A Bíblia proíbe o crente de ser fiador?

Postado por em: #VocêPergunta, Cristãos e finanças

Uma dúvida muito grande das pessoas é se a Bíblia é contra ou a favor a ser fiador de alguém. Volta e meia alguém é procurado e recebe uma solicitação de algum parente, amigo e até de algum irmão da igreja para que seja seu fiador em algum negócio. Antes de entrarmos na análise do que a Bíblia diz sobre o assunto, é bom lembrar o que significa ser fiador de alguém:

“Pessoa que abona outra, responsabilizando-se pelo cumprimento de sua obrigação ou dever; o que possui bens para suprir a falta de pagamento pelo devedor.” (Dicionário Michaelis Online)

Como vimos, o fiador deverá garantir o pagamento de alguma obrigação caso a pessoa que fez o contrato não o honre. Na prática, se a pessoa não pagar, quem deverá pagar é o fiador.

Ser fiador é proibido na Bíblia?

A BÍBLIA ME PROÍBE SER FIADOR DE ALGUÉM?

Em minhas pesquisas na Bíblia não encontrei nenhuma passagem bíblica que proíba alguém de ser fiador. Porém, isso não significa que a Bíblia incentive que isso deva ser feito. Pelo contrário, os versos bíblicos que falam sobre ser fiador de alguém são extremamente taxativos dos riscos desse ato. A Bíblia não vê com bons olhos o fato de sermos fiadores. Vejamos alguns desses textos:

Ser fiador é abrir a porta para o sofrimento de males: “Quem fica por fiador de outrem sofrerá males, mas o que foge de o ser estará seguro.” (Pv 11. 15)

Ser fiador é atitude de tolo, de alguém sem sabedoria: “O homem falto de entendimento compromete-se, ficando por fiador do seu próximo.” (Pv 17:18)

Ser fiador é colocar em risco seus bens mais básicos: “Tome-se a roupa àquele que fica fiador por outrem; e, por penhor, àquele que se obriga por estrangeiros.” (Pv 20:16)

Assim, fica claro que a Bíblia não nos proíbe de sermos fiadores, mas não vê com bons olhos a prática. No final das contas a decisão é de cada um. O que vale ressaltar é que não são poucas as histórias de pessoas que trouxeram sobre si e sobre sua família grandes dificuldades e sofrimentos por aderir a tal compromisso.

FUI CHAMADO PARA SER FIADOR, O QUE FAZER?

Não invente desculpas ou mentiras. Apenas esclareça para a pessoa as suas convicções, o que pensa sobre o assunto e o que a Bíblia diz. Esclareça que não é uma questão de desconfiar da honestidade da pessoa, mas de proteção de seu lar e vida financeira. No final das contas diga que existem outras alternativas no mercado (existem seguros, depósitos antecipados) que podem substituir a necessidade de um fiador.

VOCÊ JÁ FOI FIADOR DE ALGUÉM? COMO FOI A EXPERIÊNCIA?

21 comentários

  • Fabio Silveira de Faria disse:

    Como Interpretar 1João 3.16 e 17. “Eu tenho os recursos desse mundo e o meu irmão está precisando de um fiador para que possa abrigar sua família”. Devo negar? Ainda assim o amor permanecerá em mim? Se tudo que possuímos pertence a Deus, como posso negar compartilhar com o irmão necessitado?
    Abraços.
    Fabio.

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Fábio, creio que seja necessário avaliar a situação. Por qual motivo a pessoa precisa de um fiador? É uma necessidade? Ou é apenas um capricho ou um investimento que ela está fazendo em um carro novo, em uma casa que não pode pagar? Devemos ser prudentes, pois muitas pessoas se aproveitam da situação para transferir a dívida para outrem. Somos mordomos dos recursos que Deus nos deu e precisamos administrá-los corretamente e com sabedoria.

      Abs!

      Responder
      • Renato Herrera disse:

        Claro, tudo tem que ser avaliado! Mas o testo de 1 João 3 16,17 deixa claro, ” irmão necessitado” , seria amoroso ver um irmão passando necessidade e eu podendo ajudar e mesmo assim negar, desculpa se eu fizer assim , não me sinto cristão. Tenho certeza que Deus não ira me condenar por isso… quando se demostra amor pelo proximo Deus abençoa… Mas é claro tudo com cautela, mas não que seja proibido!

