovamos comentários de anônimos - Regra 3 - Não publicaremos mais comentários que não tenham a ver com o tema do artigo - Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.