4 importantes lições de Jesus Cristo sobre a morte

Postado por em: Série ensinos do Mestre Jesus Cristo

Série ensinos do Mestre Jesus Cristo (Por André Sanchez)

lições de Jesus, morte, salvação, inferno, céuTalvez a morte seja um dos assuntos que as pessoas menos gostem de falar. É um assunto que chateia as pessoas, mas é inevitável. Todos os dias temos contato com a morte de alguma forma. Em nossa família, em nossa vizinhança, em nossa cidade, em nosso país, no mundo. A morte está acontecendo a todo tempo e um dia seremos nós os personagens principais para ela.

Jesus Cristo abordou a morte em seus ensinos de forma bastante profunda; abordou com maestria, dando-nos certezas que podem nos fazer conviver de forma mais tranquila com ela. Vejamos as 4 principais lições do Mestre Jesus Cristo sobre a morte e o que a envolve:

1 – O poder de Deus triunfa sobre o poder da morte

Pouco tempo antes de Sua própria morte, Jesus resolve mostrar aos Seus discípulos um pouco do poder de Deus. Jesus queria demonstrar que Deus pode vencer até mesmo uma das forças mais temidas pelo ser humano, a morte. Lázaro seria aquele que ajudaria o Senhor Jesus a demonstrar o poder de Deus sobre a morte. Chegando ao túmulo, que abrigava a Lázaro já há 4 dias, Jesus demonstra o poder da Palavra de Deus: “E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora! Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir.“ (Jo 11. 43-44). Quando Lázaro saiu daquele túmulo ficou demonstrado mais uma vez que Deus tem poder sobre a morte!

Pouco tempo depois o próprio Jesus ressuscitou e venceu a morte, demonstrando a todos nós que também a venceremos!

2 – A morte não é o fim da nossa história

Muitos não têm certeza do que há depois da morte. Ficam confusos e acabam por ignorar que existe algo além dela. Jesus indicou claramente que há continuidade. Discorreu claramente sobre o destino do ser humano após a morte, demonstrando que a vida não encerra no túmulo. Mas qual o destino de uma pessoa após sua morte? São dois:

3 – A morte é a passagem dos salvos para a continuidade da vida eterna com Deus

Sim, para os salvos, a vida continua após a morte ao lado de Deus no que a Bíblia chama de céu. Jesus mostrou claramente essa realidade. “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida.” (Jo 5. 24). Jesus, falando do fim do mundo, mostrou essa realidade na vida dos salvos: “e porá as ovelhas à sua direita, mas os cabritos, à esquerda; então, dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai! Entrai na posse do reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.” (Mt 25. 33-34)

Jesus nos dá a esperança da vida eterna! Podemos crer nela e viver em paz com relação à morte, pois ela será vencida plenamente e  reinaremos em um estado de bênção eterna ao lado do Pai!

4 – A morte, para os que rejeitaram Jesus, é o início de uma eternidade de tormento no que a Bíblia chama de inferno

Muitos rejeitam a existência do inferno. Preferem fechar os seus ouvidos para a sua existência a crer que realmente ele existe e que precisam de Jesus Cristo para escapar dele. Agindo assim enganam-se e negam o que a Bíblia declara. Jesus falou da realidade do inferno aos que morreram rejeitando o Seu sacrifício na cruz: “Então, o Rei dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.” (Mt 25. 41). As palavras de Jesus são claras: existe a condenação eterna!

Numa de suas parábolas, Jesus mostra claramente a existência de céu e inferno, e exemplifica mostrando o destino de duas pessoas, o rico e o mendigo (Lc 16. 19-31).

Assim, cabe a cada um de nós uma avaliação sobre a nossa vida, pois é em vida que temos a possibilidade de crermos em Jesus Cristo e vivermos eternamente com Ele, ou rejeitá-lo e vivermos eternamente afastados Dele, o que é um tormento a ser vivido no inferno.

Qual a sua decisão diante das palavras de Cristo?

Compreenda melhor essa questão de morte e vida eterna:

Comente usando seu Facebook ou use o sistema de comentários normal no fim da página

5 comentários

  • Luciano disse:

    André, a Paz!
    Até pensei em escrever um post, mas estou deveras fragilizado nesse sentido.
    No tocante ao assunto o que também foi deixado, é a comparação de que somos como plantas, necessário que a semente caia ao solo para termos um novo corpo (incorruptível).
    O que importa é que possamos estar do lado correto no porvir.

    Graça e Paz!

    Responder
  • silvany moura disse:

    muito esclarecedor, conclusivo.

    Responder
  • Sandra Souza disse:

    Eu antes de ser crista nao temia a morte,e ate achava que era pro inferno que eu deveria ir… tinha em mente de que la nao estaria sozinha e que nao iria ser a unica….e agora que sou crista me da um certo temor de morrer

    Responder
    • André Sanchez disse:

      Sandra, ter um certo “temor” da morte é até natural, pois é saudável amar a vida. O que você precisa ter certeza é que é uma serva do Senhor e que, se morrer, estará na presença Dele. Isso tranquilizará teu coração.

      Responder
  • Marcelo alves da s disse:

    para termos certeza da vida eterna precisamos, confirmar as palavras de JESUS quando estava a casa de marta e maria, pois sue irmão estava morto a mais de 4 dias e ele falou que ele apenas dormia, pois o Servo de DEUS não morre e sim dorme esperado ouvir a voz do MESTRE a lhe chamar como diz paulo aos 1 tessalonicenses 4;13-17 que DEUS nos abençoe.

    Responder

Seu comentário é muito importante! Comente! Regra 1 - Seja respeitoso - Regra 2 - Não aprovamos comentários de anônimos - Regra 3 - Não publicaremos mais comentários que não tenham a ver com o tema do artigo - Obs.: Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.