        Responder
        • Adilson Ventura disse:

          Meu irmão bom dia que a Paz esteja com vosco,tenho ao meu entendimento que a Biblia ensina ser proibido de ser fiador quando a gente não se pode dar ao próximo aquilo que esta sendo fiado.Ex: Você é fiador de algo que a parcela seja R$200,00 se caso você não puder dar isso ao seu irmão de modo que se ele não te pagar nunca mais te cause frustação, então nunca seja fiador, pois isso pode levar ao desentendimentos de ambos e as almas serem perdidas para sempre.
          Amém.

          Responder
    • Rodrigo disse:

      Nisto está o Cristianismo simples: Ame e faça o que quiser!

      Responder
    • Sadney disse:

      Amém irmão! Que o Senhor Jeová te dê em dobro o que você fizer pelo seu próximo, quero muito mudar de vida, ser alguém, mas preciso de uma ajuda pra um fiador na faculdade e como que faz? E essa palavra sua caiu certinho…Deus abençoe da palavra. Deus proverá…

      Responder
  • Jose Antonio Eliziario disse:

    leiam prov.6 filho,meu se fores fiador de teu amigo se empenhaste tua palavra a um estranho se enredaste com a palavra da sua boca e ficastes presos na palavra de teus labios faze isto agora,filho meu,e livra-te…..pois ja caiste nas maos do teu proximo.

    Responder
  • Liliane disse:

    Eu me deixei se boa demais e me enrrosquei, emprestei uns cheques para um amigo, e ele nao pagou, eu tive que me virar. Sou cabelereira, estou totalmente frustada, pois abri uns fiado, e agora estou sofrendo as consequencias, o povo nao me pagou, e alem de td vejo esses mesmos clientes se embelezando em outros saloes, eu to pessima e resolvi saber o que Deus tem a dizer sobre isso. Aqui eu tirei minhas duvidas, principalmente em relacao aos fiados!! Valeu :(

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Que bom, Liliane! Fique atenta agora e seja sábia nessa questão.

      Responder
  • Leandro Santi disse:

    Acho que se aplica a mesma regra do empréstimo, se vc tem condições financeiras para suportar a perda e conhece a pessoa acho que é algo a se considerar, não é uma decisão fácil, mas muitas vezes é um bonito gesto com o próximo.

    Responder
  • Ceia disse:

    Concordo com tudo que escreveu neste texto. O mercado hoje em dia de fato é aberto, opções de cartões não faltam. E se queremos ajudar como o irmão Fábio sugere é melhor contribuir voluntariamente, mas sem ser fiador, ou seja, se o irmão precisa de mil reais e temos para lhe dar em mãos o suficiente, podemos dar-lhe, se quisermos, ou emprestar-lhe sem esperar algo em troca (e ainda assim, com olhos abertos, observando se fato não é capricho), mas essa de fiador não cabe a ninguém. Além disso, o cristão tem que viver dentro das condições que Deus lhe deu e não diante das condições do próximo, ainda que este lhe queira bem!

    Responder
    • Sadney disse:

      “Além disso, o cristão tem que viver dentro das condições que Deus lhe deu e não diante das condições do próximo, ainda que este lhe queira bem!”

      Eu quero muito fazer faculdade, estudo muito, e a facul custa mil reais, com o FIES tenho que arrumar 2 fiadores que juntando dê o dobro, ou seja dois mil reais, ganho um pouco mais de um salário, minha família não tem pessoas que ganhem esse valor, e não tem faculdade federal na área que gostaria de atuar, tenho que viver o resto da vida assim porque essas são as minhas condições??? Senhor…que isso…

      Responder
  • Josenildo disse:

    A paz e Graça!

    Gostaria de saber se a Bíblia, condena que não devemos pegar dinheiro emprestado na mão de agiota.
    Tenho outra pergunta,estou passando por problemas com minha esposa(não somos casados ainda) já aceitamos o Senhor Jesus, e estamos congregando na Igreja Missionária Vida Plena/ssa – BA. Está acontecendo muitas brigas, discussões, ela se exalta na voz e tal. Não estamos nos entendendo…O devo fazer pra ter certeza que não devo cancelar o casório, Pois temos uma filha e não pretendo criá-la sem eu está presente.

    Grato e paz

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Josenildo, pegar dinheiro com agiotas é crime em nosso país. Os agiotas agem contrários a lei.

      Sobre seu relacionamento vale a pena investir na solução dos problemas. Divórcio não agrada a Deus, o que agrada a Deus é quando o casal luta pelo seu casamento. Procure comprar livros sobre o assunto, se informar

      Responder
      • Josenildo disse:

        Muito obrigado querido. Pois hoje a tarde eu ajoelhei e pedi p Deus me mostrar o estava acontecendo com o meu casamento logo depois eu fui assistir um culto das mulheres(Pr°ª Ana Paula Valadão ) e ela fala sobre?: A mulher deve respeitar o marido – Foi impressionante o Deus ministrou no meu coração, A palavra foi ESTER-1/;15/;16/1720/21/22 Na /verdade/ minha esposa está totalmente ao contrário o que a Bíblia nos orienta. Agora vou pedir p ela assistir ao Vídeo e conversaremos de verdade.

        Jesus lhe abençoe!

        Responder
  • lia disse:

    Concordo que se for em caso extremo poderia ser fiador de alguem, no caso de saúde ou de algo extremamente necessário, caso contrario penso que é burrice. Dependendo da situação se eu puder prefiro dar logo o dinheiro de presente do que emprestar meu nome e ficar passando raiva.

    Responder
  • JOSEANE disse:

    MINHA EXPERIENCIA COMO FIADORA DE UMA IRMÃ CRENTE DA MINHA IGREJA ME DEIXOU ATE HOJE NUMA ANGUSTIA TERRÍVEL AS DIVIDAS VINDO NA PORTA E ELA NEM AI , MEU CASAMENTO ABALADO PORQUE DESOBEDECI MEU ESPOSO E ASSINEI CONTRATO DE FACULDADE E HOJE A JUSTIÇA COBRA NA MINHA PORTA , ESTOU MUITO ANGUSTIADA POIS FALARAM QUE IRIA TOMAR ATE MINHA CASA SE EU NAO PAGAR O PIOR QUE SO ASSINEI DOIS ANOS E NEM SABIA QUE ISSO SERIA ASSIM MAIS DEVIDO OUTRA FALCATRUA DA COLEGA EM MEU NOME NAO MAIS ASSINEI CONTRATO PRA ELA E QUATRO ANOS ELA FOI EM CARTORIO E FALSIFICOU MINHA ASSINATURA O QUE FAZER. A FAMILIA QUEREM FAZER JUSTIÇA POR CONTA PROPRIA MAIS EU TENHO ME SEGURADO E NAO DEIXADO NINGUEM FAZER BESTEIRAS . POIS QUERO QUE ESSA SITUAÇAO SEJA RESOLVIDO.NAO TENHO CONDIÇOES DE PAGAR ESSA FACULDADE DE DIREITO . COMO ISSO VAI FICAR ALGUEM SABE ME ESCLARECER.?

    Responder
    • TÂNIA SANTOS disse:

      Joseane, procure um advogado para lhe ajudar. O período que ela falsificou a sua assinatura vc poderá recorrer a justiça para não pagar, mas pagará o período que vc assinou como fiadora. E ore, ore, ore muito pra Deus usar de misericórdia para com vc, sua vida e seu casamento. Não se desespere, Deus tem solução pra todos os nossos problemas! Faça um voto com Deus, que se vc sair dessa, NUNCA MAIS cai em outra roubada dessa. Eu já cai e milagrosamente Deus me livrou!!! Emprestei dois talões de cheques em branco para uma igreja que fazia parte. Pra não me alongar. Passaram os cheques com valores altíssimos e todo dia eu recebia ligações de cobrança. Quase enlouqueci, mas Deus usou de misericórdia comigo, após três anos um outro bispo que assumiu pagou os cheques, mas ficaram pendentes três cheques no banco, que eu não sabia onde estavam, não tinha como resgatar. Queria fechar a conta, mas o banco me pedia o resgaste os três cheques, então orei, orei, pedi perdão pra Deus, me humilhei e depois fui ao banco fechar a conta e os cheques haviam sumido, mas restava uma dívida de quase R$ 400,00. Falei que não tinha dinheiro pra pagar qe que a conta já tinha vários anos sem movimentação. A gerente mandou eu aguardar e quando voltou disse que ia perdoar a dívida. Glória a Deus!! Mas foram noites angustiantes que duraram mais de ano. Já no juizado de pequenas causas e conte sua história, eles poderão lhe orientar. Deus abençoe rica e abundantemente! Deus é fiel e vai lhe tirar dessa como me tirou!!!

      Responder
  • Fabiano Kumakura disse:

    É como o André disse, na bíblia não diz que é proibido ser fiador, mas faz alertas quanto a isso, pois ser fiador de alguém pode te tirar o sono… te tirar o sossego, e trazer muito incomodo a sua vida, como diz em PV 6,1~5. Aí vai de cada um avaliar as situações e o que ele está disposto a enfrentar como consequencia dessa ação. É uma semente que estás plantando e Deus nos avisa sobre isso para que não tenhamos problemas em relação a isso. Acredito que se temos condições de ajudar as pessoas, devemos ajudar, desde que isso não tire o nosso sossego. Quando agimos para ajudar alguém ou fazemos qualquer ação que agrade a Deus, nossos corações devem ficar tranquilos e permanecer assim por todo o tempo.
    Como diz em Jr 17,5 “Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do Senhor!” Isso não quer dizer que não devemos confiar em outra pessoa, mas sim, que não devemos confiar em uma pessoa ao invés de confiar em Deus. Portanto, antes de tomarmos qualquer atitude para qualquer fim, devemos consultar a Deus, para isso servem as orações, a comunhão com Deus. Para podermos receber os seus aconselhamentos, os seus direcionamentos e fazermos as escolhas certas… assim, certamente agradaremos a Deus, se seguirmos a Sua vontade e não nos afastaremos dEle mesmo que a gente não ajude outra pessoa, pois não nos deixará fazer qualquer coisa que nos trará sofrimento.
    Espero ter cooperado um pouquinho com a discussão. Abraço a todos os irmãos.

    Responder
  • Diogo Furtado disse:

    Fui fiador de um antigo sócio, um ex-cunhado. É muito desagradável e demorei cerca de 3 anos até estabilizar todas as contas na qual fui fiador/avalista.

    Cabe muito de sabedoria nesse momento, pois um avalista é necessário quando não há dinheiro/crédito da pessoa que a solicita. Portanto vale o ditado: não tem dinheiro não compre.

    Hoje há diversas formas, no qual o mais extremo seria ser avalista de imóveis para aluguel. Paga-se em um banco um seguro no qual a imobiliária fica ressarcida, ou seja, não adianta ser fiador de quem já deve pois acaba ajudando cada vez mais a pessoa se afundar.

    Almejar coisas grandes não significam que é necessário que seja através de financiamentos ou aluguéis absurdamente não planejados.

    Contentar-se com o que é possível no momento também é uma grande forma de ser uma pessoa mais humilde, mas não há mal nenhum de fazer um bom planejamento para melhorar seu carro, sua casa.

    Nunca foi tão fácil ter acesso a informações e forma de ganhar dinheiro. A questão é o planejamento que poucos brasileiros são instruídos a fazer.

    Estamos com um governo que está empobrecendo a população, induzindo todos ao financiamento e os juros vão para os bancos e não retornam para uma melhora efetiva da população.

    O governo incentiva a comprar casa, carro e agora até imóveis financiados pelos bancos nos quais juntam cifras cada vez maiores, enquanto o nosso povo fica a vida toda pagando os financiamentos.

    Apartamento ou casa em 240X (no qual ao final você paga até mesmo no minha casa minha vida cerca de 3 vezes ou mais o valor original) e carros a 60X (cerca de 2,5 vezes o valor original).

    Portanto, o governo tira o crédito da população para que sempre estejam em seus empregos e não possuam crédito para abertura de novos negócios (no qual precisa ter nome limpo para abrir CNPJ) e a roda sempre fica girando dessa forma.

    Trabalha-se a vida toda para ter uma casa e um carro, no qual os que realmente ganham duas vezes são os bancos e os empresários.

    Responder
  • Fernando Rolim disse:

    Deus realmente prometeu que não tomariamos emprestado nada. Porém, é melhor não confundir causa com consequência, nem atitude com bênção.

    Para não ficar por fiador de ninguém, e para que não sejam tomadas as suas roupas (inclusas as vestes nupciais) …

    … leia e entenda: 1 Reis 18, versículos de 19 até 40.

    Responder

Seu comentário é muito importante! Comente! Regra 1 - Seja respeitoso. Regra 2- Não aprovamos comentários de anônimos. Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.